PUBLICIDADE
Futebol

Por violar regras da Fifa, Espanha pode ser excluída da Copa, diz jornal

A Espanha pode acabar excluída da Copa do Mundo de 2018, por conta de interferência governamental no futebol, o que não é permitido pela Fifa. Uma das possíveis punições é a eliminação de competições organizadas pela entidade. A informação foi divulgada pelo jornal Marca. O ex-presidente da Federação Espanhol, Ángel María Villar, realizou denúncia e [?]

13:30 | 15/12/2017

A Espanha pode acabar excluída da Copa do Mundo de 2018, por conta de interferência governamental no futebol, o que não é permitido pela Fifa. Uma das possíveis punições é a eliminação de competições organizadas pela entidade.

A informação foi divulgada pelo jornal Marca. O ex-presidente da Federação Espanhol, Ángel María Villar, realizou denúncia e a Fifa investigará o fato de que o Conselho de Esportes do país participou dos processos de eleição no órgão que gere o futebol local.

Ainda de acordo com a publicação, a Federação recebeu notificação de que pode sofrer sanções. Após a publicação da notícia, a RFEF (Real Federação Espanhola de Futebol) divulgou comunicado oficial explicando o assunto.

?Representantes da Fifa e da Uefa mostraram preocupação com nossa situação e manifestaram seu interesse em se reunir o mais rápido possível com as instâncias esportivas do país, para ter maior conhecimento do tema?, diz trecho da nota.

A Federação também garantiu que respeita todas as regras da Uefa e da Fifa, já que é filiada a ambas as entidades. ?Nos comprometemos a respeitar todas as determinações dadas por estes órgãos?, garante o texto.

Caso a situação se complique para os espanhóis, a seleção campeã do mundo em 2010 pode acabar excluída do Mundial da Rússia, em junho. Assim, a Fifa teria poucos meses para definir um substituto para a Fúria. Países tradicionais que ficaram fora, como a Itália, podem se movimentar para conseguir a classificação.

Gazeta Esportiva

TAGS