PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Técnico do PSG não revela quem definiu como cobrador de pênaltis

09:45 | 26/09/2017
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

[FOTO1] Além de um grande duelo, a partida entre Bayern de Munique e Paris Saint-Germain guarda outra grande expectativa: a escolha entre Neymar e Cavani para bater o pênalti, casou houver. Em entrevista coletiva antes do confronto, o técnico Unai Emery foi questionado sobre o tema e afirmou que brasileiro e o uruguaio já sabem sua decisão, mas quem está de fora terá de esperar a possibilidade do árbitro apontar a marca da cal.

“Para vocês (jornalistas) posso revelar que os dois serão nossos batedores oficiais. Neymar e Cavani tem ampla capacidade de efetuar a cobrança e possuem ótimos números nesse quesito. Para esta partida, já conversei com eles e defini quem vai bater se houver alguma penalidade, mas somente eles sabem a decisão”, disse o treinador.

A presença de Neymar em campo chegou a ser questionada durante a semana, por conta de uma lesão no pé, mas Unai Emery confirmou o brasileiro entre os titulares para o duelo. O camisa 10 foi poupado da última partida pelo Campeonato Francês, contra o Montpellier, quando o PSG teve seu primeiro tropeço e não saiu do zero com o adversário.

Outro tema abordado na coletiva do comandante foi a notícia publicada pelo El País na última segunda, em que o veículo revelou um possível desconforto do elenco com a chegada de Neymar. Sobre o tema, Emery preferiu não entrar na polêmica. “Sinceramente, não sei como surgem essas informações, nem de onde são tiradas. Estamos trabalhando para que notícias como essa não vazem”, afirmou.

A polêmica entre Neymar e Cavani é coisa do passado, ao menos para o treinador. “Vamos trabalhar para filtrar qualquer insatisfação. O que aconteceu não é normal e atitudes foram tomadas. Nós temos que saber trabalhar como um grupo, porque juntos somos mais fortes”, completou Unai Emery.


Gazeta Esportiva

TAGS