PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Barça não empolga, mas vence lanterna e volta a liderar com folga

Deu a lógica no duelo entre completos opostos no Campeonato Espanhol. No Camp Nou, o Barcelona, líder e invicto, derrotou, com certa dificuldade, o Málaga, último colocado e sem vitórias, pelo placar de 2 a 0, na última partida deste sábado pela nona rodada da disputa internacional. Os gols da partida foram marcados por Deulofeu [?]

17:45 | 21/10/2017

Deu a lógica no duelo entre completos opostos no Campeonato Espanhol. No Camp Nou, o Barcelona, líder e invicto, derrotou, com certa dificuldade, o Málaga, último colocado e sem vitórias, pelo placar de 2 a 0, na última partida deste sábado pela nona rodada da disputa internacional. Os gols da partida foram marcados por Deulofeu e Iniesta.

A partida ficou marcada pela atuação não muito empolgante dos catalães, além da quebra de um longo jejum de Andrés Iniesta, que não marcava há dois anos pelo Espanhol e de um gol irregular, marcado por Deulofeu, logo nos primeiros minutos de jogo.

Com o resultado, a equipe catalã alcançou os 25 pontos conquistados, em uma campanha que tem oito vitórias e um empate, e alargou a distância para o Valencia, segundo colocado, que havia colado nos blaugranas após a vitória em cima do Sevilla. Por outro lado, o Málaga continua com uma sequência pífia na tabela de classificação, com apenas um ponto em nove jogos, amargando a lanterna isolada.

Na rodada seguinte, o Barcelona visita o Athletic Bilbao, no San Mamés Barria, às 16h45 (horário de Brasília) do próximo sábado, buscando manter uma boa margem na liderança da competição. Já o Málaga vai atrás de sua primeira vitória no Espanhol contra o Celta de Vigo, em casa.

O jogo ? Com pouco menos de dois minutos de partida, saiu o primeiro gol do confronto. E foi com polêmica. Digne recebeu passe de Iniesta e cruzou para a área, mas a bola saiu completamente pela linha de fundo. Toda a zaga do Málaga parou, acreditando que a arbitragem logo assinalaria a irregularidade. Entretanto, Deulofeu completou para o fundo das redes e o juiz considerou o gol legal, para desespero dos visitantes.

Após a abertura do marcador, o Barcelona conseguiu manter um bom número na posse de bola, que chegou a ser de 80% a favor dos mandantes, mas não finalizou pelo restante do primeiro tempo. Os visitantes por vezes tinham chances de boas finalizações, mas não conseguiam chegar com mais contundência ao gol de Marc-André ter Stegen.

Conforme o decorrer da etapa inicial, o Málaga passou a oferecer certo perigo para a zaga do Barça. Mesmo não conseguindo finalizar diretamente ao gol, os comandados do treinador Michel passaram a ter algum volume ofensivo. Apesar disso, os catalães não permitiram o empate e foram para o intervalo com a vantagem no placar.

No início do segundo tempo, os visitantes pareciam manter o ritmo do final da etapa inicial, pressionando e tentando o empate. Entretanto, aos 10 minutos do período, levaram o segundo gol: Messi recebeu passe de Mascherano, achou Iniesta e rolou para o espanhol. O meia bateu cruzado, prensado pelo defensor rival, e a bola morreu no fundo das redes. Com o gol, o ídolo do Barça quebrou um jejum de cerca de dois anos sem marcar pela competição.

Mesmo após o gol, o Málaga continuou chegando com perigo, em finalização de Keko, que não conseguiu converter por duas vezes. Ao geral, os visitantes não mostravam um futebol de lanterna do campeonato, dando trabalho aos catalães.

Aos 28, o uruguaio Luis Suárez perdeu uma chance inacreditável: Sergi Roberto carregou a bola, arrancou e, na lateral da área, só rolou para o atacante completar para o fundo das redes. Livre de marcação e com o gol aberto, Suárez não pegou bem na bola, chutando fraco e sem direção.

Nos últimos minutos da partida, o Barcelona controlou mais as ações e ditou o ritmo da reta final do confronto. Mesmo com belos lances e chances de Sergi Roberto e do brasileiro Paulinho, que entrou no decorrer da segunda etapa, além de um gol corretamente anulado de Lionel Messi, os mandantes não conseguiram chegar ao terceiro gol e venceram pelo placar final de 2 a 0.

Gazeta Esportiva

TAGS