PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Bruno Alves elogia Rodrigo Caio, mas mira titularidade no São Paulo

Contratado sem alarde em agosto do ano passado, Bruno Alves não pensou duas vezes antes de aceitar o pedido de Dorival Júnior e trocar o Figueirense pelo São Paulo, onde aos poucos vai conquistando o seu espaço. Com Rodrigo Caio lesionado, o zagueiro tenta se estabelecer na vaga do companheiro, em quem se espelha como [?]

08:15 | 04/05/2018

Contratado sem alarde em agosto do ano passado, Bruno Alves não pensou duas vezes antes de aceitar o pedido de Dorival Júnior e trocar o Figueirense pelo São Paulo, onde aos poucos vai conquistando o seu espaço. Com Rodrigo Caio lesionado, o zagueiro tenta se estabelecer na vaga do companheiro, em quem se espelha como jogador.

?O Rodrigo Caio é um amigo que tenho aqui. Ele me ajuda muito em questão de posicionamento, de trabalho. É um cara que tenho um respeito muito grande, um excelente zagueiro, nível de Copa do Mundo. Eu me espelho muito nele para evoluir?, afirmou o camisa 34, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

Com uma torção no pé esquerdo, Rodrigo Caio desfalcará o Tricolor diante do Atlético-MG, neste sábado, no Morumbi. Mais uma oportunidade para Bruno mostrar ao técnico Diego Aguirre que pode herdar a vaga do amigo, embora não demonstre pressa para tal.

?Todo jogador trabalha para ser titular. Só que acredito que tem um tempo certo para todas as coisas?, ponderou. ?Coloquei como meta aproveitar as oportunidades, ter uma sequência maior, como venho tendo. Se acontecer de o Aguirre me escalar de titular, vou continuar trabalhando forte?, projetou.

Para além do próprio defensor, a titularidade de Bruno Alves vem sendo reivindicada, inclusive, por grande parte da torcida, satisfeita com o seu desempenho neste ano. Ainda assim, ele mantém a cautela e não se deslumbra com a possibilidade.

?Todo jogador espera ter o carinho da torcida. Sei que tem o tempo certo para todas as coisas. É continuar trabalhando com humildade para as coisas acontecerem?, disse o atleta, com o qual o time do Morumbi apresenta melhores estatísticas.

Em 2018, Bruno disputou 12 jogos, sendo 11 como titular. Nesse período, o time sofreu apenas cinco gols (média de 0,41 por jogo). Para efeito de comparação, sem o zagueiro, o Tricolor foi vazado 13 vezes em 14 partidas (média de 0,92). ?Fico feliz com esses números, mas sabemos que a marcação começa lá da frente. E isso ajuda nós da defesa?, avaliou.

Seja como for, aos 27 anos, espera convencer o treinador para se firmar de vez no São Paulo. ?Coloquei como metas de estar aproveitando as oportunidades. Fico feliz com o que venho demonstrando. Claro que posso evoluir muito mais, mas isso vem com sequência, confiança?, conscientizou-se, antes de especificar os aspectos a serem aprimorados.

?Uma saída de bola, cobertura, senso de posicionamento. São coisas que o Aguirre vem passando no dia a dia para evoluirmos em busca das vitórias?, concluiu Bruno Alves.

Gazeta Esportiva

TAGS