PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Dorival nega alívio e quer São Paulo consistente no Choque-Rei

O técnico Dorival Júnior, do São Paulo, negou estar aliviado com a vitória sobre o Linense, de virada, por 2 a 1, consumada no apagar das luzes da partida disputada no Estádio Gilbertão. O treinador, que chegou a ter a demissão pedida por parte da torcida, valorizou a entrega da equipe, mas admitiu que a [?]

23:15 | 04/03/2018

O técnico Dorival Júnior, do São Paulo, negou estar aliviado com a vitória sobre o Linense, de virada, por 2 a 1, consumada no apagar das luzes da partida disputada no Estádio Gilbertão. O treinador, que chegou a ter a demissão pedida por parte da torcida, valorizou a entrega da equipe, mas admitiu que a atuação foi aquém do esperado na noite deste domingo.

?Não tem alívio. Temos uma preocupação frequente e constante. Natural que o resultado às vezes esconde muitas coisas. Tivemos momentos em que fomos derrotados e fizemos grandes jogos. E jogos que vencemos sem fazer uma partida tão boa. Queremos equilíbrio, estamos buscando. Espero que tenhamos o mais rápido, para que façamos sequência de resultados?, avaliou.

Vindo de duas derrotas e um empate no Campeonato Paulista, o Tricolor saiu atrás aos 37 minutos, mas buscou o empate ainda no primeiro tempo em golaço de Reinaldo após tabela com Cueva. Nos acréscimos do segundo tempo, de cabeça, Rodrigo Caio fez o dele e o da vitória do time do Morumbi. Na comemoração, o zagueiro foi abraçar o treinador.

?Acho que o São Paulo procurou muito mais o gol. Tentamos de todas as formas, o Linense se defendeu bem, e fomos felizes praticamente no último lance. Jogo muito franco. Felizmente saímos com resultado positivo em função daquilo que tentamos produzir ao longo de toda a partida?, comemorou.

Após se reabilitar no Paulistão diante do Linense, o Tricolor vira o seu foco para o clássico contra o Palmeiras, nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), na arena alviverde. Dorival falou sobre o que espera de sua equipe durante o Choque-Rei válido pela 11ª rodada do Estadual.

?Queremos ver uma equipe consistente. Em cima dessa consistência, que os resultados aconteçam. Espero que para a partida de quinta, melhoremos ainda mais. Que a gente possa ter força máxima dentro de campo nesse difícil compromisso?, projetou, sem se incomodar com o fato de o São Paulo só ter perdido no reformado Palestra Itália ? foram cinco derrotas desde 2015.

?Com respeito pelos números, confiante no que a equipe possa produzir. Num desenvolvimento bom, fazendo aquilo que o torcedor quer. Queremos o campeonato, não estamos brigando para ganhar do Palmeiras no Allianz. Seria importante, sim, muito, mas mais importante do que isso seria a conquista de um campeonato. E é isso que estamos buscando?, concluiu.

Com 14 pontos ganhos, o São Paulo lidera o Grupo B do Paulista, seguido por São Caetano (10), Ponte Preta (10) e Santo André (8). O elenco folga nesta segunda-feira e inicia a preparação para o clássico na terça, no CT da Barra Funda.

Gazeta Esportiva

TAGS