PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Unai Emery nega conflito por cirurgia e não estipula prazo para Neymar

Unai Emery voltou aos microfones nesta sexta-feira, três dias depois de declarar ?falas? as notícias sobre a necessidade de cirurgia da lesão de Neymar. Desta vez, porém, o treinador do Paris Saint-Germain optou por ser mais evasivo nas declarações e, com uma postura mais cautelosa, evitou entrar em novas polêmicas envolvendo o caso do brasileiro. [?]

11:30 | 02/03/2018

Unai Emery voltou aos microfones nesta sexta-feira, três dias depois de declarar ?falas? as notícias sobre a necessidade de cirurgia da lesão de Neymar. Desta vez, porém, o treinador do Paris Saint-Germain optou por ser mais evasivo nas declarações e, com uma postura mais cautelosa, evitou entrar em novas polêmicas envolvendo o caso do brasileiro.

Uma pergunta, em especial, deixou o comandante visivelmente irritado na coletiva. Questionado sobre um possível racha no PSG para decidir sobre o processo que seria adotado na recuperação de Neymar, Emery foi enfático ao afirmar, novamente, que as informações ?não são verdadeiras?.

?Muitas coisas que saem na imprensa não são verdadeiras. Cada vez mais temos que desmentir as coisas que saem. Estamos aqui para proteger uns aos outros e internamente estamos juntos e muitos fortes. É normal que saiam estas notícias na imprensa?, disse. ?Quando você tem um jogador importante como Neymar, é normal ter de lidar com isso. Nossa comunicação é muito boa, falei com o presidente e temos de estar unidos?, afirmou Unai Emery.

Também nesta sexta, o L?Equipe trouxe a notícia sobre os bastidores de uma possível reunião ?tensa? entre a diretoria e departamento médico do clube, o staff de Neymar e Rodrigo Lasmar, médico da Seleção. O tema era justamente o processo de recuperação e a necessidade da cirurgia, que não era a escolha do PSG. Sobre as informações desencontradas, o técnico afirmou ser normal pelo nível do brasileiro.

?É uma lesão que pode acontecer com qualquer jogador. Quando é um jogador como Neymar saem muitas notícias, com mais especulações. Mas internamente falamos disso com muita clareza. Primeiro, falamos com nosso médico, depois o médico da Seleção Brasileira. Depois o presidente ainda falou comigo. Tivemos a lesão, e depois tomamos as decisões. Procuramos fazer o melhor para a equipe e para ele?, comentou.

Um dos temas que gerou a maior polêmica na lesão de Neymar foi quanto a gravidade. Enquanto as informações iniciais davam conta de uma fissura, Rodrigo Lasmar confirmou se tratar de uma fratura no metatarso. O tempo de recuperação também foi um dos pontos em que o técnico preferiu não se prolongar.

?Primeiro, parecia uma torção no tornozelo, e depois apareceu uma fissura mais ou menos grave, não sei. Vi a radiografia, mas não sei interpretar se há fratura ou não. O que vi foi uma fissura no quinto metatarso. A partir disso, veio o médico do Brasil, houve uma reunião com o clube?, ressaltou. ?Nas lesões não sabemos dizer quanto tempo para recuperação?, finalizou Unai Emery.

Gazeta Esportiva

TAGS