PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Miranda festeja gol e Douglas Costa vê chance aproveitada com Tite

Autor do primeiro gol da Seleção Brasileira no triunfo sobre a Rússia, alcançado na tarde desta sexta-feira, o zagueiro Miranda celebrou o feito na saída do gramado. Já o atacante Douglas Costa, ainda em busca de uma vaga na convocação definitiva, considera que aproveitou a chance dada por Tite no Estádio Luzhniki. Após um primeiro [?]

15:45 | 23/03/2018

Autor do primeiro gol da Seleção Brasileira no triunfo sobre a Rússia, alcançado na tarde desta sexta-feira, o zagueiro Miranda celebrou o feito na saída do gramado. Já o atacante Douglas Costa, ainda em busca de uma vaga na convocação definitiva, considera que aproveitou a chance dada por Tite no Estádio Luzhniki.

Após um primeiro tempo de poucas emoções em Moscou, a Seleção deslanchou durante a etapa complementar. No lance que abriu caminho para a vitória da equipe visitante, Willian cruzou da direita e Thiago Silva cabeceou. No rebote do goleiro Akinfeev, Miranda completou para o fundo das redes.

?Realmente, o jogo estava difícil. Nossa Seleção tomou um monte de contra-ataques, mas felizmente a gente soube suportar bem os momentos difíceis do jogo e fomos felizes em um lance de bola parada. Acreditei que o Thiago poderia desviar e fui feliz em fazer o gol?, afirmou Miranda à TV Globo.

Escalado por Tite como titular no lugar do lesionado Neymar, Douglas Costa teve uma atuação consistente em Moscou e incomodou a defesa russa com jogadas incisivas pelo lado esquerdo, principalmente no segundo tempo. O atacante da Juventus ainda não tem lugar garantido na delegação final.

?Não só eu, mas o time todo se portou muito bem. A gente soube ter paciência e criar as oportunidades. Felizmente, conseguimos marcar. Penso que esse é o caminho. As coisas que venho fazendo na Juventus, venho buscando por aqui também e acho que correspondi bem?, avaliou.

No último amistoso antes da convocação definitiva para a Copa do Mundo, a Seleção Brasileira reencontra a Alemanha às 16h45 (de Brasília) de terça-feira, no Estádio Olímpico de Berlim. O jogo marca o primeiro duelo com o adversário germânico após a goleada por 7 a 1 de 2014.

Gazeta Esportiva

TAGS