PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Diego Souza marca em Mirassol e São Paulo vence a primeira no ano

O São Paulo conquistou a sua primeira vitória em 2018 durante a noite desta quarta-feira. Jogando no Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, o Tricolor venceu o time da casa, por 2 a 0, com gols de Diego Souza, o primeiro dele pelo novo clube, e de Marcos Guilherme, ambos anotados no fim [?]

22:45 | 24/01/2018

O São Paulo conquistou a sua primeira vitória em 2018 durante a noite desta quarta-feira. Jogando no Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, o Tricolor venceu o time da casa, por 2 a 0, com gols de Diego Souza, o primeiro dele pelo novo clube, e de Marcos Guilherme, ambos anotados no fim do segundo tempo da partida que marcou a estreia do zagueiro Anderson Martins.

Com quatro pontos, o São Paulo assumiu a liderança do Grupo B do Campeonato Paulista, mas pode ser ultrapassado por Ponte Preta e Santos nesta quinta-feira. Já o Mirassol, com apenas um ponto, figura no quarto e último lugar do Grupo D.

Mais aliviados, os comandados de Dorival Júnior terão pela frente o clássico com o Corinthians, às 17 horas (de Brasília), deste sábado, no Pacaembu. O Mirassol, por sua vez, buscará seu primeiro triunfo em Santo André, na próxima segunda-feira, a partir das 17h30.

O Jogo ? O São Paulo começou pressionando e chegou perigosamente já aos três minutos do primeiro tempo. Após Shaylon cobrar escanteio pela direita, Rodrigo Caio subiu livre de marcação, mas testou por cima do gol defendido por Fernando Leal.

Imprimindo ritmo forte, o time visitante voltou a ficar perto de abrir o placar aos 12 minutos, quando Shaylon recebeu na direita da área e cruzou para o meio. Com um carrinho, contudo, o zagueiro Jesiel fez o corte providencial e não deixou a bola chegar em Diego Souza, que estava sozinho.

Aos 31, o meia-atacante novamente encontrou Jesiel em seu caminho. Após receber livre na entrada da área, Diego Souza soltou a bomba, mas o zagueiro se jogou na frente para evitar que a bola fosse em direção ao gol. Acuado no campo de defesa, o Mirassol finalizou pouco e não ameaçou a meta de Sidão no primeiro tempo.

O São Paulo desperdiçou grande chance de abrir o placar logo no primeiro minuto da etapa complementar. Após lançamento preciso de Marcos Guilherme pela direita, Shaylon saiu na cara de Fernando Leal, mas finalizou fraco, em cima do goleiro.

O Mirassol, por sua vez, adiantou a sua linha de marcação e passou a ocupar o campo de ataque com mais frequência. Com a mudança, deu mais espaços ao adversário. Aos 12, após boa trama pela direita, Shaylon invadiu a área e tentou driblar o goleiro, que foi bem no lance e ficou com a bola.

Em busca da vitória, Dorival colocou o atacante Caíque no lugar do apagado Brenner. Aos 20 minutos, o garoto deixou Shaylon livre na esquerda. O meia-atacante, contudo, mandou em cima de Fernando Leal. Pouco depois, o recém-promovido a profissional arriscou chute cruzado de fora da área e exigiu grande defesa do goleiro rival.

Após tanto insistir, o São Paulo abriu o marcador aos 38 minutos. O jovem atacante Paulinho, que havia acabado de entrar, acionou Militão, que cruzou da direita. A bola sobrou e Diego Souza chutou forte para marcar. Aos 44, Marcos Guilherme puxou contra-ataque e depois recebeu de Lucas Fernandes para decretar a primeira vitória tricolor no ano.

FICHA TÉCNICA

MIRASSOL 0 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol (SP)

Data: 24 de janeiro de 2018, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Furlan

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Daniel Luis Marques

Cartão Amarelo: Dalberto, Bruno Oliveira e Zé Roberto (Mirassol); Anderson Martins, Petros e Rodrigo Caio (São Paulo)

Cartão Vermelho: ?

Gols:

SÃO PAULO: Diego Souza, aos 38, e Marcos Guilherme, aos 44 minutos do segundo tempo

MIRASSOL: Fernando Leal; Bruno Oliveira, Jesiel, Edson Silva e William Simões; Wellington Reis, Dalberto (André Luiz), Paulinho e Xuxa (Léo Baiano); Alison (Zé Roberto) e Rodolfo

Técnico: Moisés Egert

SÃO PAULO: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Anderson Martins e Edimar; Jucilei; Marcos Guilherme, Petros (Lucas Fernandes), Shaylon (Paulinho) e Brenner (Caíque); Diego Souza

Técnico: Dorival Júnior

Gazeta Esportiva

TAGS