PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

The Strongest bate Peñarol em casa e estreia com vitória na Libertadores

Completando a primeira rodada do Grupo 3, o The Strongest estreou na Libertadores com vitória ao receber no Estádio Hernando Siles o Peñarol e vencer por 1 a 0. Com o resultado, o time boliviano vai a três pontos, mesma pontuação do Libertad, que bateu o Tucumán na última terça-feira, mas fica na segunda colocação, [?]

21:30 | 15/03/2018

Completando a primeira rodada do Grupo 3, o The Strongest estreou na Libertadores com vitória ao receber no Estádio Hernando Siles o Peñarol e vencer por 1 a 0. Com o resultado, o time boliviano vai a três pontos, mesma pontuação do Libertad, que bateu o Tucumán na última terça-feira, mas fica na segunda colocação, devido a um saldo de gols menor. O Peñarol por sua vez, fica sem pontuar por enquanto na competição.

Na próxima rodada, o The Strongest vai ao Paraguai enfrentar o Libertad, em duelo que acontece apenas no dia 03 de abril, às 19h15 (horário de Brasília). Um dia depois, no mesmo horário, o Peñarol recebe o Atlético Tucumán.

O JOGO ? A primeira grande chance do jogo aconteceu aos sete minutos, após vacilo do Peñarol na ponta. A bola ficou viva na área, Edis Ibargüen tocou para Walter Veizaga, que mandou para fora. Logo na sequência, os uruguaios responderam, mas Giovanni González cruzou fraco e a bola ficou com o goleiro.

A partida seguia equilibrada, com o meio de campo bastante truncado e ambos os times tentando criar chances, mas sem êxito. Com 17 minutos jogados, quase o The Strongest abre o placar, porém Wálter Veizaga foi pego em posição irregular e o gol foi anulado.

Um minuto depois, no entanto, a equipe boliviana não perdoou. Jhasmani Campos bateu escanteio e Edison Carcelén cabeceou sozinho para o gol: 1 a 0.

Após abrir o marcador, o time da casa passou a dominar a partida e ditar o ritmo do jogo ? não à toa, chegou a 76% de posse de bola contra 24% do adversário. Na sequência do confronto, o Peñarol não consegia fazer jogadas efetivas e o The Strongest apenas trocava passes no meio.

Aos 40 minutos, Maximiliano Ortíz tentou o chute de longe, mas a bola foi por cima do gol e o time da casa foi para o intervalo com a vantagem no placar.

O Peñarol subiu de produção no início da segunda etapa e conseguia criar mais chances de ataque. O The Strongest, no entanto, tinha maior posse de bola. Sem muitas chances efetivas, o time boliviano voltou a ameaçar o adversário apenas aos 21 minutos, mas Pablo Escobar estava impedido.

Com 32 jogados, a equipe do Peñarol teve a chance de empatar, quando Giovanni González chutou no gol e o goleiro fez ótima defesa.

No fim do jogo, a equipe do Peñarol tentava avançar para o ataque e fazer o gol de empate, enquanto o The Strongest não conseguia pressionar o adversário. Assim, o cenário se manteve até o fim da partida e sem mudanças, o time da casa segurou a vitória.

Gazeta Esportiva

TAGS