PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Willian admite que poderia ter ido para o Manchester United

No Chelsea há quatro temporadas, o brasileiro Willian afirmou que sempre quis jogar a Premier League, mas que tinha boas chances de estar atuando com a camisa de outro clube inglês: o Manchester United. Em entrevista ao jornal inglês Goal, o meia ressaltou que foi procurado pelo time quando já estava atuando pelos Blues, e [?]

16:50 | 09/08/2017

No Chelsea há quatro temporadas, o brasileiro Willian afirmou que sempre quis jogar a Premier League, mas que tinha boas chances de estar atuando com a camisa de outro clube inglês: o Manchester United. Em entrevista ao jornal inglês Goal, o meia ressaltou que foi procurado pelo time quando já estava atuando pelos Blues, e que o objetivo era se reencontrar com o técnico José Mourinho.

?O Manchester chegou, falou com o meu agente, mas nada aconteceu porque o Chelsea não me negociava de maneira alguma, até porque estou muito feliz aqui?, disse o brasileiro, que tem 31 gols com a camisa do clube londrino.

Além disso, o brasileiro também deu sua opinião sobre a diferença de trabalho de José Mourinho e Antônio Conte, atual treinador do brasileiro. ?São muito diferentes, pois cada um tem a sua maneira de trabalhar. Mourinho é um treinador que gosta de treinar com bola, trabalhar a posse e jogar curto enquanto que Conte gosta de trabalhar mais as partes físicas e táticas. Mourinho é um treinador fantástico e ganhou tudo por onde passou. Conte também é um técnico fantástico, porque ganhou tudo na Juventus e foi campeão no primeiro ano no Chelsea?, finalizou o atleta.

Revelado pelo Corinthians, Willian atuou apenas um ano pelo time brasileiro, pois logo foi contratado pelo Shakhtar Donetsk, equipe na qual o atacante jogou por seis temporadas, com 37 gols marcados nas 221 partidas que disputou pelo clube ucraniano. Em 2013, o brasileiro foi contratado pelo Chelsea e, além de ser um dos principais nomes do estrelado elenco londrino, conquistou a Copa da Liga Inglesa e dois Campeonatos Ingleses, nas temporadas 2014/2015 e 2016/2017.

Gazeta Esportiva

TAGS