PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Draxler não se preocupa com perda de posição para Neymar e Mbappé

Um dos importantes jogadores no estrelado elenco do Paris Saint-Germain, o meia Julian Draxler parece não estar incomodado com a falta de oportunidade neste início de temporada. Segundo ele, é natural que fique mais tempo no banco de reservas já que o clube parisiense adquiriu nesta última janela de transferência, os atacantes Mbappé e Neymar, [?]

11:45 | 04/10/2017

Um dos importantes jogadores no estrelado elenco do Paris Saint-Germain, o meia Julian Draxler parece não estar incomodado com a falta de oportunidade neste início de temporada. Segundo ele, é natural que fique mais tempo no banco de reservas já que o clube parisiense adquiriu nesta última janela de transferência, os atacantes Mbappé e Neymar,

?É completamente normal. Já existia concorrência mesmo antes de Neymar e Mbappé. Quando estou aqui e regresso  à Alemanha, Também pergunto: ?O que está a acontecer no Bayern? Ele tem dificuldades nesta altura?? É totalmente normal isso tipo de perguntas. Também tenho concorrência na seleção e não estão nem o  Neymar ou Mbappé?, afirmou o atleta durante entrevista com os jornalistas.

Apesar de terem sido contratados em um período próximo, os dois jogadores tiveram um caminho bem diferente. Enquanto que o craque francês chegou por empréstimo junto ao Monaco, Neymar se tornou a contratação mais cara da história do futebol ao acertar a proposta de 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 822).

Já Draxler teve uma longa passagem pelo Schalke 04 até ser adquirido pelo Wolfsburg, onde chamou ainda mais a atenção dos dirigentes do clube parisiense. Até agora foram 33 partidas com a camisa do Paris Daint-Germain e 11 gols marcados, além do título da Copa Francesa e da Copa da Liga Francesa, ambos quintados

Além disso, o jogador é constantemente convocado pelo técnico Joachim Löw e deve ser um dos 23 convocados para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia. Pela Alemanha, o atleta participou de 37 jogos e, apesar de ter anotado apenas seis gols,

Gazeta Esportiva

TAGS