PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Bélgica vence e será cabeça de chave na Copa; Grécia está na repescagem

A  disputa no Grupo H das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia, foi encerrada nesta terça-feira. Garantida no torneio mundial e com o privilégio de ser uma das cabeças de chave, a Bélgica encerrou sua participação de maneira invicta. Na última rodada, os belgas venceram a seleção do [?]

17:45 | 10/10/2017

A  disputa no Grupo H das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia, foi encerrada nesta terça-feira. Garantida no torneio mundial e com o privilégio de ser uma das cabeças de chave, a Bélgica encerrou sua participação de maneira invicta. Na última rodada, os belgas venceram a seleção do Chipre por 4 a 0, com os gols anotados pelos irmãos Hazard, Eden duas vezes e Thorgan, além de Lukaku.

A segunda colocação do grupo ficou com a Grécia, que venceu Gibraltar por 4 a 0 ? gols de Torosidis, Mitroglou duas vezes e Gianniotas ? e garantiu sua participação na repescagem, já que ultrapassou a Eslováquia na disputa entre as melhores segundas colocadas. A última rodada da chave contou ainda com o a vitória da Bósnia sobre a Estônia pelo placar de 2 a 1.

Desta forma, a classificação do grupo foi encerrada com a Bélgica na primeira colocação com 28 pontos, seguida pela Grécia que somou 19, Bósnia com 17, Estônia com 11, Chipre com 10 e Gibraltar encerrou sua participação sem anotar nenhum ponto.

O jogo ? Jogando sem pretensão alguma, a Bélgica fez a partida ficar ainda mais tranquila ao abrir o placar logo nos minutos iniciais. Após uma bobeada do defensor do Chipre, a nola fica com Tielmans que rolou para Eden Hazard, que acertou um belo chute de fora da área e abriu o marcador.

Após o primeiro gol belga, a partida sofreu uma queda de intensidade. Feliz com o resultado que lhe garantia como uma das cabeças de chave da Copa do Mundo do ano que vem, a Bélgica diminuiu o seu ritmo ofensivo, enquanto o Chipre não conseguiu incomodar.

O segundo lance de perigo na partida foi acontecer apenas aos 39 minutos, quando Batshuayi recebeu dentro da área, fez um belo giro e viu seu chute passar raspando o ângulo do gol adversário.

A segunda etapa teve um início bem diferente em relação a maneira que encerrou o primeiro tempo. Aos sete minutos, Batshuayi tem uma nova oportunidade de arrematar da entrada da área. Desta vez ele acerta o alvo, porém o goleiro faz uma linda defesa.

Após a cobrança do escanteio, a bola acabou sobrando para Thorgan Hazard que arriscou de dentro da área, a bola ainda resvala do defensor do Chipre e morre no fundo do gol.

Diferentemente do primeiro tempo, a Bélgica não diminuiu o seu ritmo após o gol. Tanto que dez minutos mais tarde, Eden Hazard voltou a balançar a rede após cobrança de pênalti.

Aos 33 minutos, Witsel fez boa jogada pelo meio e aciona Lukaku, que acerta uma pancada da entrada da área para transformar o placar em goleada e finalizar o placar. Após o gol do centroavante, a partida sofreu uma nova queda em seu ritmo e nenhuma das equipes criou alguma chance de perigo.

Gazeta Esportiva

TAGS