select ds_midia_link from midia where cd_midia = limit 1
Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Foto mostra Neymar vestindo camisa do Palmeiras

Pouco tempo depois de afirmar ter sido torcedor do Palmeiras durante a infância, uma foto postada nas redes sociais mostra o craque da Seleção Brasileira vestindo a camisa do clube paulista por baixo da polo do Brasil, ficando visível o patrocinador e a marca de material esportivo do time, além da gola verde. Existe também [?]
19:30 | Out. 07, 2017
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Pouco tempo depois de afirmar ter sido torcedor do Palmeiras durante a infância, uma foto postada nas redes sociais mostra o craque da Seleção Brasileira vestindo a camisa do clube paulista por baixo da polo do Brasil, ficando visível o patrocinador e a marca de material esportivo do time, além da gola verde. Existe também outra fotografia que mostra a repartição utilizada por Neymar dentro do vestiário do CT do São Paulo com a camisa do Verdão pendurada.

Apesar de vestir o uniforme do Palmeiras após o treino, o camisa 10 da Seleção Brasileira não utilizou a camisa durante a atividade deste sábado. As imagens postadas nas redes sociais de Felipe Pirollo, cinegrafista do São Paulo, e Bruno Diip, meia das categorias de base do Tricolor, mostra Neymar com a gola verde debaixo da camisa polo Seleção Brasileira.

Em uma outra foto publicada pelo meia do São Paulo, a camisa do Palmeiras pode ser observada dentro da divisória que possuí o nome do craque dentro do vestiário.

Já classificada para a Copa do Mundo, a equipe comandada por Tite se prepara para o duelo contra o Chile, que acontece às 20h30 (de Brasília), da próxima terça-feira. O confronto válido pela última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas ocorre justamente na casa do Palmeiras, o estádio Palestra Itália.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Silvio Santos critica ida de Faustão à Band: "Coitado"

TV
2021-08-02 10:35:00
Autor
Tipo Noticia

Silvio Santos está de volta em seu programa de auditório no SBT. Após período de afastamento, devido a pandemia de Covid-19, o apresentador retornou à TV neste domingo, 1º de agosto. No programa, ele comentou sobre a saída de Fausto Silva da Globo e criticou a mudança de emissora.

O comunicador começou falando com as bailarinas que quatro delas seriam despachadas e deveriam ir atrás do "Domingão", mas lembrou que o programa foi descontinuado. “Não tem mais o Faustão, vocês vão pro Raul Gil. Não, o Raul Gil está velho”, disse.

Leia também | Selton Mello volta às novelas em produção inédita da TV Globo

O apresentador continuou criticando a mudança de emissora. “O Faustão vai pra Bandeirantes? Vai fazer o que na Bandeirantes? Vai mesmo? Coitado. A Bandeirantes é uma boa empresa, mas o Faustão lá? Duvido. Porque deve ter uma porção de gente lá que faz igual ao Faustão”, afirmou.

Silvio questionou ao assistente de palco, Liminha, que iria assumir o lugar de Fausto. Após o fim da Super Dança dos Famosos, Luciano Huck assumirá as tardes de domingo. “O Huck? O marido daquela moça bonita? Aquela moça bonita não era uma que trabalhava aqui? Ah, a Angélica!”, disse Silvio.

Leia também | Por menos de R$ 55,90: conheça planos de outros streamings além da Netflix

O dono do SBT ainda revelou que a filha, Patrícia Abravanel, está orando para que Eliana seja a substituta de Luciano Huck nas tardes de sábado, para que a herdeira possa assumir o programa no SBT. “A Eliana vai ficar no lugar do Huck porque todas orações da minha filha são para que a Eliana vá pra Globo e a Patrícia, né, fique no lugar da Eliana. Meu Deus do céu. Se a reza for braba… capaz de acontecer tudo isso mesmo”, comentou.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

MJ autoriza retorno gradual de visitas presenciais a presos

Geral
2021-08-02 10:23:19
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJ) publicou, no Diário Oficial da União de hoje (2), portaria que autoriza o retorno gradual das visitas presenciais de cônjuges, companheiros e parentes a presos custodiados em penitenciárias federais. De acordo com a Portaria nº14, estão mantidas as visitas virtuais para atendimentos de advogados, por intermédio da Defensoria Pública da União.

O retorno, segundo a portaria, será gradual. Cada preso terá direito a uma visita presencial mensal “em parlatório e com duração de uma hora”, sendo permitida a entrada de um adulto, podendo estar acompanhado de uma criança ou adolescente.

Para prevenir contaminações por covid-19, só será permitida a visita de pessoas que comprovem ter recebido as duas doses da vacina, ou a vacina de dose única, há mais de 14 dias. A apresentação do cartão de vacinação original pelo visitante é obrigatória no dia da visita. A aferição de temperatura e de sintomas gripais também será obrigatória aos visitantes.

Já os atendimentos de advogados continuam limitados a quatro agendamentos por dia, com duração de 30 minutos, sem prejuízo dos casos urgentes. A portaria autoriza atividades de educação e de assistência religiosa aos presos custodiados.

As escoltas de presos continuam suspensas “exceto quando se tratar de escoltas requisitadas judicialmente, inclusões emergenciais e daquelas que, por sua natureza, precisem ser realizadas em atendimento ao interesse público”.

Por fim, a portaria informa que as penitenciárias federais deverão observar o procedimento operacional padrão de medidas de controle e prevenção do novo coronavírus do sistema penitenciário federal, de modo a reforçar a frequência da higienização dos locais destinados aos atendimentos e às visitas, bem como o uso obrigatório de máscara.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Confiança empresarial aumenta 3,1 pontos em julho, diz FGV

Economia
2021-08-02 10:23:10
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pela quarta vez consecutiva o Índice de Confiança Empresarial (ICE) medido pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV-Ibre) registrou alta. Dessa vez foi de 3,1 pontos em julho e atingiu 101,9 pontos. O índice varia de zero a 200 e, acima de 100 pontos, indica confiança.

De acordo com o Ibre, trata-se do maior nível desde junho de 2013. O Índice de Confiança Empresarial (ICE) consolida os quatro índices de confiança dos setores cobertos pelas Sondagens Empresariais produzidas pela FGV IBRE, que são o da Indústria, de Serviços, do Comércio e da Construção (imagem em destaque).

O superintendente de Estatísticas do FGV-Ibre, Aloisio Campelo Jr., informou que o ICE rompeu em julho a barreira de neutralidade dos 100 pontos com alta de confiança nos quatro principais setores pesquisados. O coordenador ponderou, no entanto, que apesar do número agregado favorável, percebe-se ainda bastante heterogeneidade nos resultados.

“No Setor de Serviços, a percepção sobre a situação atual continua fraca e a boa notícia é o retorno do otimismo em relação aos próximos meses em segmentos como Alojamento e Alimentação, dois dos que vêm sofrendo mais, durante a pandemia [de covid-19]. A confiança do Comércio ultrapassou os 100 pontos com avaliações muito favoráveis sobre o presente em segmentos como Materiais de Construção e Veículos, Motos, Partes e Peças e mais fracas nos Super e Hipermercados. A Indústria, setor com desempenho mais consistente nos últimos meses, continua enfrentando problemas no abastecimento de importantes insumos”, disse.

Houve avanço ainda nos indicadores componentes nos dois horizontes de tempo. O destaque ficou com o índice que reflete expectativas em relação ao futuro próximo. O Índice de Situação Atual Empresarial (ISA-E) cresceu 1,6 ponto, alcançando 99,7 pontos, o nível mais alto desde outubro de 2013. Já o Índice de Expectativas (IE-E) avançou 3 pontos, chegando a 103,9 pontos, o maior nível desde junho de 2013.

De acordo com o Ibre, com destaque para a melhora das expectativas de curto prazo, todos os grandes setores que integram o ICE registraram elevação no mês. Esta é também a primeira vez em que todos os setores registram índices superiores aos do período pré-pandemia, algo até então alcançado somente pela Indústria.

Disseminação

O resultado de julho mostrou ainda que a confiança empresarial subiu em 73% dos 49 segmentos integrantes do ICE. Isso significa um recuo da disseminação frente aos 82% do mês passado. Segundo o IBRE, apenas a Indústria em disseminação de alta da confiança, inferior a 50%, , entre os grandes setores.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

FGV: inflação pelo IPC-S acumula alta de 8,76% em 12 meses

Economia
2021-08-02 10:23:05
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,92% na quarta quadrissemana de julho, acumulando alta de 8,76% nos últimos 12 meses. Os dados foram divulgados hoje (2), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre).

Houve aumento em quatro das oito classes de despesa que compõem o índice, com destaque para o grupo Habitação, que passou de 1,77% na apuração anterior para 2,09%. Segundo a pesquisa, a tarifa de eletricidade residencial puxou a alta, passando de 6,28% para 7,80%.

Os outros grupos que registraram alta nas taxas de variação foram Transportes, que passou de 0,74% para 0,85%, com a gasolina indo de 1,47% para 1,85%; Alimentação (de 0,70% para 0,78%, com as hortaliças e legumes passando de -3,94% para -0,17%; e Saúde e Cuidados Pessoais (-0,06% na apuração anterior para 0,00%, dentro do qual artigos de higiene e cuidado pessoal foram de 0,96% para 1,22%).

Queda

Paralelamente, houve queda nas taxas de variação nos grupos Educação, Leitura e Recreação (2,37% para 1,42%); Vestuário (0,20% para 0,08%), com as roupas masculinas passando de 0,76% para 0,31%; Comunicação (0,00% para -0,09%), onde as mensalidade para TV por assinatura foram de -0,16% para -0,38%; e Despesas Diversas (0,05% para 0,02% - a tarifa postal passou de 0,75% para 0,00%).

A análise destaca também a queda na variação das passagens aéreas, que foram de 22,46% para 13,11%.

O IPC-S apura a média dos preços coletados nas quatro últimas semanas até a data de fechamento do índice. O divulgado hoje (2) apurou os preços até o dia 31 de julho, tendo como base de comparação os preços levantados em quatro semanas até o dia 22.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Novo depoimento sobre morte de MC Kevin revolta pais do funkeiro: "Tudo falso"

reviravolta
2021-08-02 10:03:17
Autor
Tipo Noticia

No "Domingo Espetacular", da Record TV, transmitido em 1º de agosto, foi apresentado novo depoimento sobre a morte do MC Kevin. Uma testemunha revelou que o funkeiro pediu ajuda antes de cair, mas não foi socorrido pelos amigos, e que eles também teriam sido responsáveis por incentivar o cantor a "mudar de andar".

No programa, Fernando Dimmy Jr, cantor português de 31 anos, contou ter se hospedado num hotel em frente ao local onde Kevin e seus amigos estavam e afirmou ter presenciado a confusão que causou a morte do funkeiro. Segundo o português, MC VK ouviu pedidos de socorro de Kevin quando ainda estava pendurado no parapeito. Porém, não agiu para ajudar e o cantor acabou caindo e falecendo em seguida.

Leia mais | Álbum póstumo de MC Kevin atinge um milhão de streams no Spotify

"Ele gritou mesmo, que deu para ouvir onde eu estava. Ele disse "me ajuda, me ajuda!". Então, mesmo assim, o VK parece que estava a incentivar ele para ir para o andar de baixo ou largar. Depois de ter gritado e não ter conseguido ficar apoiado no parapeito da varanda, ele já quando estava a cair, ele [VK] antes deu um chute, como se fosse um chute no parapeito. Ele [Kevin] foi se distanciando um pouco do edifício. Foi aí quando eu dei conta daquilo que estava acontecer, que ele estava realmente a cair, que ninguém estava a ajudar. Eu fui pegar meu celular para ver se dava para apanhar uma parte em que assim eu podia muito bem fazer a publicação disso sem ter de me expor. Então, foi quando eu peguei o celular, foi muito tarde. Nós ouvimos um pequeno estrondo como se fosse um 'puff", disse o cantor.

Os pais de Kevin, Agnaldo Bueno e Valquíria Nascimento, se pronunciaram após o novo depoimento. "Meu filho jamais teria pulado se não fosse incentivado! Que a Justiça de Deus seja feita!", disse o pai. A mãe criticou diretamente a garota de programa, Beatriz Dominguez, e MC KV e Jhonatas, que foram citados pela nova testemunha como envolvidos na morte do funkeiro, devido os depoimentos mentirosos à polícia.

Leia também | MC Kevin ostentava vida de luxo, mas tinha dívidas até com conta de luz

"Meu filho foi uma vítima. Ele aí era o único de coração puro. O resto tudo falso, mentirosos, mas Deus tudo vê e a Justiça vai ser feita. Mataram ele, judas desgraçados, malditos. Nada vai trazer ele de volta, mas isso não vai ficar [para] à Justiça de Deus, tá? Aí, eu perdi meu filho por muitas pessoas malditas. Tá todo mundo mentindo, isso sim. Um joga pro outro e, na verdade, é tudo culpado. Desgraçados, agora eu vou atrás de cada. Ninguém vai ter paz. Ninguém, malditos", declarou a mãe.

"Eu não tenho paz [e] agora vocês não vão mais ter paz também. Vou atrás de vocês tudo, pode esperar. Certeza, malditos, isso não vai ficar assim, não. E eu aqui a besta não vendo nada, pois agora eu vi e eu vou até o inferno atrás, pode esperar. Não sou trouxa de ninguém e olha bem o que estou falando", continuou.

"Meu filho não era santo, não, mas ele não era ruim. Tinha um coração tão grande que não viu os lixos de pessoas que andava atrás dele. Lixo de pessoas, isso que vocês são todo mundo que tava lá vendo o menino pedindo ajuda e não fez nada. Ainda fala que é irmão, amigo", criticou. "Eu vou estar aqui até o último dia pra te defender. Eu sei que você e uma das melhores pessoas do mundo. Eu te amo. Me perdoa por não estar lá na hora que você pediu ajuda", finalizou Valquíria.

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags