PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Aranha vê expulsão como decisiva em derrota da Ponte no Maracanã

Em um duelo direto contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta acabou derrotada por 2 a 0 pelo Fluminense na tarde desta segunda-feira, no Estádio do Maracanã. Para o experiente goleiro Aranha, a expulsão do zagueiro Naldo foi decisiva para o revés no Rio de Janeiro. Ainda no primeiro tempo, após cometer duas [?]

18:30 | 20/11/2017

Em um duelo direto contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, a Ponte Preta acabou derrotada por 2 a 0 pelo Fluminense na tarde desta segunda-feira, no Estádio do Maracanã. Para o experiente goleiro Aranha, a expulsão do zagueiro Naldo foi decisiva para o revés no Rio de Janeiro.

Ainda no primeiro tempo, após cometer duas faltas consecutivas, o defensor recebeu o cartão vermelho das mãos do árbitro Anderson Daronco. Em inferioridade numérica, o time de Campinas sofreu gols de Douglas e Henrique Dourado durante a etapa complementar.

?É verdade, acaba pesando bastante?, disse Aranha ao Sportv sobre a expulsão. ?Jogamos contra uma equipe de muita qualidade, apesar de não viver um momento muito bom. Com um a menos, nos desgastamos mais e tivemos menos força para correr no contra-ataque. Então, acabou dificultando?, analisou.

Com 46 pontos ganhos, o Fluminense sobe para a 14ª colocação do Campeonato Brasileiro e garante presença na edição de 2018 da Série A. Já a Ponte Preta, ainda seriamente ameaçada pela degola, permanece com os mesmos 39 pontos, no 17º lugar.

Pela 37ª rodada do torneio nacional, às 17 horas (de Brasília) de domingo, a Ponte Preta encara um duelo de vida ou morte contra o Vitória, 16º com 40 pontos, no Moisés Lucarelli. ?A gente tem que fazer o nosso melhor e procurar vencer. Não há outra maneira?, simplificou Aranha.

Gazeta Esportiva

TAGS