PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Gedoz lamenta derrota e Fabiano diz que Galo não quis jogar

O Atlético Paranaense tropeçou em um duelo direto na busca por um lugar no G6 e perdeu para o Atlético Mineiro, em plena Arena da Baixada, se complicando na tabela do Campeonato Brasileiro. O meia Felipe Gedoz, que entrou na segunda etapa, acredita que o resultado não foi justo pelo volume de jogo, mas já [?]

21:45 | 01/10/2017

O Atlético Paranaense tropeçou em um duelo direto na busca por um lugar no G6 e perdeu para o Atlético Mineiro, em plena Arena da Baixada, se complicando na tabela do Campeonato Brasileiro. O meia Felipe Gedoz, que entrou na segunda etapa, acredita que o resultado não foi justo pelo volume de jogo, mas já tenta pensar no próximo desafio, o Atlético Goianiense, depois da pausa na competição.

?Ninguém gosta de perder. A equipe deles teve só uma bola no primeiro tempo, que o Robinho finalizou bem. Mas, acontece. Futebol é dinâmico. Hoje a gente perdeu, mas vamos trabalhar durante a semana e brigar pelos três pontos?, disse o jogador, que ponderou sobre ter perdido a vaga de titular, mesmo em uma boa fase. ?Eu estava bem, mas não tem o que reclamar. Tem que dar continuidade ao trabalho. Tem muitos jogos. Não tem que ficar bravo por ir para o banco?, completou.

Para o técnico Fabiano Soares o jogo foi ruim, especialmente, por sua análise, pela postura defensiva do adversário, que achou o gol em duas falhas rubro-negras. ?Não estivemos vivos para criar mais ocasiões e os próprios gols do Atlético Mineiro foram mais demérito nosso do que mérito deles. O jogo foi mais 0 a 0. O Atlético Mineiro fazendo o antijogo e nós tentando sem clareza. E as que tivemos o goleiro parou. Não foi um jogo fluido porque a outra equipe não quis jogar?, avaliou.

O treinador ainda falou sobre a situação de Gedoz, que foi sacado do time e, após pedidos da torcida, entrou no intervalo. ?O Gedoz na aguenta jogar 90 minutos e preferi colocar na segunda parte. Ele jogou dois jogos e pediu mudança. Então, por estratégia, optei por colocar na segunda parte?, explicou.

Fabiano admitiu que o time faz uma campanha irregular, especialmente em casa, mas prefere arrumar o grupo internamente. ?Isso vem acontecendo por circunstâncias que, claro, publicamente não vou falar. Temos também problemas físicos, jogadores importantes e não conseguimos repetir as escalações. Os outros motivos, tenho que dizer em privado para corrigir ou solucionar. Problemas em bola parada, problemas de desatenção, sermos mais competitivos?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS