PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após cinco meses no clube, Cicinho anuncia rescisão com o Brasiliense

O lateral-direito Cicinho anunciou nesta quinta-feira, através de suas redes sociais, que não é mais jogador do Brasiliense. Campeão da libertadores em 2005 pelo São Paulo, o jogador que chegou a defender o Real Madrid e a Seleção Brasileira tinha contrato válido até novembro de 2018, porém, optou por rescindir seu vínculo com o clube [?]

00:45 | 02/03/2018

O lateral-direito Cicinho anunciou nesta quinta-feira, através de suas redes sociais, que não é mais jogador do Brasiliense. Campeão da libertadores em 2005 pelo São Paulo, o jogador que chegou a defender o Real Madrid e a Seleção Brasileira tinha contrato válido até novembro de 2018, porém, optou por rescindir seu vínculo com o clube candango.

Contratado em setembro do ano passado para disputar a Copa do Brasil, Copa Verde e Série D do Brasileirão de 2018, além, é claro, do Campeonato Candango, Cicinho permaneceu no Distrito Federal por cinco meses apenas, contudo, ele garante que a rescisão de seu contrato aconteceu de maneira amigável com o Brasiliense.

Antes de retornar ao futebol brasileiro, Cicinho permaneceu por três temporadas no Sivasspor, da Turquia. Neste ano, ele esteve presente na derrota por 2 a 1 sofrida pelo Brasiliense para o Itapemirim, pela Copa Verde.

Confira o comunicado divulgado pelo atleta:

Boa noite, galera, tudo bem com vocês?

Estou passando para comunicar a vocês, que já devem ter visto algumas notícias, sobre miha rescisão com o Brasiliense.

Foi tudo de uma maneira amigável e tranquila. Agradeço ao clube por ter me dado essa oportunidade em voltar a jogar futebol, mas hoje, nesta quinta-feira, acertamos a rescisão.

Agradeço aos torcedores pelo carinho, funcionários, diretoria, comissão técnica e companheiros neste período.

Em breve volto aqui para falar mais com todos?

Fiquem com Deus.

Gazeta Esportiva

TAGS