Participamos do

Reds deverão endurecer negociação por Coutinho após gafe da Nike

O Liverpool já estava fazendo jogo duro em relação à venda de Philippe Coutinho ao Barcelona, mas agora as tratativas entre os dois clubes podem se tornar ainda mais difíceis. Isso porque a Nike, fornecedora de material esportivo dos catalães, anunciou em seu site oficial, neste sábado, que os torcedores do Barça já poderiam adquirir [?]
10:30 | Jan. 01, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Liverpool já estava fazendo jogo duro em relação à venda de Philippe Coutinho ao Barcelona, mas agora as tratativas entre os dois clubes podem se tornar ainda mais difíceis. Isso porque a Nike, fornecedora de material esportivo dos catalães, anunciou em seu site oficial, neste sábado, que os torcedores do Barça já poderiam adquirir a camisa do time personalizada com o nome do meio-campista brasileiro.

Confiante em um desfecho positivo na negociação por Coutinho nesta janela de transferências, o Barcelona aproveita o fato de a Nike também ser a patrocinadora pessoal de Philippe Coutinho para que o jogador, através de todas as questões de marketing envolvidas, possa ficar ainda mais próximo do Camp Nou.

?Philippe Coutinho está pronto para brilhar no Camp Nou. Adquira sua camisa do Barcelona da temporada 2017/18 com o nome do ?Mágico?. Aja rápido, personalização grátis até o dia 6 de janeiro?, dizia o anúncio, que foi retirado do site oficial da empresa norte-americana após cerca de uma hora.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na última janela de transferências o Barcelona já havia tentado levar Coutinho para ser o substituto de Neymar, então recém-contratado pelo Paris Saint-Germain. O Liverpool, por sua vez, foi inflexível nas conversas com os catalães, rejeitando três ofertas pelo craque brasileiro, a última delas de R$ 512 milhões.

As recusas dos ingleses não foram muito bem digeridas por Coutinho, que, inclusive, se negou a entrar em campo com os Reds neste período, alegando problemas físicos. Contraditoriamente, ao ser convocado para a Seleção Brasileira, o meia não apresentou qualquer limitação, aumentando ainda mais as especulações sobre sua insatisfação em Merseyside e o grande desejo de jogar ao lado de Messi e Suárez.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags