}else{}
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Dorival confirma Lugano como titular no jogo contra o Bahia

O zagueiro Diego Lugano será titular do São Paulo no duelo com o Bahia, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Morumbi, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcará a despedida do uruguaio, ídolo da torcida e campeão da Copa Libertadores e do Mundial de 2005, como jogador do clube. [?]
09:00 | Dez. 01, 2017 Autor - Tipo Notícia

O zagueiro Diego Lugano será titular do São Paulo no duelo com o Bahia, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Morumbi, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. A partida marcará a despedida do uruguaio, ídolo da torcida e campeão da Copa Libertadores e do Mundial de 2005, como jogador do clube.

?O Lugano inicia a partida, estará em campo e não que tenhamos um jogo festivo em razão disso. O Lugano está fazendo por merecer nos treinamentos, com um comportamento exemplar aqui dentro?, afirmou o técnico Dorival Júnior, em entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira, no CCT da Barra Funda.

Será a primeira vez que o camisa 5 será utilizado desde que Dorival assumiu a equipe no meio do ano. Sua última aparição ocorreu na derrota por 2 a 0 para o Flamengo, no dia 2 de julho, no último confronto do Tricolor sob o comando de Rogério Ceni. Nas palavras do treinador, no entanto, Lugano foi decisivo na reação do time no Brasileirão.

?A participação que ele teve nos vestiários foi fundamental. Não unicamente pela conversa, mas pela postura de passar tranquilidade aos jogadores. Qualquer outro atleta nessa condição, talvez tivesse cobrando outra situação. O Lugano, não. Sempre colocou o São Paulo em cima de uma condição pessoal?, ressaltou Dorival.

Aos 37 anos, o defensor uruguaio não sabe se vai ou não se aposentar ao final da temporada. Ele ainda recebeu uma proposta da diretoria para trabalhar como uma espécie de coordenador técnico. Para Dorival, Lugano não pode ter pressa na definição de seu futuro.

?O Lugano é um desses jogadores que, ao longo da própria carreira, vai preparando o terreno para uma nova posição. É natural que neste momento ainda ele não deva ter amadurecido a ideia. Precisamos ter calma e esperar uma definição do próprio atleta. Vamos deixar que as coisas aconteçam de uma maneira mais natural?, encerrou.

Com 49 pontos, o São Paulo ocupa o 12º lugar do Brasileiro e está classificado para a Copa Sul-Americana de 2018. O clube, contudo, ainda possui chances de disputar a próxima Libertadores. Para isso, além de vencer o 11º colocado e rival direto Bahia, precisa torcer por uma grande combinação de resultados.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ator Ricardo Macchi posta foto "machucado" para ironizar suposto atentado contra Joice Hasselmann

VIOLÊNCIA
2021-07-29 17:40:11 Autor Tipo Noticia

Na manhã desta quinta-feira, 28, o ator Ricardo Macchi publicou uma sequência de fotos em seu perfil no Instagram, onde aparecia com ferimentos no rosto. Supostamente machucado, o ator parecia ter sofrido algum tipo de agressão e preocupou seus seguidores.

No entanto, tudo não passou de uma tentativa de ironizar o suposto atentado sofrido pela com a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP). "Fui dormir ontem e acordei assim! Não sei o que houve, acho que sofri um atentado", escreveu o ator. "Melhoras deputada, que esse mistério se solucione logo", acrescentou ainda.

Joice apareceu na última sexta-feira, 23, com diversas fraturas e hematomas espalhados pelo corpo e não sabe dizer ao certo como os ferimentos ocorreram. A deputada diz ter acordado no último domingo, 18, no chão do seu apartamento funcional, em Brasília, no meio de uma poça de sangue, com frio e muitas dores pelo corpo.

Após o acontecimento, a parlamentar acionou a Polícia Legislativa, que investiga um possível atentado. Um dos suspeitos também é marido de Joice, o neurocirurgião Daniel França, que estava com ela no local no dia do ocorrido. A deputada, no entanto, nega qualquer suspeita contra o marido.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Bittencourt: Nova despesa tem de ser compensada por arrecadação permanente

ECONOMIA
2021-07-29 17:39:06 Autor Agência Estado Tipo Notícia
O secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, disse ser "natural" que a criação de um novo programa social seja compensada por uma "arrecadação incerta" como a taxação de dividendos.
No sumário executivo que acompanha a divulgação do resultado primário do governo central, o Tesouro fez uma defesa de regras fiscais e citou que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) veda a criação de despesas obrigatórias de caráter permanente sem que haja uma compensação.
Bittencourt rebateu matérias que disseram que o governo não poderia compensar o novo programa social com a tributação de dividendos porque a arrecadação é incerta. "Toda arrecadação é estimativa. Se novo programa social fosse compensado por despesa certa, não valeria para a LRF, porque significaria uma piora no meu resultado fiscal", afirmou.
O secretário afirmou ainda que a discussão sobre reduzir a carga de impostos com a reforma tributária só é possível porque a consolidação fiscal vem sendo feita pelo governo.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Bittencourt: Espaço espaço no teto é compatível com R$ 300 de novo programa

