PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Rodriguinho se anima após derrotas e tenta retomada no clássico

O meia Rodriguinho acredita que o clube vai voltar mais forte para o clássico na Vila

17:45 | 05/09/2017

O meia Rodriguinho reconheceu na tarde desta terça-feira que o Corinthians deixou escapar pontos importantes diante do Vitória e do Atlético-GO, mas confia que o clássico contra o Santos, neste domingo, às 16h (de Brasília), seja uma boa oportunidade para a equipe mostrar sua recuperação. Preocupado em manter uma distância razoável para o Grêmio e o próprio Peixe, o armador acredita que o bom futebol do Timão deve reaparecer.

?É um jogo muito importante pelo fato de não deixar o Santos se aproximar, vamos ter que manter uma boa performance para sair com a vitória?, avaliou o camisa 26, que não viu uma queda de rendimento tão grande nas derrotas em Itaquera, depois do treinamento da equipe. Para ele, o que faltou ao clube do Parque São Jorge foi aproveitar as chances criadas, principalmente no 1 a 0 diante dos goianos, o embate mais recente.

?Todo jogo já é especial, por se tratar de clássico já dá uma dimensão maior. Mas os jogos que nós perdemos aqui foram jogos em que jogamos melhor do que o adversário. Não conseguimos colocar a bola para dentro, foi isso. Quando a gente joga com uma equipe que ataca, joga bastante, o jogo é outro. Esperamos trazer um bom resultado de lá e retomar o caminho das vitórias?, observou.

De acordo com Rodriguinho, o ambiente de trabalho não foi modificado pela diminuição da vantagem na liderança (eram oito pontos ao final do primeiro turno, agora são sete). Para ele, o atual elenco já assimilou bem como deve reagir quando tem de dar uma resposta à torcida.

?A tranquilidade tem que existir no trabalho para que a gente possa manter nosso foco. A equipe está muito ciente do que a gente vem fazendo durante o ano. Sabíamos que quando a derrota acontecesse isso não poderia nos atrapalhar?, disse, minimizando a frente aberta com relação aos concorrentes.

?Temos que estar bem focados para que possamos manter uma boa performance. A distância vai oscilar, é normal, ainda bem que abrimos uma boa margem, mas tem que manter o foco. Da mesma forma que quando a equipe estava muito bem a gente mantinha os pés no chão. Queremos voltar a pontuar para que nem o Grêmio nem o Santos possam encostar mais. Manter o foco nisso para que as coisas possam continuar dando certo?, concluiu.

Com 50 pontos conquistados, o Alvinegro é o líder da competição apesar das duas derrotas sofridas dentro dos seus domínios. Além dos sete de vantagem sobre os gaúchos, o time ainda ostenta 12 de diferença para a equipe da Baixada Santista, terceira colocada.

Gazeta Esportiva

TAGS