PUBLICIDADE
Futebol

Furacão elimina o Caxias ao empatar sem gols na estreia de Diniz

Sem gols, com um empate em 0 a 0, o time principal do Atlético Paranaense, comandado pelo técnico Fernando Diniz, estreou na Copa do Brasil com classificação para a próxima fase ao eliminar o Caxias, que jogava no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Agora, o Furacão espera o vencedor do duelo entre Tubarão e [?]

22:30 | 30/01/2018

Sem gols, com um empate em 0 a 0, o time principal do Atlético Paranaense, comandado pelo técnico Fernando Diniz, estreou na Copa do Brasil com classificação para a próxima fase ao eliminar o Caxias, que jogava no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Agora, o Furacão espera o vencedor do duelo entre Tubarão e América-RN para conhecer seu próximo adversário na competição.

Com as novas regras para a primeira fase, o jogo se tornou decisivo para os times. Sensação do Campeonato Gaúcho, o time grená tentava aproveitar seu ritmo de jogo. Aos cinco minutos, Nicolas cruzou na área e Túlio desviou de cabeça pela linha de fundo. Um minuto depois foi a vez de Cleiton avançar em meio à zaga atleticana e deixar para Juninho bater sem direção.

O Caxias tinha maior posse de bola e ainda mostrava mais força ofensiva. Aos poucos o Rubro-Negro parecia se organizar e chegou pela primeira vez com algum perigo, aos 18 minutos, em chute do estreante Raphael Veiga, que exigiu boa defesa de Gledson. Mais uma chegada do Grená pela lateral, com Rafael Gava, que cruzou fechado para Wanderson subir e tirar da área para salvar.

Só dava a equipe gaúcha no jogo, o que deixava o técnico Fernando Diniz agitado no banco. Aos 33 minutos, Cleiton chutou cruzado e Santos se recuperou para espalmar. Na sequência, Julinho invadiu a área e soltou o pé para mais uma intervenção do goleiro atleticano. Thiago Carleto teve sua primeira chance de cobrar uma falta com a camisa do Furacão, aos 44 minutos, mas mandou direto pela linha de fundo.

Depois do intervalo, os times retornaram sem mudanças. O Rubro-Negro teve uma chance muito clara para abrir a contagem logo aos dois minutos, com Ribamar, que pegou sobra de bola, na cara do gol, mas chutou nas pernas de Júnior, que salvou. Aos 10 minutos, Diego Miranda pegou rebote na entrada da área, chutou forte, e Santos agarrou firme para realizar a defesa.

Quem teve a chance clara, aos 15 minutos, foi o Caxias, com João Paulo, que aproveitou saída errada de Santos para dominar na párea e, de frente para a meta, com o gol livre, desperdiçar. O ritmo caiu um pouco, com os times mostrando vontade, mas sem conseguir passar do meio-campo. Aos 25 minutos, Daniel Cruz abriu espaço e tentou o arremate, que carimbou a defesa atleticana.

O time da casa tentava pressionar, já que o empate não interessava. Aos 34 minutos, Santos voltou a sair errado e deixou nos pés de Daniel Cruz, que bateu por cima da meta. Contra-ataque rubro-negro, aos 37 minutos, com Bergson lançando Nikão, que prontamente serviu Ribamar, que parou em grande defesa de Gledson. O goleiro salvou mais uma, aos 41 minutos, ao dar o bote em Ribamar.

CAXIAS 0 X 0 ATLÉTICO PARANAENSE

Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)

Data: 30 de janeiro de 2018, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)

Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

Cartões amarelos : Regis (Caxias); Guilherme e Carleto (Atlético-PR)

CAXIAS : Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Laércio e Régis; Julinho (Ramon), Diego Miranda, Rafael Gava, Túlio Renan (Daniel Cruz), Nicolas; João Paulo (Carlos André).

Técnico: Luiz Carlos Winck

ATLÉTICO PARANAENSE: Santos; Wanderson, Thiago Heleno e Paulo André; Jonathan, Matheus Rosseto (Bruno Guimarães), Raphael Veiga e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme (Bergson) e Ribamar

Técnico: Fernando Diniz

Gazeta Esportiva

TAGS