PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Presidente gremista fala em semana decisiva sobre Bolaños

  O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, falou, nesta segunda-feira, sobre o caso do meia-atacante Miller Bolaños. Na semana passada, o técnico do Tijuana, Eduardo Coudet, revelou que o clube estaria negociando com o jogador equatoriano. O presidente gremista negou qualquer contato mexicano. ?Não tem nenhuma tratativa, nem de negócio. Até o presente momento [?]

20:02 | 21/08/2017

 

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, falou, nesta segunda-feira, sobre o caso do meia-atacante Miller Bolaños. Na semana passada, o técnico do Tijuana, Eduardo Coudet, revelou que o clube estaria negociando com o jogador equatoriano. O presidente gremista negou qualquer contato mexicano. ?Não tem nenhuma tratativa, nem de negócio. Até o presente momento nada de concreto eu tenho para decidir. Eu tenho no Bolaños um jogador tecnicamente apreciado. Depende exclusivamente do jogador?, comentou.

Para complicar a situação do atleta, ele já está recuperado de uma lesão, mas tem pedido ao técnico Renato Portaluppi para não atuar. O motivo da ausência seria um desconforto psicológico. Romildo afirmou que gostaria que o meia-atacante permanecesse no clube, mas apenas caso ele queira. ?O Grêmio gostaria de contar com ele para jogar até o final dos campeonatos que disputa. Se ele quiser realmente se transferir, o Grêmio não pode ficar no prejuízo?, afirmou.

?Nós vamos trabalhar este assunto de uma maneira muito profissional. Ele estar com problemas e não ter cabeça para jogar é compreensível, é do ser humano. Mas o Grêmio fez um investimento para o obter o jogador e gostaria de recuperar isso. Então, as condições de saída terão que ser de um negócio plenamente atendido de recuperação dos valores por ele investido?, destacou.

Bolzan Júnior disse que o clube trabalha em várias frentes e espera concluir este caso ainda nesta semana. ?Houve uma espécie de mobilização e esta semana nós vamos definir qual é o resumo de tudo isso. O que vai definir é a relação do jogador com o clube e do clube com o jogador. Mas eu reitero. Eu entendo que se ele estiver com a cabeça conosco e tiver condições técnicas, seria um jogador importantíssimo. Agora, se não tiver, não há problema nenhum. Vamos em frente, cada um segue a sua vida, mas a única coisa que o Grêmio não pode ficar é no prejuízo?, ressaltou.

O presidente gremista lamentou ao estágio em que a situação chegou e avaliou a importância de Bolaños para a equipe do Grêmio. ?Nós não sabemos o que vai acontecer, mas nós também trabalhamos com a hipótese da saída dele porque parece que ele está colocando as questões neste nível. O que nós lamentamos, porque seria um jogador extremamente importante e de condições plenas de jogar conosco aqui até finalizar o ano?, destacou. Questionado se Bolaños foi uma decepção, Romildo foi ponderado. ?Ainda não. Mas todos os jogadores que o Grêmio busca espera coisas importantes deles?, disse.

Gazeta Esportiva

TAGS