PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Miranda diz não temer expulsão na última rodada das Eliminatórias

O zagueiro Miranda não irá se poupar nas divididas com a seleção do Chile na noite de terça-feira, no Palestra Itália. Ainda que uma eventual expulsão custe a sua presença no primeiro jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia ? haverá suspensão para quem receber cartão vermelho na rodada derradeira das Eliminatórias. [?]

08:15 | 09/10/2017

O zagueiro Miranda não irá se poupar nas divididas com a seleção do Chile na noite de terça-feira, no Palestra Itália. Ainda que uma eventual expulsão custe a sua presença no primeiro jogo da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia ? haverá suspensão para quem receber cartão vermelho na rodada derradeira das Eliminatórias.

?Independentemente da circunstância do jogo, se tiver que fazer uma falta para a Seleção vencer, vou fazer. A gente não pode levar essa suspensão em consideração porque, quando se joga para vencer, a determinação é igual. Depois do jogo, você pensa em quem está ou não suspenso. O mais importante é ganhar?, comentou Miranda.

A vitória, no entanto, não é tão importante assim para a Seleção Brasileira, que já está com o primeiro lugar das Eliminatórias sul-americanas assegurado, com 38 pontos. O Chile soma 26, no terceiro lugar, e ainda corre o risco de não ir à Copa do Mundo, assim como o Uruguai (com chances remotas de não se classificar), a Colômbia, o Peru, a Argentina e o Paraguai.

?Se o Chile está nessa situação, não foi por culpa nossa. A nossa obrigação é jogar futebol e vencer. Tivemos momentos ruins, e ninguém nos deu nada. Tudo o que conquistamos foi por méritos nossos. Se o Chile conquistar a vaga, também será por méritos próprios?, avisou Miranda.

O raciocínio do zagueiro da Inter de Milão também vale para o astro argentino Lionel Messi. ?Não me preocupa a possibilidade de ele não ir à Copa. O nosso foco é a Seleção Brasileira, independentemente de quem vai ou não se classificar. Isso não nos diz respeito. É natural que a Copa perca um pouco do encanto sem o Messi, mas cada um deve pensar na sua situação?, insistiu.

Miranda ainda lembrou que o compromisso diante dos chilenos vale para os jogadores brasileiros mostrarem serviço ao técnico Tite, já fazendo observações para o Mundial de 2018. ?O atleta da Seleção Brasileira tem obrigação de demonstrar a cada jogo que merece vestir essa camisa. Queremos jogar bem e vencer, até porque a Copa está aí e devemos aproveitar cada jogo?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS