select ds_midia_link from midia where cd_midia = limit 1
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Jael celebra momento, e Renato brinca: ?Estão criando um monstro?

O centroavante Jael, do Grêmio, não marcou nenhum gol na vitória por 4 a 0 sobre o Brasil de Pelotas, no último domingo, na arena, pelo jogo de ida da final do Campeonato Gaúcho de 2018. Ainda assim, com participação direta em três tentos, ele foi o destaque da goleada tricolor. O atacante deu as [?]
08:15 | Abr. 02, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

O centroavante Jael, do Grêmio, não marcou nenhum gol na vitória por 4 a 0 sobre o Brasil de Pelotas, no último domingo, na arena, pelo jogo de ida da final do Campeonato Gaúcho de 2018. Ainda assim, com participação direta em três tentos, ele foi o destaque da goleada tricolor.

O atacante deu as assistências para os dois gols de Everton. A última delas, contudo, chamou atenção por Jael ter dado um passe de letra na entrada da área que desmontou a defesa do Brasil-RS, deixando o companheiro na cara do gol.

?Passe que eu tenho qualidade para fazer graças a Deus. A confiança vem, o Renato (Portaluppi, técnico do Grêmio) está me dando oportunidade, ritmo de jogo. E as coisas começam a fluir, me solto mais e tenho qualidade para dar esses passes aí?, celebrou Jael, em entrevista ao Premiere, após a partida.

Com mais dois gols na conta graças a Jael, Everton elogiou o companheiro. ?Passe de craque. Ficamos felizes porque é um cara que trabalha bastante e pôde nos ajudar?, afirmou o atacante, na saída de campo.

Questionado sobre a atuação de Jael durante entrevista coletiva, Renato Gaúcho brincou com o atual momento de seu jogador, o exaltou pela forma como vem evoluindo, mas também fez um alerta.

?Vocês (jornalistas) estão criando um monstro (risos). É um jogador muito dedicado, que se entrega nos treinos, que sabe que não tem toda essa condição técnica, mas que ajuda bastante dentro de suas características?, avaliou o treinador, que prosseguiu.

?Ele não está acostumado a isso (lances de efeito). Falei para ele ter cuidado porque, às vezes, o adversário acha que você o está menosprezando. Tem que dar um passe de letra como ele fez no terceiro gol. Aí sim. Nunca tinha visto aquilo, mas de vez em quando você tira leite de pedra?, concluiu Renato.

Com o resultado, o Grêmio voltará a ser campeão estadual após oito anos mesmo que venha a perder por três gols de diferença no duelo de volta, no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), em Pelotas.

Antes da decisão do Gauchão, contudo, o Grêmio tem um compromisso na Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), o Tricolor receberá o Monagas, da Venezuela, pela segunda rodada da fase de grupos da competição continental.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Obra de arte em campo de arroz no Japão celebra as Olimpíadas

Arte e esporte
2021-08-01 14:00:00
Autor AFP
Tipo Noticia

Do solo, é difícil distinguir as diferentes variedades de arroz em um campo em Gyoda, no Japão. Mas, de cima, pode ser vista uma enorme obra de arte celebrando os Jogos Olímpicos. A instalação traz imagens icônicas japonesas, como a famosa onda ou o Monte Fuji - da xilogravura de Katsushika Hokusai - e um ator kabuki, com uma pintura facial marcante, semelhante à que apareceu na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio.

As imagens fazem parte de uma tradição anual iniciada em 2008 pela cidade de Gyoda, em Saitama, ao norte de Tóquio, na tentativa de atrair turistas. Em 2015, eles alcançaram um recorde no Livro Guinness ao criar a maior produção artística em campos de arroz do mundo (28.000 m2).

A cada ano, um comitê propõe um novo desenho e centenas de voluntários plantam variedades de grãos de diferentes cores para produzir imagens espetaculares que podem ser vistas de um observatório próximo, a 50 metros de altura. O projeto é selecionado no início do ano e o plantio ocorre por volta do mês de maio.

Leia também | Viúva Negra: Scarlett Johansson processa Disney por lançamento no streaming

Em 2019, o tema homenageou a Copa do Mundo de Rugby, realizada no Japão. A imagem deste ano teve como objetivo destacar a herança cultural japonesa, partindo do pressuposto de que uma multidão de estrangeiros visitaria o país para os Jogos Olímpicos.

Mas não foi o caso, pois os espectadores estrangeiros foram proibidos e a maioria dos eventos dos Jogos são realizados a portas fechadas. "É muito mais dinâmico do que eu esperava", disse à AFP Kiyo Hoshino, visitante de 23 anos.

"Eu esperava algo mais simples. Mas é mais complicado no design e em uma escala realmente grande. Fiquei impressionado com a arte tão panorâmica", disse ele.

Leia também | Amazon Prime Video: Confira os lançamentos de filmes e séries em agosto

A manutenção, evitando que as diferentes cores se mesclem ou se misturem com outras plantas, envolve muito trabalho. Nesta sexta-feira, quase uma dúzia de funcionários do departamento de agricultura da cidade limparam o campo, vasculhando a vasta área com botas de borracha e armados com foices.

O projeto também busca unir a comunidade e promover o interesse pela agricultura. Em um ano normal, cerca de mil pessoas estão envolvidas na complexa tarefa de plantar as variedades certas de arroz no lugar certo para produzir a obra de arte. Entre eles estão voluntários com alguma experiência agrícola e outros sem, incluindo crianças locais.

Mas a pandemia obrigou os organizadores a reduzir o número de participantes pela metade, embora as pessoas tenham outra chance de participar quando o arroz for colhido em outubro. Todos recebem dois quilos de arroz como presente de agradecimento, no final de novembro. (Harumi Owaza/ AFP)

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Mais 2,1 milhões de doses da vacina da Pfizer chegam em Viracopos

Saúde
2021-08-01 13:57:56
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pousou na manhã de hoje (1º) no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), um dos aviões que trazem a carga de 2,1 milhões de doses da vacina da Pfizer de combate ao coronavírus.

Segundo o Ministério da Saúde, foram desembarcadas, esta manhã, 1,053 milhão de doses. Ainda esta tarde, está prevista achegada de outra aeronave com o restante da carga de imunizantes.

De  acordo com o balanço divulgado nesse sábado (31) pelo ministério, o Programa Nacional de Imunizações já distribuiu 23,6 milhões de doses do imunizante da Pfizer a todo o país. O contrato com o Ministério da Saúde prevê a entrega de 100 milhões de doses até setembro e outras 100 milhões de doses entre outubro e dezembro deste ano.

Ontem, o Brasil atingiu a marca de 100 milhões de pessoas com ao menos a primeira dose da vacina contra o coronavírus, o que representa 62,5% do público-alvo, de pessoas com 18 anos ou mais. Já foram completamente imunizados, com as duas doses ou vacinas de dose única, 40 milhões de pessoas, 25% dos 160 milhões de brasileiros com idade a partir de 18 anos.

Além das doses da Pfizer, o PNI já distribuiu para todo o país 86,5 milhões de doses da vacina da AstraZEneca contra a convid-19; 69,5 milhões da Coronavac e 4,7 milhões da Janssen, totalizando 184 milhões de doses.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ato pró-voto impresso em Salvador tem bate-boca entre bolsonaristas e opositores

POLÍTICA
2021-08-01 13:52:35
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A base mais fiel de Jair Bolsonaro vai às ruas neste domingo, 1º, em atos em algumas capitais do País em defesa do voto impresso nas eleições de 2022. Em Salvador, o protesto foi marcado por críticas ao governador da Bahia, Rui Costa (PT), e ao ex-prefeito ACM Neto (DEM). Houve também bate-boca entre bolsonaristas e opositores do presidente.
Os manifestantes começaram a se concentrar no entorno do Farol da Barra por volta das 9h. No local, um grupo pediu uma oração ao soldado da Polícia Militar Wesley Soares, que morreu após ser baleado no local depois de gritar palavras de ordem e disparar para o alto durante um surto psicótico.
O caso gerou reações de perfis bolsonaristas contra Rui Costa. Eles divulgavam na época a versão de que o PM teria sido abatido após se recusar a obedecer ordens do governador do Estado.
Do alto de um minitrio, manifestantes se revezavam para defender o voto impresso. Uma das pessoas era a secretária de saúde de Porto Seguro, a médica Raíssa Soares, conhecida defensora do "tratamento precoce" para a covid-19.
Na maior parte do tempo, ela criticou o governo petista e defendeu os protocolos de tratamento contra a covid. ACM Neto, ex-prefeito de Salvador e presidente do DEM, também não foi poupado nos discursos de outros manifestantes.
Por volta das 11h, o grupo começou uma caminhada até o Morro do Cristo, a cerca de um quilômetro do farol. Houve episódios de pessoas que se manifestaram contra o ato. Do alto de um prédio na Avenida Oceânica, um homem ergueu um cartaz em que se lia "Fora Bolsonaro". A atitude foi rechaçada pelos manifestantes. Mais tarde, uma mulher gritou que estava viúva pela "gripezinha" e "Lula Livre", e foi vaiada.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Coisas devem piorar na pandemia por cepa delta, mas não devemos ter lockdowns

INTERNACIONAL
2021-08-01 13:47:41
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Principal autoridade dos Estados Unidos sobre doenças infecciosas e conselheiro da Casa Branca em assuntos de saúde, o médico Anthony Fauci afirmou neste domingo que "as coisas irão piorar" na pandemia da covid-19 nos Estados Unidos, diante da disseminação da variante delta, mais contagiosa.
Segundo ele, porém, o país não deve ter mais lockdowns, já tendo porcentagem suficiente de vacinados para evitar quadros mais graves como o do último inverno local.
Fauci falou em entrevista à ABC News, neste domingo. Ele destacou a aceleração "substancial" do número de casos por covid-19, na média dos últimos sete dias, mas também notou que o surto se concentra entre os não vacinados. Segundo ele, há 100 milhões de pessoas no país que já poderiam ter sido imunizadas, mas não o foram. "Estamos vendo um surto dos não vacinados", ressaltou.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Roberto Requião anuncia saída do MDB após perder disputa pelo controle no Paraná

POLÍTICA
2021-08-01 13:42:39
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-governador e ex-senador Roberto Requião decidiu deixar o MDB após perder uma disputa pelo controle da legenda no Paraná. A decisão foi anunciada por ele após convenção da sigla que elegeu, no sábado, 31, o deputado estadual Anibelli Neto para o comando do partido no Estado.
Requião disputava a presidência com Neto, que é aliado do governador Ratinho Junior (PSD). O ex-senador vê o partido se aproximando do presidente Jair Bolsonaro no Paraná. "O rato e o Bolsonaro sequestraram o MDB. O partido acabou", escreveu Requião após a convenção. Neste domingo, 1º, ele confirmou a saída. "Aristóteles dizia que o homem é um animal político. Sou assim. Saí do MDB porque meu velho MDB de guerra acabou. Vou continuar fazendo política para o bem de meu país e do nosso povo."
Crítico a Bolsonaro, Requião quer lançar uma candidatura ao governo do Paraná em 2022. Ele abriu uma enquete no Twitter perguntando aos seguidores em qual partido deve se filiar, citando PDT, PT e PSB, todos de oposição ao governo federal. A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, que já enfrentou Requião em disputas no Estado, convidou o ex-governador para se filiar à legenda. "Fique certo que não te faltará trincheira para ser candidato ao governo do Paraná", escreveu em mensagem no Twitter.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags