PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Jogadores do Vitória exaltam dedicação e ponto fora de casa

Foi no sufoco e na raça que o Vitória conseguiu o empate por 1 a 1 com o Grêmio neste domingo, no Estádio Alfredo Jaconi. Com um a menos desde os 13 minutos do segundo tempo, a equipe baiana suportou a pressão do time da casa e conseguiu um ponto muito importante na briga contra [?]

19:15 | 12/11/2017

Foi no sufoco e na raça que o Vitória conseguiu o empate por 1 a 1 com o Grêmio neste domingo, no Estádio Alfredo Jaconi. Com um a menos desde os 13 minutos do segundo tempo, a equipe baiana suportou a pressão do time da casa e conseguiu um ponto muito importante na briga contra o rebaixamento. Na saída de campo, os jogadores exaltaram a dedicação e o esforço de todo o grupo para suportar as adversidades e conquistarem o ponto considerado fundamental.

Leia Mais: Grêmio tropeça no Vitória e Timão pode ser campeão na quarta

Fernando Miguel, grande nome do Vitória nos últimos jogos e responsável por muitas defesas durante a partida saiu de campo fazendo questão de elogiar a postura do time no sul do país. ?A realidade é que na nossa situação o necessário são os três pontos. Porém, quem viu o jogo percebeu que um ponto ficou de bom tamanho para todos pelas condições que nos foram impostas. Um jogador a menos quase meio tempo fez com que nosso time se superasse fisicamente e chegasse ao limite físico. De forma geral foi bom?, afirmou o goleiro.

O arqueiro, com passagens pelo futebol gaúcho, confirmou que jogou a partida contra o Grêmio no sacrifício e acredita ter agravado a lesão no decorrer dos 90 minutos. ?Estamos suportando até onde dá e hoje acho que a lesão abriu e agravou muito em relação ao que estava. Mas não tem o que fazer, pois nesse momento temos que ir além do limite e fazer o que estiver ao nosso alcance?, completou Fernando Miguel.

Quem também exaltou a dedicação do Vitória foi o autor do gol, Patric, que confirmou o esforço físico acima do esperado para conquistar um ponto. ?Suamos, tentamos fazer o possível para conseguir o melhor resultado possível. Entretanto, o empate acabou sendo o que deu nas condições desse jogo, com um a menos. Parabéns a todos pela dedicação, pois é isso que importa para ficar na Série A?, revelou o lateral.

Titular diante da ausência de Wallace, Bruno Bispo também tocou no ponto do empenho. ?Nosso grupo mostrou muita força. Agora é descansar e preparar para enfrentar a Chapecoense e conseguir um bom resultado?, disse o zagueiro das categorias de base.

Na próxima quinta-feira, às 20h (de Brasília), o time do Vitória viaja até Chapecó para enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá. A partida é um confronto direto para o time baiano e para os catarinenses, que lutam para evitar o descenso para a Série B.

Gazeta Esportiva

TAGS