PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Giroud salva e Arsenal arranca empate com o Southampton no fim

O Arsenal visitou o Southampton neste domingo, no St. Mary?s Stadium, e sofreu para arrancar o empate fora de casa. Em duelo válido pela rodada de número 16 do Campeonato Inglês, o time londrino saiu atrás logo no início do jogo, com gol de Austin, e só não foi derrotado porque o francês Giroud, salvador, [?]

11:30 | 10/12/2017

O Arsenal visitou o Southampton neste domingo, no St. Mary?s Stadium, e sofreu para arrancar o empate fora de casa. Em duelo válido pela rodada de número 16 do Campeonato Inglês, o time londrino saiu atrás logo no início do jogo, com gol de Austin, e só não foi derrotado porque o francês Giroud, salvador, igualou o marcador nos minutos finais da partida.

O resultado mantém os Gunners na zona de classificação para as competições europeias, na quinta colocação, com 29 pontos ganhos. Os comandados de Arsène Wenger voltam a campo na quarta-feira, contra o West Ham. Os mandantes, por sua vez, ocupam a décima posição com 18 pontos, e recebem o Leicester na próxima rodada, também na quarta-feira.

O Jogo ? Os primeiros minutos de partida foram aterrorizantes para o Arsenal. O Southampton não tomou conhecimento do time londrino e abriu o placar dois minutos após o apito inicial. O zagueiro Mertesacker afastou mal e a bola sobrou com Tadic, na intermediária. O meia viu a ultrapassagem de Austin e deixou o atacante na cara de Petr Cech, que na pôde fazer para evitar o gol.

Aos cinco minutos, quase veio o segundo. Novamente com Austin, recebendo passe em profundidade e saindo de frente para o gol. O chute foi forte, cruzado e rasteiro, mas desta vez Cech segurou firme e ficou com ela.

Só depois de 10 minutos o Arsenal acalmou o jogo, passando a trocar passes e movimentar a bola. Aos poucos, o time de Arsène Wenger começou a agredir os donos da casa. O gol de empate provavelmente sairia aos 16 minutos, quando Sánchez puxou contra-ataque, trabalhou com Ozil, que acionou Lacazette à frente. A chance era clara mas, na hora do arremate, o volante dinamarquês Hojbjerg se recuperou no lance e fez o corte.

Aos 20, o Arsenal já tinha mais de 70% da posse de bola. Aos 31, criou sua melhor oportunidade. Sánchez dominou pela direita e cruzou rasteiro, para a entrada da área. Ramsey chegou batendo de primeira, buscando o canto direito. O goleiro Forster estava atento e caiu para fazer uma ótima defesa, mandando para escanteio.

Os Gunners voltaram do intervalo totalmente dedicados ao gol de empate. Pressionando o Southampton, passou a rondar a área adversária. Porém, a criatividade do time foi pouca diante da marcação fechada do time da casa, que passou a depender de contra-ataques para definir a partida.

Em uma das poucas jogadas trabalhadas do Southampton, aos 16 minutos da etapa final, Romeu arriscou de longe, soltando a bomba de perna direita. A bola explodiu no travessão e saiu para tiro de meta. Em contra-golpe aos 20 minutos, Bertrand recebeu de Tadic e saiu na cara de Cech. O lateral esquerdo categoricamente tirou do arqueiro com a perna esquerda, mas a bola foi para fora, no que seria a última chance clara de gol do time na partida.

Depois dos sustos, o Arsenal voltou a levar perigo. Aos 22, Monreal recebeu na entrada da área e bateu colocado. A bola passou à direita, muito perto do gol de Forster.  Aos 38, já com alterações feitas por Wenger, foi a vez de Sánchez ficar no quase. O chileno bateu falta da intermediária e viu Forster voar para efetuar a defesa.

Até que aos 42 minutos, a paciência e a insistência dos Gunners foram recompensadas. Giroud, que havia entrado no lugar de Lacazette na metade do segundo tempo, aproveitou cruzamento de Sánchez pela esquerda e testou para as redes, salvando o time londrino da derrota.

 

 

 

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS