PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Carneiro evolui, mas não deve ser relacionado contra o Rosario Central

Gonzalo Carneiro chegou ao São Paulo há um mês, porém, o atacante uruguaio não está tão próximo de sua estreia com a camisa tricolor como alguns imaginavam após ele ter progredido em sua recuperação de uma lesão no púbis. Cogitado para estar entre os relacionados no confronto com o Rosario Central, na próxima quarta-feira, pela [?]

18:15 | 04/05/2018

Gonzalo Carneiro chegou ao São Paulo há um mês, porém, o atacante uruguaio não está tão próximo de sua estreia com a camisa tricolor como alguns imaginavam após ele ter progredido em sua recuperação de uma lesão no púbis. Cogitado para estar entre os relacionados no confronto com o Rosario Central, na próxima quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, o jogador ex-Defensor, aparentemente, terá de esperar um pouco mais.

Embora tenha treinado com o restante do elenco nesta semana, Gonzalo Carneiro ainda vive período de instabilidade física. Pelo fato de seu problema ser no púbis, é natural que o jogador por vezes se sinta melhor e em outras oportunidades ainda tenha algum tipo de incômodo. Justamente por isso, o departamento médico segue cauteloso em relação ao atacante.

Nesta sexta-feira, a imprensa acompanhou somente os primeiros 15 minutos da atividade que encerrou a preparação do São Paulo para o duelo com o Atlético-MG e neste período Carneiro trabalhou à parte junto de um preparador físico do Tricolor em um campo anexo, enquanto o restante do elenco fazia um trabalho de aquecimento com bola.

A situação expõe a instabilidade física que Gonzalo Carneiro ainda tem de lidar, já que na última quinta-feira o jogador trabalhou pela primeira vez ao lado de seus demais companheiros. Ele participou de um trabalho de ataque contra defesa, contudo, posteriormente, foi submetido a exercícios de alongamento que fazem parte de seu processo de recuperação.

Independentemente da data de sua estreia, Gonzalo Carneiro em breve será mais uma opção para o técnico Diego Aguirre no setor ofensivo. O treinador, que é compatriota do atacante, contará com nada mais, nada menos que três ?homens de área?, já que ele próprio admitiu que sua intenção é utilizar Diego Souza como um verdadeiro ?9?. O colombiano Tréllez é outra alternativa.

Gazeta Esportiva

TAGS