PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Na volta de Ibra e Pogba, United goleia o Newcastle de virada

Neste sábado, o Manchester United goleou o Newcastle, de virada, por 4 a 1 e retomou a vice-liderança do Campeonato Inglês. Os tentos, porém, não foram a principal alegria dos torcedores do Red Devils, que viram Pogba retornar ao time após dois meses, Ibrahimovic aparecer entrar no segundo tempo depois de longo período lesionado, e [?]

16:30 | 18/11/2017

Neste sábado, o Manchester United goleou o Newcastle, de virada, por 4 a 1 e retomou a vice-liderança do Campeonato Inglês. Os tentos, porém, não foram a principal alegria dos torcedores do Red Devils, que viram Pogba retornar ao time após dois meses, Ibrahimovic aparecer entrar no segundo tempo depois de longo período lesionado, e Lukaku balançar as redes encerrando jejum de sete jogos.

A festa no Old Trafford, porém, não começou tranquila. Com o jogo truncado e sem chances de gol para nenhum dos lados, o Newcastle abriu o placar aos 11 minutos. Yedlen arrancou pela direita, Lendelof escorregou e Gayle apareceu livre para bater cruzado. A bola ainda tocou na trave e morreu nas redes de De Gea.

Após o tento dos visitantes, José Mourinho alterou o United taticamente do 4-2-3-1 para o 4-3-3, com o trio de frente formado por Martial, Lukaku e Rashford. Assim, o empate veio aos 36 minutos, quando Pogba fez ótima jogada pela direita e cruzou para Martial, que subiu mais que a marcação e cabeceou para o fundo do gol.

Com 46 jogados, veio a virada. Ashley Young cruzou bola na área e encontrou Smalling, que, na segunda trave, cabeceou firme e fez 2 a 1 para o United.

Se o triunfo já era celebrado pelos torcedores da casa no intervalo, a festa aumentou com os dois tentos do segundo tempo. Aos nove, Mata esticou para Lukaku, que cruzou na cabeça de Rashford. O inglês deu um toque consciente, ajeitando para Pogba, que só empurrou para as redes para deixar sua marca após dois meses se atuar.

Por fim, aos 31, Lukaku tabelou com Mata, saiu a cara de Elliot, teve tempo para pensar e estufou as redes do Newcastle para concretizar a goleada.

Gazeta Esportiva

TAGS