PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Dorival testa São Paulo com Bruno Alves, Militão e Jonatan Gomez

Está cada vez mais claro que Dorival Júnior não está nada satisfeito com o que sua equipe vem apresentando. Na tarde dessa quarta-feira, o técnico do São Paulo comandou mais um treinamento intenso, com muita cobrança e orientação. Além disso, novos testes no time titular foram feitos visando o duelo contra a Ponte Preta, sábado, [?]

18:15 | 06/09/2017

Está cada vez mais claro que Dorival Júnior não está nada satisfeito com o que sua equipe vem apresentando. Na tarde dessa quarta-feira, o técnico do São Paulo comandou mais um treinamento intenso, com muita cobrança e orientação. Além disso, novos testes no time titular foram feitos visando o duelo contra a Ponte Preta, sábado, no Morumbi, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Rodrigo Caio, que retornou da Seleção Brasileira, participou de toda a atividade no CT da Barra Funda normalmente. O zagueiro até chegou a assustar a comissão técnico ao cair se contorcendo de dor no gramado. Após um breve atendimento médico, porém, o camisa 3 levantou e voltou ao trabalho sem restrições.

Na primeira parte da atividade, os jogadores mais ofensivos do elenco foram separados em trios. Alternadamente, esses trios saiu em simulação de contra-ataque contra dois defensores com a missão de trabalhar a bola rapidamente para marcar os gols.

Na sequência, Lucas Silvestre, auxiliar e filho de Dorival, distribuiu os coletes para os titulares. As novidades foram Bruno Alves na zaga e Jonatan Gomez no meio de campo. O defensor, que ainda não estreou com a camisa tricolor, foi testado na vaga do suspenso Arboleda, mas o técnico já adiantou que só vai definir seu escolhido nessa quinta.

Já o meia argentino trabalhou no lugar de Jucilei. Após sofrer um trauma na coxa esquerda durante o treino de segunda-feira, o volante apareceu de tênis para uma leve corrida em volta do campo e não participou dos trabalhos com bola. Dessa forma, Jucilei segue sendo dúvida para encarar a Macaca.

Assim, os titulares foram escalados com: Sidão, Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros, Marcos Guilherme, Jonatan Gomez, Hernanes e Lucas Fernanes; Lucas Pratto. Do outro lado, a equipe reserva contou com: Lucas Perri; Buffarini, Lugano, Aderlan e Júnior Tavares; Shaylon, Thomáz, Marcinho e Maicosuel; Gilberto.

No momento ofensivo, Dorival Júnior cobrou infiltração e toque de bola rápido até o gol. Na hora de defender, o técnico foi mais participativo, parou a atividade três vezes, gesticulou, orientou e corrigiu o posicionamento dos atletas insistentemente.

O goleiro Renan Ribeiro mais uma vez trabalhou à parte por causa de uma tendinite no joelho, assim como Araruna, que trata um estiramento na coxa direita e também teve uma atividade específica no campo anexo.

O São Paulo é o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro com 23 pontos, dois a menos que o Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Nessa quinta, Dorival Júnior vai definir os onze que começam o duelo contra a Ponte Preta, quando o Tricolor mais uma vez tentará fugir da zona da degola.

 

Gazeta Esportiva

TAGS