Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Neymar irá receber quantia milionária do PSG caso ganhe a Bola de Ouro

08:45 | Out. 17, 2017
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

[FOTO1] Contratação mais cara da história do futebol mundial, Neymar pode ter mais um motivo para querer conquistar pela primeira vez a Bola de Ouro, premiação oferecida ao melhor jogador do ano. Caso o brasileiro seja o vencedor, o Paris Saint-Germain está disposto a desembolsar 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) como forma de contribuição ao ótimo desempenho do atacante no clube parisiense.

Segundo o Jornal “Le Parisien”, Neymar receberá essa quantia a cada vez que conseguir o feito durante os cinco anos de contrato que tem com a equipe francesa. No entanto, a quantia so será válida para o prêmio “Bola de Ouro”, da Revista France Football, e não tem nenhuma relação com o prêmio “The Best”, onde o brasileiro já está indicado entre os três melhores atletas, ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo.

A ideia da diretoria do clube francês é incentivar ainda mais o brasileiro a alcançar a tão sonhada premiação. Para os dirigentes, o dinheiro que será dado a Neymar não irá interferir nas finanças do time, já que caso seja eleito, o craque vai ter ótimas apresentações e ter conquistado torneios importantes como o Campeonato Francês e/ou a Liga dos Campeões.

Depois de sua saída conturbada do Barcelona, Neymar confirmou sua ida para o Paris Saint-Germain e que um de seus principais objetivos é ganhar prêmios individuais, como a “Bola de Ouro”. O último brasileiro a conquistar uma premiação individual de tamanho nível foi o meia Kaká, quando teve excelentes números pelo Milan na temporada 2006/2007.

Apesar do ótimo início de temporada com gols e assumindo o papel de protagonista do PSG, o grande favorito para conquistar tanto a “Bola de Ouro” como o prêmio “The Best” é o português Cristiano Ronaldo, que além de ser campeão espanhol conquistou a Liga dos Campeões com o Real Madrid.

 


Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasil perde para Holanda no judô por equipes mistas e vai para repescagem em Tóquio 2020

No tatame
2021-07-31 02:15:11
Autor Wanderson Trindade
Foto do autor
Wanderson Trindade Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil perdeu nas quartas de final do judô por equipes mistas em Tóquio 2020. A derrota veio após confronto contra a Holanda. Nessa modalidade, os times de cada país são formados por homens e mulheres de diferentes pesos. Mesmo com a derrota, os brasileiros ainda disputarão a medalha de bronze na repescagem.

O placar foi de 5 vitórias para os holandeses contra 2 triunfos dos brasileiros.

A equipe brasileira é formada pelos atletas:

- Larissa Pimenta (-57 Kg)
- Daniel Cargnin (-73 Kg)
- Maria Portela (-70 Kg)
- Rafael Macedo (-90 Kg)
- Mayra Aguiar (+70 Kg)
- Rafael Silva (+90 Kg)

 

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS

 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Horóscopo do dia (31/07): previsão do seu signo para hoje, sábado

Signos hoje
2021-07-31 02:00:00
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Confira a previsão do horóscopo para seu signo hoje, sábado, 31 de julho (31/07). Veja abaixo as dicas para cada posição do Zodíaco para o signo solar. O destaque astral é a tensão envolvendo Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Áries (21 de março a 20 de abril)

Procure exercitar a economia criativa agora. As finanças podem pedir senso crítico para evitar investimentos de risco e prejuízos por conta do uso indiscriminado de recursos, como aponta o encontro Lua-Urano e os aspectos tensos de ambos com Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Touro (21 de abril a 20 de maio)

É preciso ter calma, mas busque vivenciar situações novas, beneficiadas no trígono Lua-Vênus. Lua e Urano conjuntos podem destacar fase de mudanças que podem ser positivas se você souber neutralizar o medo de perder o controle da sua vida, como alerta a tensão da dupla com Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Gêmeos (21 de maio a 20 de junho)

O trígono Lua-Vênus pode pedir que você se cerque de conforto e apoio emocional para ter paz interior. A conjunção Lua-Urano no setor de crise e a tensão dessa dupla com Sol, Mercúrio e Saturno alertam sobre o lado prejudicial de especular sobre os problemas, sobretudo se não há soluções imediatas.

Horóscopo de hoje para Câncer (21 de junho a 22 de julho)

Procure não correr riscos, valorizando o meio virtual. O contato com as pessoas queridas pode lhe propiciar prazer, já que Lua e Urano conjuntos no setor de amizades se harmonizam a Vênus. Tente ter cuidado com a saúde e as finanças, devido à pandemia e à tensão envolvendo Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Leão (23 de julho a 22 de agosto)

Busque praticar sua capacidade de se adaptar, pois isso faz diferença frente às mudanças, como aponta o trígono Lua-Vênus. Transformações no âmbito profissional podem afetar suas ideias, considerando o encontro da Lua com Urano no setor do trabalho e os aspectos tensos com o Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Virgem (23 de agosto a 22 de setembro)

É preciso valorizar as conquistas, pois elas resgatam a autoconfiança, como indica o trígono Lua-Vênus. Com Lua e Urano conjuntos na área espiritual e tensionados a Sol, Mercúrio e Saturno, o inconsciente tende a aflorar e pode trazer à tona frustrações do passado, afetando a relação com o presente.

Horóscopo de hoje para Libra (23 de setembro a 22 de outubro)

Tente se cercar de situações aprazíveis, que elevem a autoestima, como aponta o trígono Lua-Vênus, a fim de resgatar o otimismo. É normal se sentir frágil diante dos obstáculos, mas busque não deixar que inseguranças ganhem espaço, como alerta a tensão de Lua e Urano com Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Escorpião (23 de outubro a 21 de novembro)

Procure flexibilizar a postura, exercitar a gentileza e demonstrar confiança nas pessoas, como sinaliza o trígono entre Lua e Vênus. Lua e Urano conjuntos no setor de relacionamentos formam ângulos tensos com Sol, Mercúrio e Saturno, destacando fase de potenciais desafios para o rumo das parcerias.

Horóscopo de hoje para Sagitário (22 de novembro a 21 de dezembro)

Busque conciliar responsabilidades e prazeres, devido ao trígono Lua-Vênus. A relação com o dia a dia tende a se mostrar instável, pois Lua e Urano se encontram no setor das rotinas e se aspectam de modo tenso com Sol, Mercúrio e Saturno, apontando situações que pedem demasiadamente do raciocínio.

Horóscopo de hoje para Capricórnio (22 de dezembro a 20 de janeiro)

Dada a harmonia Lua-Vênus, busque ser prudente, optando por prazeres em casa ou com nas redes sociais. Os trânsitos conjuntos de Lua e Urano no setor social encontram-se tensionados aos de Sol, Mercúrio e Saturno, não recomendando ações atividades que lhe afastem do cotidiano, sobretudo agora.

Horóscopo de hoje para Aquário (21 de janeiro a 18 de fevereiro)

Se os desafios estão prejudicando o convívio, tente resgatar as afinidades, como aponta o trígono Lua-Vênus. O sentimento de inadequação com o entorno pode lhe acompanhar ao longo do dia, já que Lua e Urano se encontram no setor familiar e formam aspectos tensos com Sol, Mercúrio e Saturno.

Horóscopo de hoje para Peixes (19 de fevereiro a 20 de março)

Estar com as pessoas certas tende a lhe ajudar a colocar a cabeça em ordem, por isso procure se cercar de seus afetos, como sugere o trígono Lua-Vênus. Dramas pessoais tendem a se fazer presentes, pois Lua e Urano se unem no setor das ideias e formam aspectos tensos com Sol, Mercúrio e Saturno.

Informações de horóscopo fornecidas por Personare

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasil fecha adestramento em 11º no hipismo CCE em Tóquio 2020

Jogos olímpicos
2021-07-31 01:37:00
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O cavaleiro Carlos Parro, montando Goliath, fechou a participação nacional no adestramento do hipismo Concurso Completo de Equitação (CCE) na Olimpíada de Tóquio (Japão). Na noite desta sexta-feira (30), no Parque Equestre, o brasileiro ficou com -36,10 pontos, 63,9% de aproveitamento.

No final dessa etapa, o Brasil encontra-se em 11º lugar com -103 pontos, computando também os resultados de Marcelo Tosi e Genfly, -39,10 pontos, 38,5%, e do conjunto Rafael Losano com Fuiloda G, -36 pontos.

A Grã Bretanha lidera com -78,30 pontos, seguida pela Alemanha (-80,40 pontos) e Nova Zelândia (-86,40 pontos), entre um total de 15 países.

A 2ª fase do Concurso Completo começa com o cross-country, nesse sábado (31), a partir das 19h45 (horário de Brasília), com 63 participantes. Na segunda-feira (2) acontece a prova de salto final por equipes e no individual, a partir das 5h, com 25 participantes.

 

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Seleção de rugby derrota Japão no adeus aos Jogos de Tóquio

Esportes
2021-07-31 01:22:30
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A seleção feminina de rugby de 7 encerrou, na última sexta-feira (30) no Estádio de Tóquio, a participação na Olimpíada de Tóquio (Japão) com uma vitória de 21 a 12 sobre o Japão.

Com este resultado, as Yaras (como a seleção brasileira é conhecida) ficaram com a 11ª posição na classificação final do evento.

A vitória brasileira foi construída com tryes (que valem cinco pontos cada) de Marina Fioravanti, Bianca Silva e Raquel Kochhann, além de duas conversões (valendo dois pontos cada uma) de Isadora Cerullo e Raquel Kochann.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Thiago Braz garante vaga na final do salto com vara em Tóquio

Esportes
2021-07-31 00:55:57
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O campeão olímpico no salto com vara Thiago Braz segue vivo na briga pelo bicampeonato. O brasileiro alcançou a marca de 5,75 metros (m) na noite desta sexta-feira (30) no Estádio Olímpico e se garantiu na final da prova na Olimpíada de Tóquio (Japão).