PUBLICIDADE
Futebol

Rodrigo Caio vê Pintado como ameaça nas quartas de final do Paulistão

Rodrigo Caio parece ter deixado a má fase vivida pelo São Paulo para trás de uma vez por todas. Convocado para a Seleção Brasileira e contente pelo fato de sua equipe ter conquistado duas vitórias consecutivas após a dura derrota para o Palmeiras, o zagueiro tricolor, no entanto, prefere adotar um tom comedido em suas [?]

20:00 | 15/03/2018

Rodrigo Caio parece ter deixado a má fase vivida pelo São Paulo para trás de uma vez por todas. Convocado para a Seleção Brasileira e contente pelo fato de sua equipe ter conquistado duas vitórias consecutivas após a dura derrota para o Palmeiras, o zagueiro tricolor, no entanto, prefere adotar um tom comedido em suas celebrações e voltar o foco para o próximo compromisso da temporada, que são as quartas de final do Campeonato Paulista, contra o São Caetano, do técnico Pintado.

O jogador, que disputa sua oitava temporada com a equipe profissional são-paulina, alertou para o fato de o comandante do Azulão ter um grande conhecimento do elenco tricolor, uma vez que desempenhou o papel de auxiliar técnico no clube do Morumbi até a chegada de Dorival Jr, em julho do ano passado.

?Ele [Pintado] nos conhece muito bem, sabe as características de cada jogador, conviveu bastante tempo conosco. Tenho certeza que ele vai usar isso a favor do time dele, mas nós também temos jogadores novos, jogadores que chegaram agora. Vai ser um jogo agradável. Que a gente esteja em uma tarde muito feliz e que possamos conseguir a vitória?, disse Rodrigo Caio na chegada do desembarque do São Paulo em Guarulhos após a classificação na Copa do Brasil.

Embora não tenha marcado presença na beira do campo em Maceió, contra o CRB, Diego Aguirre atuou em conjunto com o interino e agora auxiliar técnico André Jardine na partida de volta da terceira rodada da competição nacional. Agora, o treinador uruguaio já está liberado para fazer sua estreia à frente do São Paulo, porém, comandará somente um treinamento com o elenco, nesta sexta-feira, já que o time entra em campo no próximo sábado, às 16h (de Brasília), no Anacleto Campanella.

Rodrigo Caio reconheceu a falta de tempo para que Aguirre possa dar sua identidade à equipe e crê que o São Paulo terá de buscar sair na frente nas quartas de final do Paulistão na base da parceria entre os jogadores.

?Amanhã a gente tem um único treino para jogar no sábado. É muito rápido, há pouco tempo para ele passar alguns detalhes do que ele quer. A gente já foi entendendo um pouco nesses dois jogos, por mais que ele não tenha estado dentro de campo, ele foi falando com o Jardine?, afirmou o zagueiro, admitindo a influência do uruguaio nas duas partidas que André Jardine comandou a equipe.

?A gente espera que amanhã estejamos bem recuperados e que ele possa mostrar mais ou menos o que ele pensa. Que dentro de campo ele possa nos ajudar. O que vale é a nossa parceria dentro de campo, isso vai prevalecer, porque há pouco tempo para questões táticas. Teremos que nos superar na parceria?, completou Rodrigo Caio, sem esconder a preocupação com desgaste da viagem.

Gazeta Esportiva

TAGS