ECONOMIA
2021-07-29 17:39:05 Autor Agência Estado Tipo Notícia
O secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, disse nesta quinta-feira, 29, que o espaço no teto de gastos em 2022 deve ficar entre R$ 25 bilhões e R$ 30 bilhões, o que comportaria uma reformulação no programa Bolsa Família capaz de contemplar 17 milhões de famílias e valor médio de R$ 300 - com foi prometido pelo presidente Jair Bolsonaro. "Esse espaço que estamos vendo seria compatível com programa dessa magnitude", afirmou.
Segundo o secretário, o novo programa está sendo discutido "respeitando todas as regras fiscais". "Esse é o nosso objetivo, entendemos ser a melhor maneira", afirmou.
Ele explicou que recentemente o governo fez uma revisão para baixo nas despesas previstas com pessoal e Previdência, o que terá repercussão também no Orçamento de 2022. "Vamos construir o Orçamento de 2022 com base menor de despesas obrigatórias", disse. Por isso, segundo o secretário, o espaço no teto ficou acima dos R$ 20 bilhões a R$ 25 bilhões que vinham sendo projetados pela equipe econômica.
Bittencourt evitou fazer comentários sobre o que seria a PEC do Bolsa Família citada pelo presidente Jair Bolsonaro em entrevista anteontem a uma rádio. "Devemos, não está definido ainda, mandar uma PEC para acertarmos a questão do Bolsa Família. Se eu não tiver apoio dos partidos de centro, o Bolsa Família não tem como ser reajustado agora para novembro, dezembro", disse o presidente na ocasião.
O secretário do Tesouro respondeu apenas que "colocar um programa especifico na Constituição não é muito tradicional" e tira a flexibilidade de gestão da política fiscal. "Isso vale para Bolsa Família, imunidades tributárias, programas assistenciais. Isso é um problema pro Executivo e para o próprio Legislativo que precisa de um quórum qualificado para fazer qualquer mudança", afirmou.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Casa Branca: Alta do PIB mostra que a economia do país superou o 'pior momento'

ECONOMIA
2021-07-29 17:39:04 Autor Agência Estado Tipo Notícia
A alta anualizada de 6,5% do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no segundo semestre mostrou que a economia do país superou o "pior momento de sua história" para chegar a um dos melhores períodos, segundo afirmou a vice-secretária de imprensa da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, durante coletiva nesta quinta-feira, 29.
Ela ainda destacou que a recuperação do PIB americano ao nível do período anterior à pandemia de coronavírus demorou metade do tempo em relação à retomada da crise anterior. "Isto não é por acaso", afirmou Jean-Pierre, ao creditar o avanço econômico à agenda do presidente Joe Biden.
Perguntada se o avanço da inflação preocupa a administração Biden, a vice-secretária disse que "desafios eram esperados", mas minimizou a alta nos preços ao afirmar que "especialistas externos e de dentro da Casa Branca" enxergam a alta nos preços como temporária.
Jean-Pierre também comentou que não há sinais de impacto significativo da variante delta do coronavírus à atividade no momento, ao ser questionada se a cepa mais contagiosa poderia fazer o governo estender o prazo dos benefícios adicionais a desempregados, com término previsto em setembro.
Com os EUA enfrentando a recusa de milhões de americanos à vacinação contra a covid-19, Jean-Pierre reforçou que a Casa Branca considera obrigar funcionários do governo federal a se imunizarem. Segundo relatos na imprensa local, é esperado que o presidente Joe Biden fale sobre o tópico em discurso previsto para iniciar às 17h00 (de Brasília) desta quinta-feira.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Bittencourt: Crescimento substancial da receita contribuiu para déficit ser menor

ECONOMIA
2021-07-29 17:39:04 Autor Agência Estado Tipo Notícia
O secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, disse nesta quinta-feira, 29 que o pagamento de R$ 34,5 bilhões em precatórios ajudou a aumentar o rombo fiscal em junho, mês em que essas despesas são tradicionalmente pagas.
Em junho, a diferença entre as receitas e as despesas ficou negativa em R$ 73,553 bilhões, o segundo pior desempenho para o mês da série histórica, que tem início em 1997, atrás apenas de junho de 2020, quando o rombo foi de R$ 211,117 bilhões, em valores corrigidos pela inflação.
Ele ressaltou que o crescimento substancial da receita ajudou o déficit a não ser ainda maior no mês passado. Em junho, as receitas tiveram alta real de 55,9% em relação a igual mês do ano passado. Já as despesas caíram 34,6% na mesma comparação, já descontada a inflação.
"Estamos devolvendo o resultado primário para a trajetória que deve ter pós-pandemia", completou.
Arrecadação
O secretário do Tesouro Nacional destacou a recuperação da arrecadação e disse que a receita não só se recuperou da crise, mas também está acima de patamares observados em 2019.
No primeiro semestre, a receita total do governo teve um crescimento real de R$ 203,2 bilhões em relação a igual período de 2020.
Segundo ele, não se trata apenas de uma recuperação sobre uma base depreciada, pois em 2020 houve queda na arrecadação e adiamento na cobrança de tributos.
Ele citou que o mesmo programa de diferimento foi adotado este ano, mas não tem tido forte adesão porque as empresas não estão considerando economicamente necessário. "Isso mostra a força da arrecadação", disse.
Outro fator foi o ingresso de R$ 6,3 bilhões em recursos do Pronampe, pago pelas empresas que haviam tomado o crédito, no mês de junho.
Pelo lado da despesa, Bittencourt destacou que a manutenção das regras fiscais tem sido importante para manter as despesas ordinárias, não relacionadas ao combate à pandemia de covid-19, em "nível de conforto" em relação aos limites de gastos.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags