Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Técnico da seleção francesa rasga elogios a Neymar

Nesta quinta-feira, o técnico da Seleção da França, Didier Deschamps, anunciou os convocados para as partidas das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018. Sem a presença de Dembélé e Benzema, o comandante aproveitou o momento da convocação para analisar a chegada de Neymar ao PSG. ?É algo fabuloso que um jogador com [?]
16:45 | Ago. 24, 2017
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Nesta quinta-feira, o técnico da Seleção da França, Didier Deschamps, anunciou os convocados para as partidas das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018. Sem a presença de Dembélé e Benzema, o comandante aproveitou o momento da convocação para analisar a chegada de Neymar ao PSG. ?É algo fabuloso que um jogador com ele possa vir jogar na Ligue 1, além dos aspectos de marketing e visibilidade ao exterior?.

Deschamps ainda rasgou elogios ao brasileiro e afirmou que o futebol francês mudou com a chegada dele: ?É um jogador de alto nível. Ele traz muitas coisas positivas, ele tem tudo. Ele tem o físico, é sorridente, atencioso, natural. Apesar do status de estrela, ele traz um frescor, se sente isso? Até para o grupo do PSG. A Ligue 1 e o futebol francês cresceram com a sua chegada?.

A França ocupa a segunda colocação do grupo A das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Com 13 pontos e empatada com a Seleção da Suécia, a equipe de Deschamps contará com Griezmann e Mbappé para os duelos contra a Holanda, no dia 31 de agosto, e Luxemburgo, no dia 3 de setembro.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Após mais de um ano livre da doença, Ceará registra caso de sarampo

ALERTA PARA VACINAÇÃO
18:45 | Ago. 05, 2021
Autor Lais Oliveira
Foto do autor
Lais Oliveira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará teve uma confirmação de sarampo  no último mês de julho, após um ano e três meses sem casos da doença. Em nota técnica de alerta, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) reforçou a recomendação do Ministério da Saúde para vacinação antecipada das crianças de seis a 11 meses de idade, com uma dose da vacina tríplice viral.

A vacina é a única forma de conter a transmissão do sarampo, evitando surtos e mortes. A nota técnica da Sesa, publicada na última segunda-feira, 26, esclarece que toda pessoa não vacinada é suscetível ao sarampo. Por isso, é essencial estar com a caderneta de vacinação em dia. O imunizante está disponível nos postos de saúde dos 184 municípios do Estado.

A pasta também alertou os profissionais de saúde do Ceará da necessidade da "identificação precoce de possíveis casos suspeitos da doença por meio de uma vigilância ativa e oportuna" para evitar "a reintrodução nos demais municípios e circulação ativa do vírus" em território cearense. 

Até 2018, a doença era considerada eliminada no Brasil. Neste ano, até o dia 10 de julho, 499 ocorrências foram confirmadas no País. Outros 148 casos permanecem em investigação. O vírus se mantém em circulação ativa em seis estados: Amapá (394), Pará (88), Alagoas (10), São Paulo (6), Rio de Janeiro (1) e
Ceará (1).

Febre, manchas vermelhas, tosse, coriza e/ou conjuntivite são sintomas do sarampo. Segundo nota técnica da Sesa, “todo caso suspeito é comprovado por critério laboratorial ou vínculo epidemiológico”. O sarampo é transmitido de uma pessoa para outra, por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar.

Crianças com menos de 1 ano e até 4 anos de idade (grupo em idade pré-escolar) são os mais afetados pelo vírus. Em geral, a vacinação começa a partir dos 12 meses, sendo reforçada aos 15 meses.

Desde 2019, com o recrudescimento de casos no País, o Ministério da Saúde vem recomendando a vacinação com a chamada "dose zero", a partir dos seis meses. Mesmo com a dose "extra", devem ser agendadas as duas doses tradicionais normalmente. 

Conforme Kélvia Borges, orientadora da Célula de Imunização da Sesa, “a baixa adesão à vacina e o acúmulo de crianças não vacinadas ou com esquema incompleto poderão contribuir para o surgimento de surtos e epidemias”.

Dessa forma, “é imprescindível oportunizar intensamente a vacinação de rotina e estabelecer estratégias de vacinação eficazes no resgate dos não vacinados”.

Esquema vacinal

Tríplice viral  - Contra sarampo, caxumba e rubéola


• 12 meses: 1ª dose com Tríplice Viral;
• 15 meses: 2ª dose com Tetra Viral ou Tríplice Viral + Varicela;
• 12 meses a 29 anos: comprovar duas doses de vacina contra o sarampo;
• 30 a 59 anos: comprovar uma dose de vacina contra o sarampo;
• Profissionais de saúde: comprovar duas doses de vacina contra o
sarampo, independente da idade

Sintomas

  • Febre
  • Manchas vermelhas
  • Tosse
  • Coriza
  • Conjuntivite 

Sarampo no Ceará

Conforme último boletim epidemiológico publicado pela Sesa, em 8 de junho de 2020, o Estado confirmou nos meses de fevereiro e março três casos de sarampo, todos no município de Cariré. Até aquele momento, 16 municípios haviam notificado casos suspeitos. Os três casos confirmados foram oriundos de um mesmo surto. Nenhum óbito foi registrado. 

Em 2019 foram notificados casos de sarampo por 62 municípios, destes, 13 confirmaram casos: Acarape (01), Cruz (01), Frecheirinha (01), Fortaleza (07), lcó (01), Itarema (01), Itaitinga (01), Jaguaribe (01), Maracanaú (1), Maranguape (01), Paracuru (1), Russas (01) e Varjota (01)

Notificações ou dúvidas

Vigilância das Doenças Exantemáticas da Sesa 

Contato: (85) 3101 5214 ou e-mail: [email protected] (dias úteis)

Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs)

Contato: (85) 98724 0455 (demais dias)

As unidades de saúde devem comunicar casos da doença às Secretarias Municipais de Saúde dentro das primeiras 24 horas da identificação. Além disso, a notificação deve ser registrada também na pasta estadual.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Licenciaturas terão mais um ano para atualizar os currículos

Educação
18:44 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os cursos voltados para a formação de professores terão mais um ano para se adequar às novas diretrizes curriculares aprovadas pelo Ministério da Educação (MEC) em 2019. O prazo, que terminaria no final desse ano, foi estendido até o final de 2022, em parecer aprovado hoje (5) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).

Entre as mudanças que deverão acontecer estão uma formação mais longa e mais voltada para a prática. Os cursos passarão da atual duração de três para quatro anos, ou 3,2 mil horas. Dessas, 800, o equivalente a um quarto do curso, devem ser voltadas para a prática pedagógica. As medidas valem para todos os cursos em nível superior de licenciatura, destinados à formação inicial de professores para a educação básica. 

Com a pandemia e a suspensão das aulas presenciais, tanto no ensino superior, quanto nas escolas, as instituições de ensino pediram mais tempo para fazer os ajustes curriculares. "Essa ampliação no tempo de implementação da BNC da formação docente [Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica] vem atender às solicitações das universidades e entidades científicas em função do ambiente de fechamento das instituições provocado pela pandemia. Isso ficou muito claro durante as diversas audiências que realizamos junto à essas instituições", diz o relator do parecer, o conselheiro Mozart Neves Ramos.

A formação dos futuros professores também terá um maior foco na chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que define o mínimo que deverá ser aprendido pelos estudantes de todo o país no ensino infantil, fundamental e médio. A implementação da BNCC também está em curso nas escolas de todo o país. 

O parecer aprovado pelo CNE segue agora para homologação do MEC.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Comentários de ódio na internet indicam alerta para saúde mental na adolescência

Saúde
18:31 | Ago. 05, 2021
Autor Marília Freitas
Foto do autor
Marília Freitas Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A cantora paraibana Walkyria Santos reacendeu um debate sobre os cuidados com a saúde mental entre crianças e adolescentes após a morte do filho de 16 anos. Nas redes sociais, a artista alertou para os comentários de ódio na internet e possíveis gatilhos presentes entre as idades da adolescência e da pré-adolescência, dos 10 aos 18 anos. Durante o período de isolamento social, o debate sobre o assunto tornou-se ainda mais preciso. Especialistas alertam para possíveis sinais de ajuda. 

Segundo dados da plataforma IntegraSUS, 71 pessoas entre 10 e 29 anos tiraram a própria vida no Ceará em 2021. Desses, cerca de 23% dos casos correspondem aos adolescentes entre 15 a 19 anos. Os pais e responsáveis devem estar alertas durante o intervalo de idade que marca a passagem da infância para a vida adulta. De acordo com a psicóloga e psicanalista Tamires Marinho, os adolescentes "estão desconstruindo a imagem da figura paterna e materna de perfeição". Ela destaca que a formação da identidade do jovem na participação em grupos de amigos ajudam esses adolescentes a "se sentirem parte de algo", sendo fator vital nesse processo.

A necessidade de se reencontrar fora do vínculo familiar é tema importante para os adolescentes. Marinho aponta que o turbilhão de sensações junto à autodescoberta pode promover ataques às individualidades entre os próprios adolescentes. "Um fator muito recorrente é a falta de pensamento do outro como um sujeito dotado de sentimentos e expressões. É como julgar moralmente outra pessoa para favorecer sua própria identidade. Eu ataco para me sentir mais seguro e reafirmar quem eu sou", exemplifica a psicanalista.

Filho de Walkyria, Lucas Santos foi encontrado morto na tarde do último dia 3, no condomínio onde onde morava com a mãe, em Natal, no Rio Grande do Norte. Em vídeo publicado no Instagram, Walkyria emitiu o alerta para os comentários de um vídeo que Lucas havia publicado. "Ele postou um vídeo no TikTok, uma brincadeira. Achou que as pessoas iriam achar engraçado. Mas como sempre, as pessoas destilaram ódio na internet", lamentou.

Comentários de ódio na internet

Segundo a psicóloga Ivana Teles, comentários maldosos na internet - junto ao período de intensas mudanças na adolescência - podem ser gatilho para o indivíduo. "O gatilho ativa um conjunto de fatores. É um assunto que ainda está sendo trabalhado e fortalecido dentro do paciente, mas uma determinada fala ou postura relembra todo o processo ainda em desenvolvimento de forma negativa", explica.

A cantora de forró clamou para que mães, pais e responsáveis observem possíveis sinais de precaução com os adolescentes em casa. "Eu fiz o que pude. Ele já tinha mostrado sinais, eu já tinha levado ao psicólogo, conversado várias vezes com ele... mas foi isso: comentários na internet, nesse TikTok nojento (sic) que fez com que ele chegasse a esse ponto", relatou a mãe enquanto segurava um casado do filho, a última roupa usada por Lucas.

Ao O POVO, as especialistas enfatizam os pedidos de cuidado de Walkyria. Isolamento familiar, irritabilidade fácil, poucas conversas e falta de vontade ao realizar hábitos antes prazerosos podem ser sinais de que algo não está bem na vida do adolescente e que podem indicar um pedido de ajuda. Buscar acompanhamento psicológico e psiquiátrico o quanto antes, acolher, se mostrar disposto a ajudar e entender os sentimentos e a fase durante o período da adolescência pode contribuir para uma melhora do quadro. "O que pode acontecer é a família só buscar ajuda profissional quando a situação já está em um nível incontrolável", pontua Tamires Marinho. "O processo pode durar um pouco mais para algumas pessoas e um pouco menos para outros adolescentes".

Tamires destaca ainda que os adolescentes "buscam esconder" as angústias a todo custo pois podem ter medo de expor suas vidas íntimas aos pais: "E isso é muito importante porque toda a questão do adolescente é se ele vai ser aceito ou não", destaca a psicanalista. "Não há aviso quando o adolescente vai tentar algo assim". 

Ivana Teles destaca que "quem pratica o suicídio não está querendo acabar coma própria vida, mas é um sujeito que tem um grande sofrimento, não sabe como lidar com o assunto e pensa que não há luz no fim do túnel". "Sabemos que na adolescência há um processo de autoconhecimento. Você não é um adulto e também não é mais uma criança. Ainda mais na pandemia, o hábito de guardar as emoções pode ser perigoso", explica.

Prejuízos do "julgamento" na internet

O cuidado com os familiares e responsáveis que ficam após a partida do adolescente também deve ser considerado. "Muito mais do que sentir culpa, é fundamental entender o que está acontecendo para lidar com essa sensação. Realmente, não é algo que existe um culpado", cita Teles. A psicóloga também enfatiza um cuidado com os "canceladores" da internet. "Como eu posso mudar? É interessante entender os prejuízos desse julgamento desenfreado para rever as próprias posturas e, assim, diminuir essas ações no futuro".

Artistas como Viih Tube - "descancelada" por internautas após sua participação no BBB21 - e Juliette, vencedora do reality, prestaram apoio à mãe de Lucas Santos. Luiza Sonza, que recentemente se afastou das redes sociais para cuidar da saúde mental após receber ataques por conta da morte do filho do ex-marido Whindersson Nunes, também lamentou o ódio recebido por Lucas na internet. "Vocês tem noção como haters são destrutivos literalmente?", comentou. A artista revelou, em entrevista ao Fantástico, que ainda não está recuperada dos ataques.

Posicionamento do TikTok

O POVO procurou o TikTok, rede social apontada por Walkyria como gatilho para a morte do filho. A empresa lamentou o caso em comunicado via porta-voz. "Estamos profundamente tristes com esta tragédia. Temos como nossa principal prioridade dar apoio ao bem-estar da nossa comunidade e fomentar um ambiente acolhedor e inclusivo, onde todos se sintam seguros para se expressar de forma autêntica", informaram em nota.

"Comentários de ódio, que violam nossas políticas e prejudicam nossa comunidade, são removidos da nossa plataforma. Também trabalhamos com especialistas, como o CVV (Centro de Valorização da Vida), para dar apoio e oferecer recursos para qualquer pessoa que possa estar passando por um momento difícil. Enviamos nossos sentimentos mais sinceros para a família e amigos do Lucas", conclui o comunicado.

Como buscar ajuda

> Acesse a cartilha de Prevenção do Suicídio na Internet, organizada pela SaferNet

Centro de Valorização a Vida

https://www.cvv.org.br

Telefone: 188

Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)

Sedes em Fortaleza

Psicologia Viva: atendimentos de psicólogos online

psicologiaviva.com.br

Tá tudo Bem?

Ferramenta de auxílio para a prevenção ao suicídio além de informar sobre o tema e desmistificá-lo, eliminando qualquer tipo de tabu ou preconceito. Disponível para Android e iOS.

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará
Núcleo de Busca e Salvamento
Av. Presidente Castelo Branco, 1000 – Moura Brasil – Fortaleza-CE
Fone: 193

Hospital de Saúde Mental de Messejana
Rua Vicente Nobre Macêdo, s/n – Messejana – Fortaleza/CE
www.hsmm.ce.gov.br
Fone: (85) 3101.4348

Programa de Apoio à Vida – PRAVIDA/UFC
Rua Capitão Francisco Pedro, 1290 – Rodolfo Teófilo – Fortaleza/CE
www.pravida.com.br
[email protected]
Fone: (85) 3366.8149 / 98400.5672

Laboratório de Relações Interpessoais – L’ABRI/UFC
Avenida da Universidade, 2762 – Benfica – Fortaleza/CE
[email protected]


Instituto Bia Dote
Av. Barão de Studart, 2360 – Sala 1106 – Aldeota – Fortaleza/CE
www.institutobiadote.org.br
[email protected]
[email protected]
Fone: (85) 3264.2992 / 99842.0403

Instituto DimiCuida
Av. Santos Dumont, 1388 – Aldeota – Fortaleza/CE
www.institutodimicuida.org.br
[email protected]
Fone: (85) 3255.8864 / 98131.1223

Centro de Apoio ao Sujeito no Luto – CASULU
facebook.com/casulupsi
Fone: (85) 3109-6616 / 99996-7447

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Criadores do "South Park" assinam com a Paramount Plus para produzir filmes

14 produções
18:29 | Ago. 05, 2021
Autor AFP
Tipo Noticia

Os criadores da série de animação "South Park", Trey Parker e Matt Stone, assinaram um enorme acordo nesta quinta-feira, 5, para produzir 14 filmes de sua famosa sátira para a plataforma Paramount+, enquanto Hollywood vive um frenesi em busca de conteúdo on-line.

Embora a MTV Entertainment Studios, que, assim como a Paramount+, pertence à ViacomCBS, não tenha divulgado números, a Bloomberg News informou que o acordo foi de 900 milhões de dólares, um dos maiores da história da televisão.

A plataforma de streaming da Paramount+ foi lançada em março como uma aposta para competir em um mercado faminto por conteúdo e liderado por Netflix, Disney+ e Amazon Prime.

Em um comunicado, Chris McCarthy, da MTV Entertainment, disse que desenvolver novos conteúdos com "pessoas com grande talento como Matt e Trey é o núcleo da estratégia de crescimento da Paramount+".

O acordo também inclui novas temporadas de "South Park" para a emissora de TV Comedy Central, onde será possível assistir à sátira chegar ao seu trigésimo aniversário em 2027.

A obra é ambientada em uma pequena cidade dos Estados Unidos e é conhecida pela linguagem chula e por satirizar temas sociais. Começou a ser exibida em 1997 e já originou um filme, vários videogames e outros produtos.

"O Comedy Central tem sido a nossa casa por 25 anos e estamos realmente felizes de que se comprometam conosco pelos próximos 75 anos", disseram Parker e Stone em um comunicado conjunto. "Não vemos a hora de voltar a fazer episódios tradicionais de 'South Park', mas agora também podemos experimentar com novos formatos", acrescentaram.

Embora a ViacomCBS ainda não tenha comentado a cifra de 900 milhões de dólares, esse valor se equipara ao do acordo com o qual a atriz Reese Witherspoon vendeu esta semana sua produtora Hello Sunshine a uma nova companhia de capital privado. Também ocorre depois que, em maio, a Amazon concordou em comprar os MGM Studios por 8,45 bilhões de dólares.

Grandes companhias de mídia e tecnologia como HBO Max, Peacock e Apple TV+ lançaram recentemente plataformas de transmissão para entrar na chamada "guerra do streaming", ao mesmo tempo em que buscam amplos conteúdos para atrair e reter assinantes. A Netflix, líder do mercado atualmente, tem 200 milhões de assinantes.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Rejeitado o destaque que previa extinção de benefícios tributários dos Correios

ECONOMIA
18:22 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Câmara dos Deputados rejeitou por 353 votos a 54 um destaque do Novo que buscava reincluir no projeto de lei dos Correios a previsão de extinção dos benefícios tributários usufruídos pela estatal que não sejam extensíveis às demais empresas que explorem os serviços postais.
Essa previsão foi retirada do relatório do deputado Gil Cutrim (Republicanos-MA), quando excluiu também do parecer a possibilidade de os Correios ser transformado em sociedade de economia mista - já que o governo quer vender 100% da empresa.
Para Cutrim, o comando sobre a extinção dos benefícios não trazia segurança. "Lembramos aqui que a função de regular as limitações constitucionais ao poder de tributar cabe à Lei Complementar", afirmou o deputado.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags