Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Wallyson lamenta resultado, mas elogia atuação no segundo tempo

Nesta segunda-feira, o Vitória conheceu a segunda derrota no Campeonato Brasileiro. O resultado de 2 a 1 para o América-MG, fora de casa, deixa a equipe na zona de rebaixamento, e com apenas um ponto na competição. O atacante Wallyson, que entrou no segundo tempo e fez um bom jogo, analisou o resultado: ?Eu acho [?]
22:30 | Abr. 30, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Nesta segunda-feira, o Vitória conheceu a segunda derrota no Campeonato Brasileiro. O resultado de 2 a 1 para o América-MG, fora de casa, deixa a equipe na zona de rebaixamento, e com apenas um ponto na competição. O atacante Wallyson, que entrou no segundo tempo e fez um bom jogo, analisou o resultado:

?Eu acho que no primeiro tempo, a nossa equipe entrou muito abaixo do que pode fazer, duas bobeiras ali, fizeram o gol. No segundo tempo, entramos mais ligados, dividindo as bolas, adiantamos um pouco a marcação. No segundo tempo, só deu a gente, e começamos a jogar mais em cima. Infelizmente não saiu com o resultado?, afirmou o jogador ao canal Sportv.

O autor da assistência para o gol de Pedro Botelho, comentou sobre sua atuação, exaltando o técnico Vagner Mancini: ?Foi bem, acho que procurei mudar o jogo. O professor Mancini falou que tem que ir para cima. Graças a Deus, consegui fazer a jogada, mas tá faltando o último passe. Vamos descansar que domingo tem um grande jogo e precisamos recuperar?, disse Wallyson.

A equipe comandada por Vagner Mancini voltará a campo só no próximo domingo, contra o Fluminense, neste domingo às 16h00 (horário de Brasília), pela quarta rodada do Brasileirão. O jogo está marcado para o Estádio Barradão. O Tricolor das Laranjeiras ocupa a 11ª colocação, com quatro pontos conquistados, enquanto que o Rubro Negro é o 17º, primeiro da zona de rebaixamento.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

BC: para próxima reunião, Copom antevê outro ajuste de 1 ponto porcentual

ECONOMIA
19:26 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Ao aumentar o ritmo de ciclo de alta da Selic, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central também avisou que pretende manter o pé no acelerador. O colegiado elevou nesta quarta-feira, 4, a taxa básica de juros em 1,00 ponto porcentual, de 4,25% para 5,25% ao ano, e já sinalizou um novo aumento de mesma magnitude na próxima reunião. Com isso, a Selic pode chegar a 6,25% já em setembro.
"Neste momento, o cenário básico e o balanço de riscos do Copom indicam ser apropriado um ciclo de elevação da taxa de juros para patamar acima do neutro", destacou o Copom.
Apesar dessa sinalização em manter o novo ritmo de aumento da taxa em 1 p.p. - após três altas de 0,75 p.p. - o Copom enfatizou que os passos futuros da política monetária poderão ser ajustados para assegurar o cumprimento da meta de inflação. Mais uma vez, o colegiado afirmou que as próximas decisões dependerão da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação para o horizonte relevante da política monetária.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Câmara aprova urgência de proposta de reforma tributária do IR

ECONOMIA
19:26 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Câmara dos Deputados aprovou requerimento de urgência para a proposta de reforma tributária do Imposto de Renda por 278 votos a 158. Isso permite que a proposta fure a fila e possa ser pautada em plenário imediatamente. De acordo com o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), o texto deve ser votado na próxima semana. Para amanhã, 5, a previsão é votar o projeto de lei que permite a privatização dos Correios.
Também na semana que vem, segundo Barros, a Câmara deve votar a Medida Provisória 1045, que cria o programa emergencial para estimular empregos de jovens e informais. A MP precisa ser aprovada na Câmara e no Senado até 7 de setembro para que não perca validade.
O dispositivo que prevê o financiamento de novos programas do governo de estímulo ao emprego e qualificação de jovens e informais com 30% dos recursos do Sistema S deve sair do texto da medida provisória que está na pauta de votação da Câmara.
O novo ministro do Emprego e Trabalho, Onyx Lorenzoni, entrou em campo e está conversando, nos últimos dias, com todos os presidentes da confederações empresariais dos diversos setores que têm sob seu guarda-chuva as entidades do Sistema S para buscar um acordo, depois do desgaste com a equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, que defendeu uma "facada" nos recursos do Sistema S para bancar o pacote de emprego.
A MP foi editada para renovar o programa que permite às empresas o corte de salários e jornada de trabalho e suspensão de contratos durante a pandemia, mas o relator, deputado Christino Áureo (Progressistas-RJ), incluiu no seu parecer a criação de dois benefícios: o Bônus de Inclusão Produtiva (BIP), de R$ 275, que seria pago pelo Sistema S, e a Bolsa de Incentivo à Qualificação (BIQ), pago pela empresa no valor de R$ 275. Uma bolsa que poderia garantir R$ 550 na mão do trabalhador.
O parecer do relator não tem a forma de financiamento, mas continua com a previsão de criação dos programas. O ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, tem discutido com os dirigentes das confederações um arranjo que tenha a participação do Sistema S, mas sem que esteja na MP. O parecer já previa recursos do Orçamento para os programas de 2021, além da possibilidade de complementação com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que banca o seguro-desemprego e o abono salarial, e do Fundo de Erradicação da Pobreza.
Em discurso no plenário, Barros deu a entender que mais detalhes sobre esse bônus poderão integrar a Medida Provisória que vai reformular o Bolsa Família, que passará a se chamar Auxílio Brasil. "O novo programa será chamado de Auxílio Brasil, programa com 50% a mais de valor que o Bolsa Família", disse.
Barros disse ainda que o programa vai exigir mais do que a presença dos alunos em escola, mas também o desempenho escolar e incentivar atividades esportivas. "(Programa) Que vai dar a bolsa e a qualificação feita pelo Sistema S, que vai qualificar esses jovens e dar bolsa a eles, ajudando o empresário, pagando meio a meio a bolsa desse jovem, para que ele adentre o mercado de trabalho, para que ele aprenda uma profissão, para que ele esteja pronto para quando atingir a idade produtiva estar apto a um emprego de carteira assinada."
O líder do governo na Câmara disse ainda acreditar que "a pandemia está acabando" e afirmou que o presidente Jair Bolsonaro garantiu o acesso de vacinas aos brasileiros. Ele mencionou que toda a população adulta deve receber a primeira dose até setembro.
Sobre o senador Ciro Nogueira (PP-PI), que assumiu hoje o cargo de ministro da Casa Civil, Barros disse que isso é um sinal de prestígio ao Piauí e o Nordeste e afirmou que sua nomeação é um passo na direção da boa política, do diálogo e da consolidação dos valores democráticos.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza vence CRB novamente e avança às quartas da Copa do Brasil

Esportes
19:26 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza está classificado às quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (4), o Leão do Pici derrotou o CRB por 1 a 0 no estádio Rei Pelé, em Maceió, na partida de volta do confronto pelas oitavas de final da competição. Os cearenses tinham a vantagem do empate, já que venceram o jogo de ida por 2 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Hard Rock Hotel Fortaleza antecipa lançamento de segunda fase

Economia
19:24 | Ago. 04, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

A confiança na retomada do turismo no Brasil motivou a VCI SA, incorporadora responsável pela marca Hard Rock no País, a adiantar o lançamento do Residence Club construído na praia de Lagoinha, no Ceará. Neste mês, os blocos A e B estarão disponíveis.

Os espaços têm capacidade para 60 apartamentos e 1.548 frações a serem comercializadas. A expectativa da marca é repetir o feito do primeiro lançamento, "que teve sucesso de vendas em 100% das unidades disponíveis do hotel".

As acomodações, chamadas Studio Suite, possuem 61 metros quadrados, comportam até seis hóspedes e têm três opções de configurações, entregues mobiliadas e decoradas, e cuja cada fração dá direito ao uso de duas semanas por ano por R$94.900,00.

“O mercado imobiliário vive uma nova fase no país! A melhora do cenário mundial, em relação à pandemia, alavanca ainda mais a vontade do brasileiro de viajar e consequentemente o crescimento das nossas vendas. Por isso decidimos, com exclusividade, realizar o lançamento de uma nova fase de venda dos blocos A e B", afirmou Ademar Brumatti, vice-presidente Comercial e Marketing da VCI.

A confiança dele é justificada pelos números de valorização da área do empreendimento, que chegam a 119% em três anos de operação, segundo a VCI. Com 180 mil metros quadrados, o Hard Rock Hotel Fortaleza será o primeiro da rede no País.

No texto de lançamento, a empresa lembra que O prazo para entrega da primeira fase das obras é em 2022. Além do resort em Lagoinha - CE, a VCI é responsável pelos empreendimentos da rede Hard Rock Hotel em Ilha do Sol (PR), São Paulo (SP), Jericoacoara (CE), Recife (PE), Natal
(RN), Campos do Jordão (SP) e Foz do Iguaçu (PR).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mercado Livre tem US$ 68,2 milhões de lucro líquido no 2º trimestre

ECONOMIA
19:05 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Mercado Livre apresentou lucro líquido de US$ 68,2 milhões no segundo trimestre de 2021, o que resulta em lucro líquido de US$ 1,37 por ação. A receita líquida foi de US$ 1,7 bilhão, aumento de 93,9% na comparação com o mesmo período de 2020. Em moeda constante, a alta foi de 102,6%.
No Brasil, a receita líquida cresceu 101% neste trimestre em moeda constante. A operação brasileira já representa 55,9% da receita líquida total da companhia. O trimestre encerrou com um lucro antes de impostos, de US$ 138,9 milhões, crescimento de 55,5% em relação aos US$ 89,3 milhões apurados durante o segundo trimestre de 2020.
A base de usuários únicos ativos durante o trimestre aumentou 47,4% em comparação com igual período de 2020, atingindo 75,9 milhões. O volume de vendas (GMV) foi de US$ 7 bilhões, representando um crescimento anual de 39,2% em dólar e de 46,1% em moeda constante.
A operação brasileira cresceu mais de 40% em volume de vendas, em moeda constante, na comparação com 2020, com mais de 125 milhões de itens vendidos neste trimestre. "Destaque para a contribuição da recente parceria com o Grupo Pão de Açúcar e da entrega no mesmo dia - que, ao manter o atual ritmo de crescimento, pode vir a representar quase 20% dos CEPs do Brasil", diz a companhia.
Com o Mercado Envios, 230,5 milhões de itens foram enviados, aumento de 46,4% em relação ao mesmo período do ano anterior - no Brasil, os envios via rede gerenciada atingiram 86% da operação, sendo mais de 29% via logística própria do Mercado Livre.
O volume total de pagamentos (TPV) via Mercado Pago atingiu US$ 17,5 bilhões, crescimento de 56,3%, em dólar, e de 72,2% em moeda constante. Já o valor total transacionado (TPN) no período cresceu 80,3%, ano contra ano, atingindo 729,9 milhões no segundo trimestre.
O volume total de pagamentos via Mercado Pago fora da plataforma do Mercado Livre atingiu US$ 10,3 bilhões, crescimento de 70,5% em dólar e de 93,5% em moeda constante. Já o número de transações de pagamento atingiu 556,0 milhões, crescimento de 101,6% na mesma comparação anual. "Como um canal importante para o crédito ao consumidor, o recurso 'compre agora, pague depois' para pagamentos via carteira Mercado Pago, já atingiu taxas de penetração de dois dígitos no Brasil", destaca a companhia.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags