Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Jô diz continuar ?muito tranquilo? com a situação do Corinthians

O centroavante Jô resolveu adotar um discurso otimista após o Corinthians sofrer a sua terceira derrota em quatro jogos disputados no segundo turno do Campeonato Brasileiro ? por 2 a 0 para o terceiro colocado Santos, neste domingo, na Vila Belmiro. Ele ainda se sente confortável na liderança da competição. ?É um momento normal. Ainda [?]
19:15 | Set. 10, 2017
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O centroavante Jô resolveu adotar um discurso otimista após o Corinthians sofrer a sua terceira derrota em quatro jogos disputados no segundo turno do Campeonato Brasileiro ? por 2 a 0 para o terceiro colocado Santos, neste domingo, na Vila Belmiro. Ele ainda se sente confortável na liderança da competição.

?É um momento normal. Ainda temos a vantagem. Construímos isso com mérito, então temos que aproveitar. Mantivemos sete pontos para o Grêmio e estamos nove à frente do Santos, então fico muito tranquilo?, assegurou Jô, enquanto deixava o gramado da Vila.

Com o novo tropeço, o Corinthians seguiu com 50 pontos, contra 43 do Grêmio, derrotado por 1 a 0 pelo Vasco no sábado, e 41 do Santos, agora mais vivo na disputa pelo título.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

?É claro que os resultados não vieram, mas vamos continuar trabalhando. Conseguimos nos manter como líderes. Vamos trabalhar forte para os resultados voltarem?, pregou o goleiro Cássio, replicando a estratégia de amenizar a queda de rendimento.

Internamente, contudo, a situação preocupa. O técnico Fábio Carille está incomodado com a quantidade de passes errados pelo Corinthians e de chances de gol desperdiçadas.

?É óbvio que temos que corrigir algumas coisas, mas ainda estamos muito tranquilos. Lá na frente, vamos melhorar?, insistiu Jô.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags