Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Gerrard afirma que evitava Philippe Coutinho nos treinos do Liverpool

Neste domingo, o brasileiro Philippe Coutinho foi novamente assunto na mídia inglesa. Logo após anotar um dos gols da vitória do Liverpool por 3 a 2 contra o Leicester, o ídolo Steven Gerrard afirmou que evitava o meia durante os treinos da equipe pela dificuldade de conseguir marcar o atleta. ?Era impossível marcá-lo. Odiava quando [?]
14:15 | Set. 24, 2017
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Neste domingo, o brasileiro Philippe Coutinho foi novamente assunto na mídia inglesa. Logo após anotar um dos gols da vitória do Liverpool por 3 a 2 contra o Leicester, o ídolo Steven Gerrard afirmou que evitava o meia durante os treinos da equipe pela dificuldade de conseguir marcar o atleta.

?Era impossível marcá-lo. Odiava quando o tinha como adversário nos treinos. Evitava aproximar-me dele e dizia-lhe muitas vezes para ficar longe de mim, para não me fazer passar vergonha??, ressaltou o ídolo do Liverpool.?Tem um centro de gravidade muito baixo e é muito rápido, ele está sempre dois ou três passos à frente dos defensores?, finalizou Gerrard.

O comentário vem depois de uma ótima atuação do brasileiro. Em meio às desconfianças dos torcedores e do próprio clube, Coutinho marcou um belo gol de falta e deu um ótimo lançamento para Salah na vitória contra os campeões na temporada 2015/2016. O desempenho deve ajudar atleta a ser novamente escalado como titular e voltar a ser um dos principais jogadores não só do Liverpool mas também do futebol europeu.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Aposentado desde 2016, Gerrard é considerado por muitos como o maior ídolo da vasta história do Liverpool. Revelado pelo clube inglês em 1998, o meia tem números históricos pelo clube, já que participou de 748 jogos e marcou 191 gols. Além disso, foi o símbolo da equipe nas temporadas que esteve vestindo a camisa dos Reds, principalmente na conquista da Liga dos Campeões na edição de 2004/2005, quando bateu nos pênaltis o Milan.

 

 

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags