PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Tite se diz identificado com seleções que concorrem por vaga na Copa

Como é do seu feitio, o técnico Tite tentou ser o mais político possível ao abordar a acirrada disputa pelas demais vagas sul-americanas na Copa do Mundo. A Seleção Brasileira já está classificada, com 38 pontos, e receberá nesta terça-feira o terceiro colocado Chile (26), que luta com o Uruguai (28 e com chances remotas [?]

08:45 | 10/10/2017

Como é do seu feitio, o técnico Tite tentou ser o mais político possível ao abordar a acirrada disputa pelas demais vagas sul-americanas na Copa do Mundo. A Seleção Brasileira já está classificada, com 38 pontos, e receberá nesta terça-feira o terceiro colocado Chile (26), que luta com o Uruguai (28 e com chances remotas de não ir ao Mundial da Rússia), a Colômbia (26), o Peru (25), a Argentina (25) e o Paraguai (24) na rodada derradeira.

?Agradeço por já estar classificado. Disse isso aos atletas. Imaginem o que todas as outras equipes não estão dormindo, com o peso da responsabilidade, sabendo o quanto o futebol mexe com a alma de cada país?, comentou Tite, fugindo da pergunta sobre como seria uma Copa do Mundo sem o astro argentino Lionel Messi. ?Vamos fazer o que é importante para nós, para a dignidade de uma equipe e de um povo, procurando crescer. Os outros colherão os frutos dos seus trabalhos.?

Também para não polemizar, Tite ainda distribuiu elogios a seleções que concorrem por vagas na Copa do Mundo. Disse ter uma grande identificação com a Argentina e o seu ?senso competitivo?. Também enalteceu o trabalho do técnico argentino José Pekerman, que comanda a Colômbia. ?Quando nos encontramos, desejei luz para nós, um bom trabalho. Ele disse: ?Para ti, não, que já está classificado?. Mas é para nós, sim. É um cara por quem tenho uma admiração especial?, sorriu.

O Chile também arrancou palavras carinhosas de Tite, que exaltou principalmente as conquistas das duas últimas Copas Américas por parte do adversário desta noite, no Palestra Itália. ?Vão se classificar aqueles que fizeram um grande trabalho nos 18 jogos das Eliminatórias, e não só agora. É o conjunto da obra. Há muitas histórias passadas de Chile, Colômbia e outras equipes que estão disputando. A bola dá, e a bola tira?, afirmou.

Tite também não criou controvérsia com a escalação do Brasil. O seu time só terá mudanças pontuais em relação àquele que empatou por 0 a 0 com a Bolívia, em La Paz ? o goleiro Ederson será observado no lugar de Alisson e o zagueiro Marquinhos retomará o posto ocupado por Thiago Silva, lesionado.

?Quantos atletas estão brigando para ser convocado ou virar titular? Temos que respeitar isso. Vocês acham que o Alex Sandro (atrás na disputa com os lesionados Marcelo e Filipe Luís) não quer mostrar que pode estar na convocatória final? Isso gera alma à equipe. Ela não olha para os outros. Olha para si própria, para o que pode crescer?, bradou Tite.

Gazeta Esportiva

TAGS