PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Recuperado de lesão, Dembélé pode voltar na Copa do Rei

Contratado pelo Barcelona para ser o substituto de Neymar, Ousmane Dembélé está prestes a voltar a ficar à disposição do técnico Ernesto Valverde após mais de três meses. O atacante, que lesionou o bíceps femoral esquerdo receberá alta do departamento médico catalão no próximo dia 3 de janeiro, na véspera do duelo contra o Celta [?]

06:15 | 31/12/2017

Contratado pelo Barcelona para ser o substituto de Neymar, Ousmane Dembélé está prestes a voltar a ficar à disposição do técnico Ernesto Valverde após mais de três meses. O atacante, que lesionou o bíceps femoral esquerdo receberá alta do departamento médico catalão no próximo dia 3 de janeiro, na véspera do duelo contra o Celta de Vigo, pelas oitavas de final da Copa do Rei.

Apesar de reunir condições físicas de entrar em campo, Dembélé ainda é dúvida entre os futuros relacionados pelo treinador do Barça. Temendo que o jovem atacante ainda sinta uma certa desconfiança ao ser acionado, Ernesto Valverde poderá abrir mão do francês, dando a ele mais tempo para não só perceber que está apto a voltar a jogar em alto nível, mas também para adquirir maior ritmo de jogo.

Caso Dembélé não seja acionado no confronto válido pelas oitavas de final da Copa do Rei, o Barcelona deverá voltar a relacionar o jogador no próximo dia 7 de janeiro, quando a equipe recebe o Levante, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. Líder isolado na disputa por pontos corridos, o clube catalão contaria com uma situação muito mais confortável para rever sua aposta da última janela de transferências dentro das quatro linhas.

Depois de desembarcar na Catalunha como o atacante que preencheria a lacuna deixada por Neymar, então recém-contratado pelo PSG, Dembélé realizou apenas três partidas oficiais com a camisa do Barcelona. Atrapalhado pela lesão, ele espera agora corresponder às expectativas.

Para retornar em alto nível e se certificar de que sua lesão não causaria maiores problemas, Dembélé chegou a um acordo com o departamento médico do Barça e optou por ser operado na Finlândia. Com retorno aos gramados previsto para janeiro ou fevereiro, o francês, ao que tudo indica, cumprirá o prazo.

Gazeta Esportiva

TAGS