PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Valencia se espelha no Atlético de Madrid para buscar o título espanhol

O Valencia faz um início de temporada brilhante, muito acima de qualquer expectativa criada sobre o time. A vice-liderança e a invencibilidade no Campeonato Espanhol, após 12 rodadas disputadas, fazem com que se torne possível o sonho do título nacional, tão distante em função do soberania dos rivais Real Madrid e Barcelona. O único clube [?]

17:30 | 20/11/2017

O Valencia faz um início de temporada brilhante, muito acima de qualquer expectativa criada sobre o time. A vice-liderança e a invencibilidade no Campeonato Espanhol, após 12 rodadas disputadas, fazem com que se torne possível o sonho do título nacional, tão distante em função do soberania dos rivais Real Madrid e Barcelona. O único clube que incomodou e chegou a quebrar a hegemonia dos dois nos últimos anos foi o Atlético de Madrid, que serve como inspiração na busca do título que não é conquistado desde 2004.

Os colchoneros foram os únicos a levantarem o troféu de campeões espanhóis desde que o Valencia se sagrou hexa em 2004. Na temporada 2013-14, por sinal, os madrilenhos possuíam campanha muito semelhante à que os morcegos fazem neste ano. Após a rodada de número 12, o Atleti também ocupava a segunda colocação da tabela, com os mesmos 30 pontos ganhos. Porém, a diferença fica por conta do número de vitórias. Enquanto os rojiblancos alcançaram 10 vitórias e uma derrota, os valencianistas possuem nove triunfos e três empates.

O saldo de gols também é parelho. O Atlético de Madrid campeão em 2014 havia balançado as redes 30 vezes nos 12 primeiros jogos, sofrendo apenas oito. Los Che, por sua vez, já anotaram 32 gols, mas sofreram dois a mais, obtendo um gol a menos de saldo.

O time dirigido por Marcelino García Toral tem quatro pontos a menos que o líder Barcelona e seis a mais que os grandes de Madrid, empatados na terceira e na quarta posições. O duelo do próximo domingo será decisivo na disputa pela liderança. O Valencia recebe o Barça no Estádio Mestalla e, em caso de vitória, poderá diminuir a diferença para apenas um ponto.

 

Gazeta Esportiva

TAGS