PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Paraná perde para o Oeste de virada e estaciona com 56 pontos

A torcida fez uma grande festa na Vila Capanema, mas o Paraná Clube perdeu uma invencibilidade de 10 jogos seguidos em casa ao perder por 2 a 1 para o Oeste, em mais um confronto direto na luta pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor estacionou nos 56 pontos, [%u2026]

22:30 | 31/10/2017

MATÉRIA DA AGÊNCIA GAZETA ESPORTIVA - GAZETA PRESS

 

A torcida fez uma grande festa na Vila Capanema, mas o Paraná Clube perdeu uma invencibilidade de 10 jogos seguidos em casa ao perder por 2 a 1 para o Oeste, em mais um confronto direto na luta pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor estacionou nos 56 pontos, na quarta colocação. O Rubrão segue muito vivo na briga, com 55 pontos, na quinta posição.

Depois de um primeiro tempo sofrível, Vinícius Kiss, aos 47 minutos, acertou um belo chute rasteiro, de fora da área, para abrir o placar. Depois do intervalo, aos 21 minutos, Gabriel Vasconcelos deixou tudo igual. O atacante decretou a virada, aos 41 minutos.

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Brasil de Pelotas, terça-feira, no estádio Bento Freitas, em Pelotas. Já o Oeste recebe no mesmo dia o Figueirense, na Arena Barueri.

O jogo – O jogo começou nervoso, com as equipes errando demais. Aos três minutos, Cristovam tentou o cruzamento rasteiro para o meio da área e Alemão pegou de canela, isolando a bola. Aos 10 minutos, Gabriel Vasconcelos partiu para a jogada individual, foi travado por Robson e ficou sem a bola.

O Tricolor tentou chegar em jogada de bola parada, aos 17 minutos, com Renatinho cobrando falta na entrada da área, por cima da meta. Aos 19 minutos, Mazinho fez o levantamento par ao meio da área e Robert subiu para testar pela linha de fundo. As equipes procuram espaço no campo, mas não conseguiam criar nenhuma situação real de gol.

O Paraná chegou bem, aos 33 minutos, com Alemão encontrando Renatinho entrando na área, mas o chute saiu mascado, para fora. O jogo seguia travado demais, feio, abaixo da expectativa do torcedor que lotava as arquibancadas. Aos 42 minutos, Gabriel Vasconcelos foi acionado em velocidade, mas não alcançou a bola, facilitando a recuperação da defesa paranista. Até que, aos 47 minutos, Vinícius Kiss arriscou um petardo de fora da área, rasteiro, e abriu a contagem na Vila.

Para a etapa final, o Rubrão voltou com Jheimy e Henrique nos lugares de Robert e Wilson Matias. Aos dois minutos, Gabriel Vasconcelos girou na área e chutou para ótima recuperação de Maidana, que se jogou na bola para salvar. A resposta veio com João Pedro, aos nove minutos, que abriu espaço no meio da defesa paulista e chutou por cima do gol, com perigo.

O Tricolor foi para cima e, aos 11 minutos, após troca de passes, a bola sobrou para Alemão chutar forte e parar em grande defesa de Rodolfo. Aos 17 minutos, Lidio pegou sobra de bola, arriscou o chute, mas errou o alvo. Aos 20 minutos, João Pedro cobrou escanteio e Brock desviou de cabeça para defesa de Rodolfo. Mas, aos 21 minutos, a zaga paranista cochilou e Gabriel Vasconcelos recebeu com liberdade na área e tocou para a rede, deixando tudo igual.

A torcida seguia empurrando, mas o Paraná sentiu o gol. Aos 28 minutos, Mazinho chutou no meio da confusão na área, mas o árbitro parou o lance para marcar impedimento. Aos 32 minutos, Lidio soltou o pé, Jheimy se esticou no caminho e quase empurrou para a rede. Vitor Feijão, que havia acabado de entrar, recebeu pela direita, levantou a cabeça, mas cruzou fraco demais. Porém, aos 41 minutos, Gabriel Vasconcelos recebeu na frente do gol e não desperdiçou para decretar a virada e colocar o Oeste de novo na luta.

PARANÁ 1 X 2 OESTE

Local: estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)

Data: 31 de outubro de 2017, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez (PE)

Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Marcelino Castro de Nazaré (PE)

Cartões amarelos : Alemão e Brock (Paraná); Robert, Leandro Amaro (Oeste)

Gols

PARANÁ: Vinicius Kiss, aos 47 minutos do primeiro tempo

OESTE: Gabriel Vasconcelos, aos 21 minutos e aos 41 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Richard; Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Gabriel Dias, Vinicius Kiss e Renatinho (Giovanny); João Pedro, Robson (Vitor Feijão) e Alemão (Felipe Alves)

Técnico: Matheus Costa

OESTE: Rodolfo; Daniel Borges, André Vinicius, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Wilson Mathias (Henrique), Betinho, Lidio e Mazinho; Gabriel Vasconcelos e Robert (Jheimy)

Técnico: Roberto Cavalo


Gazeta Esportiva

TAGS