PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Pelo Campeonato Inglês, Everton sofre a virada do Burnley fora de casa

Em partida muito movimentada pela 29° rodada do Campeonato Inglês, o Everton visitou o Burnley e, após começar vencendo, sofreu a virada e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, o Burnley segue na sétima colocação, agora com 40 pontos. Já o Everton continua em nono com 34 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado [?]

12:15 | 03/03/2018

Em partida muito movimentada pela 29° rodada do Campeonato Inglês, o Everton visitou o Burnley e, após começar vencendo, sofreu a virada e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, o Burnley segue na sétima colocação, agora com 40 pontos. Já o Everton continua em nono com 34 pontos, mas ainda pode ser ultrapassado por Watford e Bournemouth, que ainda jogam.

O jogo começou movimentado e veloz no estádio Turf Moor, em Burnley. A primeira chance foi dos donos da casa, aos 10 minutos. Johann Gudmundsson arriscou, mas mandou para fora. Aos 14 veio a resposta do Everton com uma chance clara desperdiçada por Walcott. Após receber cruzamento rasteiro, sem goleiro, o camisa 11 isolou.

Aos 20 minutos, Tosun recebeu cruzamento de Coleman e acertou uma bela cabeçada no canto para abrir o placar para os visitantes. Após o gol, a equipe de Liverpool cresceu na partida, e voltou a chegar aos 28 em chute de Walcott defendido pelo goleiro Nick Pope.

Aos 30, o time da casa teve a sua melhor chance da primeira etapa. Ashley Barnes cabeceou no canto, no contrapé do goleiro, mas Pickford conseguiu se recuperar e fez uma defesa espetacular. Aos 35, mais uma tentativa sem êxito de Barnes.

O segundo tempo começou com um Burnley muito determinado a buscar o gol de empate. Já no primeiro minuto, após bate-rebate na área, o gol quase saiu. Aos dois, Lennon arriscou um chute cheio de veneno, obrigando o goleiro Pickford a fazer uma ótima defesa. A bola foi para escanteio, e após a cobrança, Ben Mee cabeceou forte para mais uma excelente defesa do goleiro, que estava brilhando na partida.

Aos 10 minutos, a pressão surtiu efeito. Lowton recebeu na ala esquerda da faixa central do campo, e com ótima bola enfiada, deixou Barnes na cara do gol. O camisa 10 venceu o zagueiro na corrida e bateu no canto direito para igualar o placar.

O time da casa cresceu muito após o gol, e aos 14, o treinador do Everton colocou Rooney em campo para tentar mudar o panorama da partida. No entanto, aos 22 o Burnley voltou a chegar com perigo, novamente com Barnes. O jogador recebeu bom passe e invadiu a área, mas chutou em cima do goleiro.

Aos 35 veio a primeira chance dos visitantes na partida. Após cruzamento na área, Niasse recebeu em boa condição, mas isolou. Três minutos depois, Sigurdsson invadiu a área, deixou o zagueiro no chão e finalizou, mas a bola saiu tirando tinta da trave direita.

Aos 40, após cruzamento na área, Chris Wood subiu no meio da marcação e conseguiu cabecear para virar o jogo e coroar a ótima atuação do Burnley na segunda etapa.

Aos 43, após confusão entre Williams e Barnes, o jogador do Everton foi para o chuveiro mais cedo, levando consigo a esperança do time visitante conseguir o gol de empate.

 

Gazeta Esportiva

TAGS