PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Paulinho marca, dá assistência e tem o nome gritado em show do Barça

Para quem duvidava que Paulinho poderia dar certo no técnico e habilidoso meio de campo do Barcelona, o brasileiro começa a mostrar que pode, sim, brilhar ao lado de Busquets, Iniesta e Messi, como fez na tarde dessa terça-feira, em sua estreia como titular no Camp Nou. Com um gol, uma assistência e participação em [?]

19:15 | 19/09/2017

Para quem duvidava que Paulinho poderia dar certo no técnico e habilidoso meio de campo do Barcelona, o brasileiro começa a mostrar que pode, sim, brilhar ao lado de Busquets, Iniesta e Messi, como fez na tarde dessa terça-feira, em sua estreia como titular no Camp Nou. Com um gol, uma assistência e participação em outro tento, o ex-jogador do Corinthians brilhou na goleada por 6 a 1 dos catalães em cima do Eibar, pela quinta rodada do Campeonato Espanhol.

A vitória mantém o Barcelona com 100% de aproveitamento na competição e asseguram a liderança absoluta, agora com 15 pontos. Já o modesto Eibar estaciona nos seis pontos e pode perder a nona colocação até o fim da rodada.

Mais do que o placar elástico e os quatro gols de Messi no jogo, algo que apesar de incrível já não surpreende mais, o duelo serviu para chamar atenção para alguns pontos. O primeiro deles é de que o sistema defensivo do Barça precisa ser aprimorado. Não fosse Ter Stegen, o Eibar poderia ter aberto o placar logo aos três minutos de jogo, quando Sergi Enrich perdeu uma oportunidade cara a cara com o goleiro.

Com Luis Suárez apenas no banco de reservas para ser poupado, Deulofeu e Denis Suárez se mostraram boas opções pelas pontas, deixando Messi como um verdadeiro centroavante, que flutua pelo centro do campo.

Mas nada chamou mais atenção do que a participação de Paulinho no jogo. E o volante não ficou preocupado em se adaptar ao estilo de jogo de seu novo clube. Paulinho foi Paulinho nessa terça. Infiltrou na área, abusou da velocidade e usou seu forte cabeceio ofensivo.

Com moral de quem deu a vitória ao Barcelona na última rodada depois de sair do banco, Paulinho primeiro apenas assistiu Semedo ser derrubado na área. O lance é duvidoso, mas a arbitragem assinalou o pênalti e Messi, com um leve toque no alto, abriu o placar.

Antes do intervalo, Paulinho começou a se soltar. Em uma testada que mais parecia um chute de cabeça depois de cobrança de escanteio, a quarta contratação mais cara da história do Barcelona anotou seu primeiro gol no Camp Nou. Para melhorar, o jogador ainda teve seu nome cantado pelos torcedores: ?Paulinho, Paulinho, Paulinho?.

Na segunda etapa, o Eibar, que fazia um bom jogo até então, mesmo com a desvantagem no placar, se perdeu. E os donos da casa não perdoaram. Logo aos oito minutos, Paulinho de novo se destacou. Dessa vez sem encostar na bola, em um lindo e inteligente corta-luz, o homem de confiança de Tite tirou o zagueiro adversário da jogada e deixou a bola limpa para Messi. O camisa 10 acabou parando no goleiro Dmitrovic, mas Denis Suárez fez o terceiro gol no rebote.

Na sequência, o Eibar chegou ao seu merecido gol. Cruzamento da esquerda e o centroavante Enrich mais uma vez apareceu com liberdade entre Piqué e Mascherano. Agora, não teve jeito. Gol dos visitantes.

Mas, qualquer empolgação foi cortada em apenas dois minutos. A bola voltou a rolar e Messi transformou a vitória do Barcelona em goleada com um gol bem ao seu estilo, carregando pelo meio da área antes de dar um leve chute, rasteiro, no cantinho.

O Eibar pagou o preço pela desorganização na etapa final e pela ineficiência no ataque. O jogo não parava e de novo Ter Stegen precisou salvar os catalães. Piqué e Mascherano não conseguiam se entender. Sorte deles de que o time tinha Messi e? Paulinho.

No contra-ataque, a dupla sul-americana tabelou com passes curtos e precisos até o gol do camisa 10, que saiu graças a assistência do brasileiro. Na comemoração, o argentino reconheceu e agradeceu com um abraço.

Valverde, então, resolveu dar descanso para Iniesta, Busquets e Deulofeu. Sergi Roberto, Rakitic e Alex Vidal ganharam alguns minutos para mostrar serviço. Quem aproveitou melhor foi o último a entrar. Nos minutos finais, Vidal acabou servindo Messi para o craque anotar seu quarto gol no jogo, o sexto do Barcelona.

Antes do apito final, o Eibar acertou o travessão de Ter Stegen com Charles, que ganhou de Mascherano no alto, dentro da área. Ficou claro que a defesa não está lá às mil maravilhas, mas, nada que pudesse atrapalhar a festa dos barcelonistas na tarde dessa terça-feira.

 

Gazeta Esportiva

TAGS