PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Paraná bate o Vila Nova e dá grande passo rumo ao acesso

Em um jogo com cara de decisão, o Paraná Clube deu um grande passo rumo à série A do Campeonato Brasileiro ao bater o Vila Nova por 1 a 0, na Vila Capanema, e consolidar sua posição do G4 da Série B diante de um adversário direto. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 56 [?]

22:30 | 24/10/2017

Em um jogo com cara de decisão, o Paraná Clube deu um grande passo rumo à série A do Campeonato Brasileiro ao bater o Vila Nova por 1 a 0, na Vila Capanema, e consolidar sua posição do G4 da Série B diante de um adversário direto. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 56 pontos, na segunda colocação. Já os goianos, com 51 pontos, seguem na quinta posição.

Depois de uma primeira etapa muita equilibrada, mas sem bola na rede, Felipe Alves, aos 30 minutos do segundo tempo, pegou sobra de bola e teve tranquilidade para marcar o gol que garantiu três pontos importantes para a equipe paranista.

Na próxima rodada, o Paraná Clube encara o Oeste, terça-feira, novamente na Vila Capanema, em Curitiba. Já o Vila Nova terá pela frente o Paysandu, na sexta-feira, 03 de novembro, no Mangueirão, em Belém.

O jogo ? Empurrado pelo torcedor, o Tricolor começou a partida tentando impor seu ritmo, mas encontrava pela frente uma forte marcação e não conseguia finalizar. Aos oito minutos, Alan Mineiro cobrou falta fechada na para, e a zaga paranista afastou. Na resposta, aos 11 minutos, também de bola parada, João Pedro cobrou direto, na lateral da área, mas pela linha de fundo.

O time goiano tentava aproveitar os espaços para contra-atacar. Aos 15 minutos, Alípio arriscou o chute e carimbou Maidana no meio do caminho. O primeiro chute a gol para valer do Paraná aconteceu apenas aos 16 minutos, com Gabriel Dias batendo de longe e obrigando Luis Carlos a defender em dois tempos. Aos 22 minutos, Renatinho fez a tentativa de finalização e também parou no goleiro.

O jogo era equilibrado e, aos 25 minutos, Alan Mineiro recebeu na entrada da área, abriu espaço e mandou um petardo para grande defesa de Richard. Ataque em velocidade, aos 31 minutos, com Feijão, que serviu Vinícius Kiss para o chute cruzado para ganhar escanteio. Após levantamento, Eduardo Brock testou por cima da meta. Aos 40 minutos, Alípio tentou o tiro com efeito e a bola passou perto do poste.

Para a etapa final, as duas equipes retornaram sem mudanças. Aos quatro minutos, Igor fez o levantamento na área, mas Alemão e Feijão não alcançaram a bola. Pressão paranista, aos sete minutos e duas vezes Luis Carlos deixou a meta para evitar finalização do ataque. Jogada ensaiada do ataque do Tricolor, aos 12 minutos, com Maidana ajeitando para Brock isolar.

O Paraná tinha mais posse de bola e maior ação, mas o sistema ofensivo não estava em uma de suas melhores noites. A tentativa do técnico Matheus Costa então foi colocar em campo Giovanny e Felipe Alves. A torcida seguia empurrando, acreditando, até que, aos 30 minutos, Felipe Alves pegou sobra de bola na área e tocou na saída de Luis Carlos para marcar. Aos 35 minutos, Wallyson tocou de cabeça, de cobertura, e Richard se recuperou para desviar. Aos 43mintuos, Bruno desviou de Richard, mas a bola saiu. O Vila ensaiou uma reação, mas a defesa paranista conseguiu se comportar bem e segurar.

PARANÁ 1 X 0 VILA NOVA

Local: estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)

Data: 24 de outubro de 2017, terça-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Cartões amarelos : Felipe Alves (Paraná); Alípio, Gastón e Maguinho (Vila Nova)

Gols

PARANÁ: Felipe Alves, aos 30 minutos do segundo tempo

PARANÁ: Richard; Cristovam, Eduardo Brock, Iago Maidana e Igor; Gabriel Dias, Vinícius Kiss e João Pedro e Renatinho; Vitor Feijão (Giovanny) e Alemão (Felipe Alves) (Luiz Otávio).

Técnico: Matheus Costa

VILA NOVA: Luis Carlos; Maguinho, Wesley Matos, Bruno Prado e Gastón Filgueira; Geovane, PH (Tiago Adan) e Alan Mineiro (Wallyson); Alípio, Lourency e Mateus Anderson (Fagner)

Técnico: Hemerson Maria

Gazeta Esportiva

TAGS