PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Coxa toma três gols de cabeça e perde para o Maringá

Campeão do primeiro turno do Campeonato Paranaense, o Coritiba estreou mal na Taça Caio Júnior ao perder por 3 a 0, em pleno Couto Pereira, para o Maringá. O Alviverde jogou com um time considerado reserva, mas nem assim o torcedor poupou as vaias, bastante irritado com a atuação de sua equipe. O Coxa começou [?]

19:15 | 04/03/2018

Campeão do primeiro turno do Campeonato Paranaense, o Coritiba estreou mal na Taça Caio Júnior ao perder por 3 a 0, em pleno Couto Pereira, para o Maringá. O Alviverde jogou com um time considerado reserva, mas nem assim o torcedor poupou as vaias, bastante irritado com a atuação de sua equipe.

O Coxa começou pressionando, mas foi surpreendido aos 24 minutos, com Alex Fraga subindo na área para aproveitar escanteio e abrir o placar para os visitantes. Washington ampliou, também de cabeça, aos 39 minutos. Na segunda etapa, bola na área e gol de Alex Fraga, de cabeça, aos 10 minutos.

Na próxima rodada, o Coritiba terá o clássico diante do Paraná Clube, quarta-feira, na Vila Capanema. Já o Maringá encara o Foz do Iguaçu, no mesmo dia, no Estádio Willie Davids.

O jogo ? O alviverde levou perigo já aos dois minutos, com Kady levando a bola em velocidade e servindo Ruy, que desviou pela linha de fundo, com muito perigo. O time da casa mostrava muita vontade. Aos quatro minutos, Pablo cortou para o meio da área e mandou um petardo para defesa difícil de Fábio. No rebote, Alan Cosa furou. Na sequência, confusão na área e Alex Alves acertou a trave.

O Coxa abusava e perdia muitos gols. Aos sete minutos, Galdezani recebeu lançamento com liberdade, tentou encobrir o goleiro e mandou para fora. O Maringá assustou com Paulinho Mocellin que pegou sobra de bola na entrada da área e mando uma bomba para Rafael Martins defender. Depois da correria inicial, o time do interior entrou novamente no jogo e começou a pressionar.

Aos 23 minutos, Paulinho recebeu dentro da área e parou em um milagre de Rafael Martins. Depois da cobrança de escanteio, Alex Fraga subiu para testar e mandou para o fundo da rede, abrindo o placar. Kady fez mais uma jogada individual e cruzou na medida para Pablo, que isolou a bola. Mas, aos 39 minutos, bola levantada na área alviverde e Washington subiu para marcar o segundo.

Depois do intervalo, os dois times voltaram sem mudanças. Aos três minutos, Matehus Galdezani chutou de muito longe e Fábio deu rebote, que Pablo mandou por cima da meta. Na resposta, aos cinco minutos, Thiago Cristian cobrou falta e a bola subiu demais. Nas arquibancadas, o torcedor coxa-branca perdia a paciência a cada passe errado.

A situação piorou aos 10 minutos, após cobrança de escanteio que Alex Fraga testou para o gol e fez o terceiro do Maringá. Aos 17 minutos, boa jogada de Moser, que cruzou fechado para Fábio sair da meta e dar um tapa providencial para afastar o perigo. Cobrança de escanteio para Alan Costa, aos 21 minutos, e a tentada parou nas mãos de Fábio.

O Maringá administrava com tranquilidade e esperava para contra-atacar. Aos 32 minutos, Alvarenga buscou o levantamento na área e Fábio chegou antes de Evandro no lance. O Coxa seguia tocando bola, mas não passava da intermediária adversária. O time da Cidade-canção tocava a bola e deixava o tempo passar. Paulinho Moccelin quase marcou um golaço, aos 43 minutos, mas Rafael Martins evitou uma derrota maior.

CORITIBA 0 X 3 MARINGÁ

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 04 de março de 2018, domingo

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Robson Babinski

Assistentes: Leandro Luiz Zeni e Vinicius Leandro Moreira Martins

Cartões amarelos : Pablo (Coritiba); Carlão, Virgílio e Washington (Maringá)

Cartão vermelho: Virgilio (Maringá)

MARINGÁ: Alex Fraga, aos 24 minutos e Washington, aos 39 minutos do primeiro tempo; Alex Fraga, aos 10 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Rafael Martins.; Moser, Alan Costa, Alex Alves e Benitez; Matheus Galdezani, Wellington Simião (Julio Rusch), Kady (Matheus Bueno) e Ruy (Alvarenga); Pablo e Evandro

Técnico:: Sandro Forner

MARINGÁ: Fabio, Rhuan (Danilo), Alex Fraga, Egon, Thiago Cristian; Carlão, Fabrício Rodrigues (Virgílio Borges), Lucão (Edmar) e Washington; Paulinho Moccelin e Bruno Batata.

Técnico: Fernando Marchiori

Gazeta Esportiva

TAGS