PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Carrasco da Ponte, Oliveira quer vitória do Santos para ?desempatar? duelo

Santos e Ponte Preta protagonizaram três duelos bem equilibrados nesta temporada. Pelas quartas de final do Campeonato Paulista, cada equipe venceu um jogo por 1 a 0 e a Macaca acabou avançando nos pênaltis. Já pelo primeiro turno do Brasileirão, no Pacaembu, o placar não saiu do zero. E nesta quinta-feira, às 17h (de Brasília), [?]

08:45 | 11/10/2017

Santos e Ponte Preta protagonizaram três duelos bem equilibrados nesta temporada. Pelas quartas de final do Campeonato Paulista, cada equipe venceu um jogo por 1 a 0 e a Macaca acabou avançando nos pênaltis. Já pelo primeiro turno do Brasileirão, no Pacaembu, o placar não saiu do zero.

E nesta quinta-feira, às 17h (de Brasília), no Moisés Lucarelli, os clubes se enfrentam mais uma vez, agora pela 27ª rodada da competição nacional. Ainda sonhando com o título, Ricardo Oliveira quer a vitória para ?desempatar? o confronto com o time de Campinas e seguir na cola do líder Corinthians.

?Os jogos contra a Ponte Preta são sempre muito difíceis. Jogos duros, complicados, principalmente jogando lá no campo deles. Mas a gente também já foi lá e venceu em um jogo muito difícil, em uma partida às 11 horas, no ano passado. Sabemos que será complicado, mas temos objetivos daqui para o final da temporada e nós temos que passar por um adversário tão duro que é a Ponte Preta. Vamos para lá (Campinas) para fazer um grande jogo e somar os três pontos?, disse camisa 9 ao site oficial do Peixe.

Das 130 partidas que o alvinegro realizou com a Ponte Preta, Ricardo Oliveira esteve presente em nove. Com cinco vitórias, um empate e três derrotas diante deste tradicional adversário, o capitão santista soma quatro gols contra o oponente e quer aproveitar a fama de ?carrasco? para conduzir o Peixe ao triunfo em Campinas.

?A confiança sempre existe. O que a gente sempre vai fazer é se doar ao máximo para poder responder à altura com gols e participações. Isso para mim é o mais importante. Espero que o objetivo coletivo seja alcançado, que é a vitória. E eu, com certeza, vou dar o meu melhor com os meus companheiros para poder contribuir para isso?, afirma Oliveira, que pede a postura de garra que o Peixe vem apresentando nos últimos compromissos até o final da competição.

Gazeta Esportiva

TAGS