PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Kingsley Coman foi julgado e pagará multa por violência doméstica

O meia Kinsley Coman não compareceu aos treinamentos do Bayern de Munique desta manhã por questões pessoais. O jogador foi julgado por um caso de violência doméstica contra sua ex-namorada, Sephora Goignan, mãe de suas filhas Leyana e Kaylee e foi condenado ao pagamento de 5 mil euros (aproximadamente R$ 18 mil). LEIA MAIS: Técnico [?]

10:45 | 14/09/2017

O meia Kinsley Coman não compareceu aos treinamentos do Bayern de Munique desta manhã por questões pessoais. O jogador foi julgado por um caso de violência doméstica contra sua ex-namorada, Sephora Goignan, mãe de suas filhas Leyana e Kaylee e foi condenado ao pagamento de 5 mil euros (aproximadamente R$ 18 mil).

LEIA MAIS: Técnico do Hoffenheim se explica após admitir sonho de treinar o Bayern 

Segundo o portal alemão Bild, Coman confessou o acontecimento e lamentou os incidentes, aceitando imediatamente o pagamento da multa.

Após o ocorrido, em junho, o jogador chegou a ser detido e foi submetido a um interrogatório, liberado no dia seguinte. Desta vez, o meio-campista terá somente que arcar com o pagamento pelo ato.

 

Gazeta Esportiva

TAGS