PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Marquinhos comenta recepção de Neymar em Paris: ?Ninguém é unânime?

O zagueiro Marquinhos, assim como todos os jogadores do Paris Saint-Germain, ganhou um reforço de peso no começo da temporada. Na contratação mais cara da história do futebol, o atacante Neymar chegou ao futebol francês e, apesar de contabilizar bons números, passou a dividir opiniões na Cidade Luz. Sobre as críticas e os rumores direcionados [?]

16:30 | 07/11/2017

O zagueiro Marquinhos, assim como todos os jogadores do Paris Saint-Germain, ganhou um reforço de peso no começo da temporada. Na contratação mais cara da história do futebol, o atacante Neymar chegou ao futebol francês e, apesar de contabilizar bons números, passou a dividir opiniões na Cidade Luz. Sobre as críticas e os rumores direcionados ao companheiro de clube e de Seleção Brasileira, Marquinhos fez questão de elogiar a qualidade do camisa 10.

Em coletiva de imprensa concedida após o treino do Brasil desta terça-feira, no estádio Parque dos Príncipes, casa do PSG, o defensor se disse impressionado com a forma com que Neymar chegou à equipe parisiense. Marquinhos ainda minimizou as críticas e ressaltou que nenhum jogador é capaz de agradar a todos.

?Pelo que ele vem fazendo dentro de campo, quem acha que ele não é o esperado está vendo um outro futebol. O Neymar é um jogador diferente, é uma estrela, é realmente um alvo de todos os outros jogadores, da imprensa, de torcedores. Assim como outros grandes jogadores não são unânimes, o Neymar também não é. Vai ter quem gosta e quem não gosta?, apontou Marquinhos.

Leia mais: Inglaterra tem mais três jogadores cortados antes de encarar o Brasil

Logo que chegou ao time vermelho e azul, Neymar acumulou, além de gols (11 em 12 partidas), alguns momentos não tão agradáveis. Em um dos primeiros jogos do Campeonato Francês, no dia 17 de setembro, contra o Lyon, o atacante se desentendeu com o uruguaio Edinson Cavani, ao disputar quem seria o responsável pelas cobranças de bola parada. O caso virou assunto da semana em toda a mídia mundial, mas foi prontamente minimizado pelos jogadores sul-americanos.

Em seguida, o camisa 10 foi expulso no clássico contra o Olympique de Marselha, no dia 22 de outubro. O episódio rendeu as principais críticas ao ex-santista, tanto por conta da atuação dele quanto por conta de seu temperamento. Já nas últimas semanas, foi noticiado que o principal astro brasileiro da atualidade estaria insatisfeito com o técnico Unai Emery. Os jornais da Europa chegaram a apontar, inclusive, que Neymar não havia se adaptado ao clima de Paris e que estaria com saudades de Barcelona, o que foi desmentido por Marquinhos.

?O importante é ter a personalidade que ele tem, sempre buscando ser importante para o time e para a Seleção. Buscamos o ajudar na sua adaptação. Creio que já está adaptado ao time, ao sistema, à cidade. Veio a Paris para somar, ajudar e buscar títulos. Um jogador de muita importância. Assim como eu e o Alisson, ninguém é unanime principalmente esses grandes jogadores, essas grandes estrelas?, acrescentou o zagueiro.

Marquinhos e Neymar, além de Thiago Silva e Daniel Alves, outros nomes do PSG, integram a lista de convocados para os dois últimos compromissos da Seleção no ano. Nesta sexta-feira, às 10h (de Brasília), a equipe verde e amarela encara o Japão, no estádio Pierre-Mauroy, em Lille. Já na próxima terça-feira, enfrenta a Inglaterra, às 18h, no estádio Wembley, em Londres.

Gazeta Esportiva

TAGS