PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

À espera de oferta, Buffarini diz não ter preferência entre Boca e River

Fora dos planos do técnico Dorival Júnior, o lateral direito Julio Buffarini não deve fazer parte do elenco do São Paulo no ano que vem. Insatisfeito com o tempo dentro de campo em 2017, o argentino se diz orgulhoso com o suposto interesse dos rivais Boca Juniors e River Plate em seu futebol. ?É difícil [?]

12:00 | 14/12/2017

Fora dos planos do técnico Dorival Júnior, o lateral direito Julio Buffarini não deve fazer parte do elenco do São Paulo no ano que vem. Insatisfeito com o tempo dentro de campo em 2017, o argentino se diz orgulhoso com o suposto interesse dos rivais Boca Juniors e River Plate em seu futebol.

?É difícil alijar-se por completo por todos os rumores, ainda mais com as redes sociais que te mandam informações constantemente. Para mim é um orgulho que estejam falando tanto de Boca e River, pela magnitude desses clubes?, afirmou Buffarini à TV argentina TyC Sports.

Recentemente, Daniel Angelici, presidente do Boca, e Guillermo Barros Schelotto, técnico, elogiaram publicamente o lateral. O River, por sua vez, aguarda a eleição presidencial de domingo para fazer uma proposta oficial pelo atleta. O certo é que Buffarini ficaria satisfeito em defender qualquer um dos dois clubes.

?Que jogador não fica tentado de jogar em um clube grande da Argentina? Mas não tenho preferência por nenhum dos dois, todos sabemos o que são Boca e River?, garantiu o lateral.

Aos 29 anos, Buffarini tem contrato com o São Paulo até 28 de julho de 2018. Chegou ao Morumbi no meio do ano passado a pedido de Edgardo Bauza, com quem foi campeão da Copa Libertadores de 2014 pelo San Lorenzo. No entanto, não rendeu o esperado com a camisa tricolor.

Neste ano, acumulou 21 partidas oficiais, contribuiu apenas com uma assistência e não marcou nenhum gol. Terminou a temporada como terceira opção na lateral direita, atrás dos improvisados Éder Militão e Araruna. Pouco acionado por Dorival, ele busca novos ares em 2018.

?Vou esperar e ver qual é a melhor opção para ambos. Creio que o São Paulo vai escutar a oferta porque ultimamente não tive muitos minutos como merecia, mas era uma decisão do técnico, que sempre respeitei?, disse Buffarini, que também interessa ao futebol mexicano.

?Meu representante comentou algo quando estive com ele em Buenos Aires há uns três dias. Disse que havia uma grande possiblidade de uma equipe do México. Eu disse a ele que, quando tiver algo concreto, quero ser o primeiro a ficar sabendo. Estou de férias há apenas uma semana, mas em breve acredito que teremos uma definição?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS