PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Paraná bate o Londrina nos acréscimos e entra no G4

Fechando a 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Paraná Clube venceu o Londrina por 2 a 1, nos acréscimos, no clássico regional na Vila Capanema. Com o resultado, o Tricolor aproveitou chance para entrar no G4 e, com 40 pontos, ocupa a quarta colocação. Já o Tubarão, com 33 pontos, ocupa a décima [?]

21:15 | 16/09/2017

Fechando a 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Paraná Clube venceu o Londrina por 2 a 1, nos acréscimos, no clássico regional na Vila Capanema. Com o resultado, o Tricolor aproveitou chance para entrar no G4 e, com 40 pontos, ocupa a quarta colocação. Já o Tubarão, com 33 pontos, ocupa a décima posição.

O time alviceleste abriu a contagem, aos 15 minutos da primeira etapa, com Artur entrando no meio da zaga. Aos 24 minutos, Vitor Feijão deixou tudo igual aproveitando rebote do goleiro César. Depois do intervalo, aos 46 minutos, Renatinho fez um golaço para garantir a vitória.

Na próxima rodada, o Paraná Clube enfrenta o Guarani, terça-feira, no Brinco de Ouro, em Capinas. Já o Londrina entra em campo na sexta-fera, quando recebe o Santa Cruz, no estádio do Café.

O jogo ? O Tricolor começou a disputa tentando pressionar e mostrar suas armas. Aos dois minutos, Renatinho cobrou escanteio e Maidana desviou para boa defesa de César. Aos cinco, Renatinho fez a jogada individual, abriu espaço e arriscou o chute, pela linha de fundo. O time paranista era todo pressão e, aos 13 minutos, Feijão recebeu cruzamento e desviou de cabeça, para fora.

Aos poucos o Tubarão se soltava, até que, aos 15 minutos, Carlos Henrique achou Artur entrando no meio da zaga e o meia teve tranquilidade para tocar por baixo de Richard e abrir a contagem. Mais Londrina, aproveitando um momento de irregularidade dos donos da casa e, aos 20 minutos, Rafael Gava cruzou, a zaga tirou e Germano finalizou, sem direção. Mas, aos 24 minutos, Vitor Feijão pegou rebote do goleiro César e empurrou para a rede, deixando tudo igual.

O jogo era equilibrado na Vila e, aos 27 minutos, Artur chutou de fora da área para intervenção precisa de Richard. A resposta veio com Brock, aos 35 minutos com uma cabeçada que carimbou a trave antes de sair. O Paraná acordou e, aos 41 minutos, Alemão recebeu lançamento e ajeitou para Feijão, que chutou para defesa de César. Na sequência, novo cruzamento para Alemão que, de frente para o gol, isolou.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem mudanças. Logo no primeiro minuto, Reaninho cobrou falta e quase surpreendeu o goleiro César. Aos três minutos, João Pedro cobrou falta e César se esticou para fazer uma grande defesa, no ângulo. Pressão tricolor e, aos seis minutos, Feijão pegou sobra de bola dentro da área e arrematou por cima da meta.

O Tubarão era todo defesa, tentando se segurar como dava e esperando alguma bola para tentar matar o jogo. Aos 19 minutos, partiu para a jogada individual, abriu espaço na defesa alviceleste e soltou o pé, pela linha de fundo. Precisando da vitória em casa, Matheus Costa colocou em campo mais um atacante, Felipe Alves, que retornou ao clube após uma negociação frustrada.

O rimo da partida caiu um pouco. Lançamento para Felipe Alves, aos 27 minutos, mas a bola correu demais, saindo pela lateral. Aos 36 minutos, Alemão deixou para Matheus Carvalho que bateu de primeira, nas mãos de César. O Londrina tocava bola, se mostrando satisfeito com o resultado. Mas, nos acréscimos, Renatinho acertou um lindo chute para estufar as redes e fechar a contagem.

PARANÁ 2 X 1 LONDRINA

Local Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)

Data: 16 de setembro de 2017, sábado

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Leirson Peng Martins (RS)

Cartões amarelos: Renatinho, Gabriel Dias (Paraná); Rômulo, Edson Silva (Londrina)

Gols

PARANÁ: Vitor Feijão, aos 24 minutos do primeiro tempo e Renatinho, aos 46 minutos do segundo tempo

LONDRINA: Artur, aos 15 minutos do primeiro tempo

PARANÁ: Richard; Cristovam, Eduardo Brock, Maidana e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias (Vinícius Kiss), João Pedro (Felipe Alves) e Renatinho; Vitor Feijão (Matheus Carvalho)e Alemão

Técnico: Matheus Costa (interino)

LONDRINA: César; Reginaldo, Dirceu, Édson Silva e Ayrton; Germano, Rômulo (Bidía), Rafael Gava e Celsinho (Negueba); Artur e Carlos Henrique (Alisson Safira).

Técnico: Cláudio Tencati

Gazeta Esportiva

TAGS