PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Brasil busca a classificação contra a Coréia do Norte no Mundial sub-17

Depois de estrear derrotando a Espanha por 2 a 1, a Seleção Brasileira volta a campo pela segunda rodada do Grupo D do Mundial Sub-17 nesta terça-feira, às 11h30 (de Brasília), no Estádio Internacional Jawaharlal Nehru, em Kochi, na Índia, buscando a vaga de forma antecipada nas oitavas de final. Para isso basta um simples [?]

17:30 | 09/10/2017

Depois de estrear derrotando a Espanha por 2 a 1, a Seleção Brasileira volta a campo pela segunda rodada do Grupo D do Mundial Sub-17 nesta terça-feira, às 11h30 (de Brasília), no Estádio Internacional Jawaharlal Nehru, em Kochi, na Índia, buscando a vaga de forma antecipada nas oitavas de final. Para isso basta um simples triunfo sobre os norte-coreanos, que querem reagir após perderem por 1 a 0 para Níger na estreia. Na preliminar, às 8h30 (de Brasília), os africanos de Níger encaram os espanhóis.

O triunfo na estreia trouxe tranquilidade ao Brasil, pois a chave é uma das mais complicadas. Níger representa a forte escola africana, continente que mais ganhou Mundiais, enquanto que a Espanha é a atual campeã da Eurocopa da categoria. Assim, o triunfo deixa a vaga muito bem encaminhada, já que não é esperado um tropeço contra os norte-coreanos, que formam a equipe mais fraca do grupo.

Apesar do favoritismo contra a Coréia do Norte, o técnico Carlos Amadeu cobra concentração de sua equipe. ?Esses jogos costumam ser perigosos, pois tratam as forças envolvidas de maneira distinta e a pressão cai em cima apenas de um lado, no caso, o nosso. Mas vamos precisar de concentração, pois o poder de marcação da Coréia do Norte é muito grande. O time deles marca bem e gerou problemas para Níger na estreia. Vamos precisar jogar bem se quisermos ganhar?, disse Amadeu.

O treinador brasileiro vai manter a base da estreia, inclusive, apostando na força do ataque, composta por um trio capaz de tirar o sono dos adversários: Paulinho, Lincoln e Brenner. A dúvida, porém, está na zaga, onde Lucas Halter, com dores na coxa direita, é dúvida, deixando Matheus Stockl de sobreaviso.

Pelo lado da Coréia do Norte, o técnico Kim Young Su vai repetir a escalação da estreia. Ele admite que a prioridade de sua equipe na partida será mesmo a marcação. Só depois virá a busca pelo gol. ?Vamos tentar neutralizar os pontos fortes da Seleção Brasileira. Conseguindo isso, podemos tentar encontrar um espaço para chegarmos ao gol da vitória. Com obediência tática podemos sonhar?, disse o treinador norte-coreano.

GRUPO C: Também nesta terça-feira, só que no Estádio Pandit Jawaharlal Nehru, em Goa, acontecem os jogos do Grupo C. Vencedores na estreia, Irã e Alemanha fazem choque de líderes às 11h30 (de Brasília). Os iranianos iniciaram a caminhada batendo os africanos de Guiné, de forma surpreendente, por 3 a 1. Já os alemães bateram a Costa Rica por 2 a 1. Na preliminar, às 8h30(de Brasília), a seleção da África faz um choque de desesperados com os costarriquenhos.

FICHA TÉCNICA

CORÉIA DO NORTE X BRASIL

Local: Estádio Internacional Jawaharlal Nehru, em Kochi (Índia)

Data: 10 de outubro de 2018 (Terça-feira)

Horário: 11h30(de Brasília)

Árbitro: Slavko Vincic (Eslovênia)

CORÉIA DO NORTE: Si Tae Song, Kim Kyong Sok, Sin Kwang Sok, Han Kyong Hun e Cha Kwang; Kye Tam, Kim Chung Jin, Kung Jin Song e Yun Min; Kim Hwi Hwang e Kwon Nam Hyok

Técnico: Kim Young Su

BRASIL: Gabriel Brazão, Wesley, Vitão, Lucas Halter (Matheus Stockl) e Weverson; Marcos Antônio, Victor Bobsin e Alan; Paulinho, Lincoln e Brenner

Técnico: Carlos Amadeu

Gazeta Esportiva

TAGS