PUBLICIDADE
Futebol

Atacante admite que Dorival pode rever planos e exalta jovens da base

No papel tudo parecia bastante coerente, no entanto, na prática as coisas não andaram como Dorival Jr imaginava. Sem vencer após as duas primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o São Paulo começa a nova temporada já pressionado, e o atacante Marcos Guilherme admitiu a possibilidade de o treinador alterar o planejamento inicial, que previa uma [?]

07:15 | 23/01/2018

No papel tudo parecia bastante coerente, no entanto, na prática as coisas não andaram como Dorival Jr imaginava. Sem vencer após as duas primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o São Paulo começa a nova temporada já pressionado, e o atacante Marcos Guilherme admitiu a possibilidade de o treinador alterar o planejamento inicial, que previa uma espécie de revezamento entre as duas equipes montadas nos jogos do estadual para evitar um desgaste maior do elenco.

Logo na estreia, contra o São Bento, Dorival Jr colocou a campo uma equipe repleta de garotos. Tendo como uma das premissas do seu trabalho no Tricolor oportunizar novos talentos, o comandante são-paulino viu sua estratégia ir por água abaixo após a dura derrota por 2 a 0 em Sorocaba. Já no último sábado, contra o Novorizontino, no Morumbi, os atletas tidos como ?titulares?, com exceção de Cueva e Diego Souza, acionados no segundo tempo, entraram em ação, porém, novamente a equipe falhou na tentativa de marcar gols e acabou tendo de se contentar com o empate em 0 a 0.

?O planejamento continua o mesmo. Claro que ele pode fazer algumas mudanças na equipe, mas quem está saindo sabe que ainda vai ser muito importante para o restante da temporada. É ruim iniciar o ano empatando um jogo e perdendo outro, mas a equipe está muito confiante em relação ao que ela pode render?, disse Marcos Guilherme.

Como comprovado no último sábado, os resultados ruins do São Paulo não se devem somente à presença de atletas menos experientes em campo. Buscando detectar as causas dos primeiros problemas do time em 2018, Dorival Jr terá pouco tempo para encontrar uma solução, já que nesta quarta-feira o Tricolor visita o Mirassol, às 21h45 (de Brasília), para se reerguer no Campeonato Paulista, em que figura apenas na terceira colocação do Grupo B, atrás de Ponte Preta e Santo André.

?Como havia falado no ano passado, os jogadores que vêm de Cotia sempre vêm muito bem. Dá para ver na Copa São Paulo [de Futebol Júnior], há vários jogadores de muita qualidade. São jogadores que jogam na minha posição, mas são muito novos?, afirmou Marcos Guilherme, se referindo ao fato de maioria dos atletas promovidos ao profissional atuarem no setor ofensivo.

?Temos que ter paciência e dar muito moral para eles entrarem em campo e fazerem aquilo que sabem. Isso é um processo, não vão entrar hoje e já fazer a diferença. Mas, pode ter certeza que em um futuro próximo eles vão dar muitas alegrias ao torcedor são-paulino?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS