PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Fora de casa, PSG fica no empate com o Amiens pelo Francês

De olho na final da Copa da França e escalado com um time alternativo em campo, sem Mbappé e Dani Alves de titulares, o Paris Saint-Germain somente empatou com o Amiens pelo placar de 2 a 2, nesta sexta-feira, no Stade La Licorne. A partida, que contou com gols de Cavani e Nkunku, em favor [?]

17:45 | 04/05/2018

De olho na final da Copa da França e escalado com um time alternativo em campo, sem Mbappé e Dani Alves de titulares, o Paris Saint-Germain somente empatou com o Amiens pelo placar de 2 a 2, nesta sexta-feira, no Stade La Licorne. A partida, que contou com gols de Cavani e Nkunku, em favor dos visitantes, e Konaté (duas vezes), para os donos da casa, foi válida pela 36ª rodada do Campeonato Francês.

Mesmo já campeão, o PSG ainda tinha uma ambição antes do confronto. Podendo ser o único campeão da história da competição internacional com a marca de 100 pontos, os parisienses foram impedidos de alcançarem tal feito com o empate.

Por outro lado, o Amiens foi para o duelo praticamente livre do rebaixamento, mas ainda com chances de cair para a segunda divisão do Francês. Entretanto, a igualdade no marcador foi suficiente para tranquilizar a equipe na luta contra a degola.

Com o resultado, os parisienses ficam com 92 pontos, em campanha que tem 29 vitórias, cinco empates e duas derrotas. Os donos da casa nesta sexta-feira têm 39, com 11 triunfos, nove empates e 16 reveses.

Na próxima rodada, a 37ª do Francês, os comandados de Unai Emery recebem o Rennes, no Parque dos Príncipes, às 16h00 (horário de Brasília) do dia 12, sábado. Já o Amiens continuam em seus domínios, no La Licorne, para enfrentar o lanterna Metz, no mesmo dia e horário.

O jogo ? Os primeiros minutos foram de ampla superioridade dos visitantes, conforme esperado. Entretanto, o Paris Saint-Germain não conseguia criar chances efetivas de gol, esbarrando na retranca adversária. O primeiro susto veio com Di María: após tabela com Cavani, o argentino teve boa oportunidade, mas bateu por cima da meta.

Pouco depois, enfim o tento parisiense. Demonstrando ótima visão de jogo, Pastore mandou um lindo passe para a grande área, em direção ao atacante uruguaio Cavani. O jogador de 31 anos não desperdiçou a assistência, deslocou o goleiro Gurtner e balançou o fundo das redes, marcando seu 28º gol na competição e se isolando na artilharia da disputa.

Após o gol, o PSG ainda chegou a assustar duas vezes, em finalizações de Nkunku e Di María. Entretanto, Gurtner fez duas boas defesas e impediu o tento dos visitantes, que viram o Amiens se aproximar com perigo em chute de  Konaté.

O senegalês, aliás, foi o autor do gol dos donos da casa logo no início da segunda etapa: depois de receber passe, o jogador fez a finta, ?fingiu? o chute e, logo depois, bateu firme e cruzado, não dando chances para Areola: 1 a 1 e tudo igual no placar.

Não demorou muito para o time de Paris retomar as rédeas do marcador. Thiago Motta rolou para Nkunku, que parou a bola, bateu com categoria e fez um belo gol, marcando o segundo dos visitantes no confronto.

Entretanto, Konaté parecia determinado a não permitir que o Amiens perdesse a partida. Aos 34 minutos do segundo tempo, já na reta final do embate, o atacante foi lançado à frente após jogada de contra-ataque e, com forte chute, voltou a deixar tudo igual.

Gazeta Esportiva

TAGS